Baku Olimpiya Stadionu

EURO Grp. A

12/06/2021

10:00

Wales
Switzerland
Odds are subject to change. Last updated 12/06/2021 09:55.
Switzerland vence
Casa de aposta 1 X 2
Betway
4.75 3.10 2.00
Sportingbet
4.60 3.10 1.95
Odds are subject to change. Last updated 12/06/2021 09:55.

As informações e o palpite para País de Gales x Suíça

O encontro envolvendo País de Gales e Suíça abre a jornada tripla de encontros de sábado, 13 de junho, pela primeira rodada da Euro 2020. O duelo, que fecha a programação da jornada inaugural do grupo A, que conta também com Turquia e Itália, será realizado no estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão, que poderá contar com a presença de até 34.935 torcedores. O início está agendado para 10h (horário de Brasília).

Como funciona a Euro 2020

A edição 2020 da Eurocopa é comemorativa. Celebra os 60 anos de torneio. Seria realizada no ano passado, mas acabou sendo adiada devido à pandemia de Covid-19. A grande novidade é a ausência de uma sede fixa. Os jogos foram compartilhados por vários países com os encontros decisivos sendo reservados para Londres. 

O formato é o mesmo da Euro 2016, que recebeu o acréscimo do número de participantes. São 24 seleções. Elas foram divididas em seis grupos. Jogam, na primeira fase, em turno único. Ao final das três rodadas, as duas primeiras de cada chave avançam para as oitavas de final. Além das 12 classificadas diretamente, entre as terceiras colocadas, as quatro melhores conseguem um lugar na repescagem completando a chave.

A partir de então, em jogos eliminatórios, que podem recorrer à prorrogação de 30 minutos e decisão por pênaltis como critérios de desempates, as equipes vão passando pelo funil até que se defina os dois finalistas. A decisão está marcada para 11 de julho.

O desempenho recente do País de Gales

Os galeses garantiram seu lugar na fase final da Euro 2020 ao conseguir uma virada na reta final das eliminatórias. Contaram com duas vitórias nas jornadas derradeiras ante a Azerbaijão (2 a 0) e Hungria (2 a 0) para alcançar 14 pontos (quatro vitórias, dois empates e duas derrotas) superando a Eslováquia por um ponto ficando com a segunda posição. Os eslovacos até conseguiram também a classificação, mas precisaram suar na repescagem. A primeira vaga do grupo E ficou com a Croácia, que colheu 17 pontos.

Na época, a seleção do País de Gales contava com o comando do técnico Ryan Giggs, que acabou sendo forçado a deixar a direção da equipe. Ele responde a processo por agressão a sua ex-mulher e a irmã dela. A Federação Galesa não definiu um substituto. Robert Page, auxiliar-técnico, foi colocado como interino nas primeiras partidas da equipe nas Eliminatórias Europeias para Copa do Mundo do Qatar de 2022 e mantido para Euro 2020. Em seu primeiro jogo, Gales foi derrotado pela Bélgica, fora de casa, por 3 a 1. Depois, reagiu e marcou 1 a 0 na República Checa. Com três pontos, está na terceira posição do grupo E, liderado pelos belgas com quatro pontos a mais.

Amistosos mostraram pouco poder ofensivo

A equipe galesa mostrou grande dificuldade em colocar a bola na rede nos amistosos preparatórios que fez na reta final de treinamentos para a Eurocopa. O teste mais forte foi diante da França, campeã mundial. Em 2 de junho, no estádio Allianz Riviera, em Nice, levou 3 a 0. Nesse caso, além de enfrentar naturalmente uma equipe de primeira linha, o resultado ruim teve um fator atenuante. O defensor Neco Williams foi expulso logo aos 26 minutos do primeiro tempo quando o jogo ainda estava empatado. Isso acabou facilitando a vitória dos donos da casa e comprometendo a atuação de País de Gales, que com um a menos na maior parte do tempo criou somente dez oportunidades de finalização, sendo que duas delas foram na direção certa.

Mais grave foi o fato de não ter conseguido furar o bloqueio defensivo da frágil seleção da Albânia, que sequer conseguiu a classificação para fase final da Euro 2020. O amistoso realizado em 5 de junho ficou no empate sem gols. Atuando em Cardiff, os galeses tiveram a posse de bola por 57% do tempo, mas não souberam o que fazer com ela. Criaram ainda menos do que no jogo contra a França. Foram sete chances de finalização, Acertaram duas. Não correram riscos. Os albaneses, focados em seus sistema defensivo, dispararam três arremates. Nenhum no alvo.

O grande astro do time foi poupado. O atacante Gareth Bale foi acionado apenas aos 26 minutos da fase final. Mas Robert Page utilizou o sistema tático padrão que deverá ser adotado ao longo da disputa da Euro 2020. Duas linhas de quatro (defesa e ataque) e dois homens de frente. Os atletas inscritos para disputa foram;

  • Goleiros: Adam Davies (Stoke City), Wayne Hennessey (Crystal Palace), Danny Ward (Leicester)
  • Defensores: James Lawrence (St. Pauli-ALE), Chris Mepham (Bournemouth), Chris Gunter (Charlton), Connor Roberts (Swansea), Joe Rodon (Tottenham), Rhys Norrington-Davies (Stoke City), Ben Cabango (Swansea), Ben Davies (Tottenham), Neco Williams (Liverpool)
  • Meias: Rubin Colwill (Cardiff City), Aaron Ramsey (Juventus), Joe Morrell (Luton Town), Ethan Ampadu (Chelsea), Joe Allen (Stoke City), Jonny Williams (Cardiff City), Matt Smith (Manchester City), Dylan Levitt (Manchester United), David Brooks (Bournemouth), Harry Wilson (Liverpool)
  • Atacantes: Dan James (Manchester United), Gareth Bale (Tottenham), Kieffer Moore (Cardiff City), Tyler Roberts (Leeds United).

Provável escalação do País de Gales

 

País de Gales na temporada atual


A forma atual do Suíça

Camisa Schalke 04 Bundesliga

A seleção da Suíça também enfrentou algumas dificuldades em seu início de caminhada nas eliminatórias para Euro 2020. Porém, melhorou na reta final e conseguiu fechar sua participação na liderança do grupo D. Acumulou 17 pontos (cinco vitórias, dois empates e uma derrota). Um a mais do que a Dinamarca, segunda colocada, que também ganhou vaga na fase final do torneio, e quatro pontos de frente na comparação com a Irlanda, terceira colocada, que acabou fora da disputa.

O processo de melhora foi confirmado em sua estreia nas Eliminatórias Europeias para Copa do Mundo do Qatar de 2022, que teve em março passado suas primeiras jornadas. Os suíços abriram sua participação na disputa marcando 3 a 1 na Bulgária, em solo adversário. No primeiro jogo caseiro, com mais dificuldade do que se poderia esperar, impuseram o favoritismo diante da Lituânia marcando 1 a 0. Os seis pontos conquistados colocaram a Suíça na vice-liderança do grupo C, que tem a Itália, que fez um jogo a mais, na frente com nove pontos.

Goleada fechou preparação para torneio

Se faltou gol nos amistosos que os galeses fizeram na reta final de preparação para Euro 2020, a rede balançou muito na última partida da Suíça antes de sua estreia no torneio continental. O adversário foi escolhido a dedo. A equipe de Liechtenstein é uma das mais fracas do continente. Claramente foi pinçada para elevar a autoestima dos atletas e gerar confiança. A missão foi cumprida com a vitória de 7 a 0 embora o massacre tenha sido construído apenas no segundo tempo. No intervalo, os suíços venciam apenas por 1 a 0. Dispararam, ao longo do confronto, 34 vezes contra a meta adversária. Acertaram 13 arremates. Os rivais, que contaram com a posse de bola por 26% do tempo, tiveram só quatro chances de finalização. Acertaram uma.

Mais significativo foi o jogo que a Suíça fez contra os Estados Unidos no início da temporada final de treinamentos. Venceu por 2 a 1, de virada. Sofreu o gol de Lletget logo aos cinco minutos. Chegou ao empate aos dez minutos com Rodriguez, que desperdiçou um pênalti aos 42 minutos. A virada acabou sendo concretizada apenas na segunda etapa com Zuber, aos 18 minutos. Os suíços, embora com um pouco de vantagem na posse de bola (53%), não produziram ligeiramente menos oportunidades de finalização (11 a 12), mas tiveram o mesmo número de tiros certos (cinco).

O técnico Vladimir Petkovic tem como tática base uma formação com três zagueiros, quatro meio-campistas cuja função essencial é a marcação. Dois outros não apenas ajudam na marcação, mas têm também a função de fazer a ligação com o único atacante. Para a disputa da Euro 2020, foram chamados os seguintes jogadores:

  • Goleiros: Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach), Yvon Mvogo (PSV), Jonas Omlin (Montpellier);
  • Defensores: Manuel Akanji (Dortmund), Loris Benito (Bordeaux), Eray Cömert (Basel), Nico Elvedi (Mönchengladbach), Jordan Lotomba (Nice), Kevin Mbabu (Wolfsburg), Becir Omeragic (FC Zurique), Ricardo Rodríguez (Torino), Fabian Schär (Newcastle United), Silvan Widmer (Basel);
  • Meias: Christian Fassnacht (Young Boys), Edimilson Fernandes (Mainz), Remo Freuler (Atalanta), Admir Mehmedi (Wolfsburg), Xherdan Shaqiri (Liverpool), Djibril Sow (Eintracht Frankfurt), Ruben Vargas (Augsburg), Granit Xhaka (Arsenal), Denis Zakaria (Mönchengladbach), Steven Zuber (Eintracht Frankfurt);
  • Atacantes: Breel Embolo (Borussia Mönchengladbach), Mario Gavranović (Dínamo Zagreb) e Haris Seferović (Benfica).

Provável escalação da Suíça

 

Suíça na temporada atual

Estatísticas de ambas seleções


Prognóstico e palpite final para País de Gales x Suíça:

Longe de ser encantadora, a Suíça tem uma equipe consistente. Assim, o prognóstico em seu sucesso diante de País de Gales é o palpite indicado para o encontro pela primeira rodada da Euro 2020.

Prognóstico e palpite final para País de Gales x Suíça:


Promoções para Eurocopa 2021

Promoções Eurocopa

Acompanhe tudo sobre a Eurocopa 2021