Hampden Park

EURO Grp. D

14/06/2021

10:00

Scotland
Czech Republic
Odds are subject to change. Last updated 14/06/2021 09:55.
Empate
Casa de aposta 1 X 2
Betway
2.87 3.00 2.87
Sportingbet
2.80 2.90 2.85
Odds are subject to change. Last updated 14/06/2021 09:55.

Assine a nossa newsletter para receber palpites, novidades e ofertas no seu e-mail


As informações e o palpite para Escócia x República Checa

O estádio Hampden Park, em Glasgow, na Escócia, com permissão para receber até 17.100 espectadores, será a sede do encontro envolvendo as seleções de Escócia e República Checa. Ele encerra a programação da primeira rodada do grupo D e abre a agenda da segunda-feira, 14 de junho, quarto dia de competições da Euro 2020. O duelo tem início marcado para 10h (horário de Brasília).

Como funciona a Euro 2020

A edição 2020 da Eurocopa é comemorativa. Celebra os 60 anos de torneio. Seria realizada no ano passado, mas acabou sendo adiada devido à pandemia de Covid-19. A grande novidade é a ausência de uma sede fixa. Os jogos foram compartilhados por vários países com os encontros decisivos sendo reservados para Londres. 

O formato é o mesmo da Euro 2016, que recebeu o acréscimo do número de participantes. São 24 seleções. Elas foram divididas em seis grupos. Jogam, na primeira fase, em turno único. Ao final das três rodadas, as duas primeiras de cada chave avançam para as oitavas de final. Além das 12 classificadas diretamente, entre as terceiras colocadas, as quatro melhores conseguem um lugar na repescagem completando a chave.

A partir de então, em jogos eliminatórios, que podem recorrer à prorrogação de 30 minutos e decisão por pênaltis como critérios de desempates, as equipes vão passando pelo funil até que se defina os dois finalistas. A decisão está marcada para 11 de julho.

O desempenho recente da Escócia

Os escoceses falharam na tentativa de obter a classificação direta para a fase final da Euro 2020. Nas eliminatórias para o torneio, ficaram terceira posição do grupo I. Acumularam 15 pontos (cinco vitórias e cinco derrotas). A chave levou Bélgica (30 pontos) e Rússia (24) para o torneio continental. A Escócia só ganhou uma segunda chance para tentar chegar lá graças ao incentivo dado para a disputa da Liga das Nações da Europa. Para valorizar o torneio, as quatro vagas restantes na Eurocopa foram abertas para serem disputadas por seleções com melhor campanha na edição inaugural da Nations League que não conseguiram o lugar via eliminatórias.

A Escócia estava entre os 16 participantes dessa repescagem e soube aproveitar a oportunidade. Porém, de forma dramática. Nas semifinais, empatou com Israel sem movimentação no marcador tanto no tempo regulamentar quanto na prorrogação. Levou a melhor apenas na decisão por pênaltis. No duelo decisivo, ficou na igualdade, por 1 a 1, com a Sérvia, no período regulamentar. No tempo extra, o placar ficou em branco. Novamente a vitória foi alcançada nas penalidades máximas. As igualdades também marcaram o início da campanha da Escócia nas Eliminatórias Europeias para Copa do Mundo do Qatar de 2022. A equipe ficou no 2 a 2, em casa, com a Áustria, e no 1 a 1, fora, com Israel. Na terceira rodada, bateu as Ilhas Faroé por 4 a 0. Com cinco pontos, os escoceses estão na vice-liderança do grupo F, que tem a Dinamarca, com quatro pontos a mais, na ponta.

Equipe está há cinco jogo sem perder

Os escoceses aproveitaram os amistosos antes da estreia na Euro 2020 para ampliar sua sequência invicta para cinco partidas. No primeiro deles, diante da Holanda, tiveram duas vezes em vantagem no marcador, mas acabaram cedendo o empate por 2 a 2. Hendry abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo. Os holandeses reagiram seis minutos depois com tento de Depay. A história se repetiu na fase derradeira. Nisbet fez aos 19 minutos. Dessa vez, a Escócia conseguiu segurar a frente até os 44 minutos, quando novamente Depay voltou a colocar a bola na rede em favor da equipe da Holanda em duelo que foi realizado em Portugal.

A seleção da Escócia manteve seu padrão de atuar sem fazer muita questão de contar com a posse de bola (40%). Quando detinha a pelota, a utilizava muitas vezes de forma defensiva, apenas para evitar que os rivais criassem oportunidades de gol. Teve menos chances de finalização (5 a 11), mas no quesito tiro certo igualou-se aos holandeses. Foram três para cada lado. Contra Luxemburgo, em 6 de junho, venceu por 1 a 0. Gol de Adams aos 27 minutos. Os luxemburgueses ficaram com um a menos desde os 35 minutos da etapa inicial. Selimovic foi expulso. Nem assim os escoceses aumentaram a vantagem. Até tentaram. Foram 17 chances de arremate criadas ao longo do confronto. Sete delas tiveram a direção certa.

O técnico Steve Clarke tem uma formação tática padrão com três defensores, cinco meias e dois atacantes. Os jogadores chamados para a disputa da Euro 2020 foram:

  • Goleiros: Craig Gordon (Hearts-ESC), David Marshall (Derby Count) e Jon McLaughlin (Rangers);
  • Defensores: Liam Cooper (Leeds), Declan Gallagher (Motherwell-ESC), Grant Hanley (Norwich), Jack Hendry (Celtic), Scott McKenna (Nottingham Forest), Stephen O’Donnell (Motherwell-ESC), Nathan Patterson (Rangers), Andy Robertson (Liverpool), Greg Taylor (Celtic) e Kieran Tierney (Arsenal);
  • Meias: Stuart Armstrong (Southampton), Ryan Christie (Celtic), John Fleck (Sheffield United), Billy Gilmour (Chelsea), John McGinn (Aston Villa), Callum McGregor (Celtic), Scott McTominay (Manchester United) e David Turnbull (Celtic);
  • Atacantes: Ché Adams (Southampton), Lyndon Dykes (QPR), James Forrest (Celtic), Ryan Fraser (Newcastle) e Kevin Nisbet (Hibernian-ESC).

Provável escalação da Escócia

 

Escócia na temporada atual


A forma atual da República Checa

Camisa Schalke 04 Bundesliga

Embora irregular, a República Checa não precisou de uma segunda chance para garantir seu lugar na fase final da Euro 2020. Assegurou sua vaga com a segunda colocação do grupo A das eliminatórias. Somou 15 pontos (cinco vitórias e três derrotas). Foram seis a menos do que a Inglaterra, primeira colocada, e quatro acima de Kosovo, terceira colocada e primeira equipe fora da zona de classificação.

Na sequência, os checos conseguiram subir um degrau na Liga das Nações da Europa superando justamente os escoceses. Com 12 pontos (quatro vitórias e duas derrotas), ficaram no primeiro posto do grupo 2 da Liga B, a Segunda Divisão do torneio em sua segunda edição. Dois pontos a mais que a Escócia, segunda colocada. Ganhou, assim, o direito de disputar a próxima edição da competição na Liga A, a divisão de elite. Em março, na disputa das Eliminatórias Europeias para Copa do Mundo do Qatar de 2022, os checos começaram marcando 6 a 2 na Estônia, empataram por 1 a 1 com a Bélgica e foram derrotados, por 1 a 0, por País de Gales. Com quatro pontos, estão na vice-liderança do grupo E, que tem os belgas na frente com três pontos a mais.

Amistoso contra a Albânia deixa clima mais ameno antes da estreia

O principal teste que a República Checa fez antes da estreia na Euro 2020 terminou em desastre. A equipe foi goleada, por 4 a 0, diante da seleção italiana. Uma derrota no confronto até era esperada, mas não por margem tão larga. Para piorar, os checos passaram todo o encontro sem dar um chute sequer na direção da meta italiana. Criaram oito chances para finalização. Cinco foram bloqueadas pelo sistema defensivo rival. Três foram para fora.

O peso da derrota foi aliviado com a vitória, por 3 a 1, no último amistoso preparatório contra a Albânia. Ainda que não seja uma seleção de primeira linha, ao menos conta com um sistema defensivo forte. O fato de os checos terem conseguido fazer três gols mostrou sua capacidade ofensiva. No encontro, realizado em 8 de junho, criaram 13 chances para arremate. Acertaram oito deles. Schick fez o primeiro gol aos 18 minutos da fase inicial. Os albaneses empataram aos 42 minutos com Cikalleshi. Na segunda etapa, Masopust voltou a colocar a República Checa em vantagem. Aos 44 minutos, Celustka completou o serviço.

O técnico Jaroslav Silhavy tem optado por uma formação com quatro defensores, dois meias de contenção, três meias de armação e um atacante. Os atletas chamados para a disputa da Euro 2020 foram:

  • Goleiros: Tomáš Vaclík (Sevilla-ESP), Jiří Pavlenka (Werder Bremen-ALE), Aleš Mandous (Olomouc)
  • Defensores: Jan Bořil (Slavia Praga), Jakub Brabec (Viktoria Plzeň), Vladimír Coufal (West Ham-ING), Ondřej Čelůstka (Sparta Praga), Pavel Kadeřábek (Hoffenheim-ALE), Tomáš Kalas (Bristol City-ING), Aleš Matějů (Brescia-ITA), David Zima (Slavia Praga)
  • Meias: Antonín Barák (Hellas Verona-ITA), Vladimír Darida (Hertha Berlin-ALE), Adam Hložek (Sparta Praga), Tomáš Holeš (Slavia Praga), Jakub Jankto (Sampdoria-ITA), Alex Král (Spartak Moscow-RUS), Lukáš Masopust (Slavia Praga), Jakub Pešek (Slovan Liberec), Tomáš Souček (West Ham-ING), Petr Ševčík (Slavia Praga) e Michal Sadílek (PSV-HOL)
  • Atacantes: Michael Krmenčík (Club Brugge-BEL), Tomáš Pekhart (Legia Varsóvia-POL), Patrik Schick (Bayer Leverkusen-ALE), Matěj Vydra (Burnley-ING).

Provável escalação da República Checa

 

República Checa na temporada atual

Estatísticas de ambas seleções


Prognóstico e palpite final para Escócia x República Checa:

O bom sistema defensivo escocês casado com a falta de ousadia da equipe faz com que o prognóstico na igualdade diante da República Checa seja o palpite indicado para o confronto pela primeira rodada do grupo D da Euro 2020.

Prognóstico e palpite final para Escócia x República Checa:


Promoções para Eurocopa 2021

Promoções Eurocopa

Acompanhe tudo sobre a Eurocopa 2021