Odds are subject to change. Last updated 28/06/2021 12:56.

As informações e o palpite para Croácia x Espanha

Classificadas apenas na última partida da primeira fase, as seleções de Croácia e Espanha lutam nesta segunda-feira, 28 de junho, pela sobrevivência na Euro 2020. O confronto pelas oitavas de final do torneio continental terá como cenário o estádio Parken, em Copenhague, na Dinamarca. O pontapé inicial está marcado para 13h (horário de Brasília). O ganhador avançará para as quartas de final. Em caso de empate, será realizada prorrogação de 30 minutos. Se ainda assim não houver vencedor, cobranças de pênalti indicação quem prosseguirá na briga pelo título continental.

Como funciona a Euro 2020

A edição 2020 da Eurocopa é comemorativa. Celebra os 60 anos de torneio. Seria realizada no ano passado, mas acabou sendo adiada devido à pandemia de Covid-19. A grande novidade é a ausência de uma sede fixa. Os jogos foram compartilhados por vários países com os encontros decisivos sendo reservados para Londres. 

O formato é o mesmo da Euro 2016, que recebeu o acréscimo do número de participantes. São 24 seleções. Elas foram divididas em seis grupos. Jogam, na primeira fase, em turno único. Ao final das três rodadas, as duas primeiras de cada chave avançam para as oitavas de final. Além das 12 classificadas diretamente, entre as terceiras colocadas, as quatro melhores conseguem um lugar na repescagem completando a chave.

A partir de então, em jogos eliminatórios, que podem recorrer à prorrogação de 30 minutos e decisão por pênaltis como critérios de desempates, as equipes vão passando pelo funil até que se defina os dois finalistas. A decisão está marcada para 11 de julho.

O desempenho recente da Croácia

Vice-campeões do mundo na Copa da Rússia de 2018, os croatas fizeram uma campanha na primeira etapa da Euro 2020 abaixo das expectativas. Na estreia, foram batidos por 1 a 0 pela Inglaterra no estádio de Wembley. Sterling fez o gol dos donos da casa aos 12 minutos da fase final. A Croácia mostrou muito pouca ambição no jogo. Criou oito oportunidades para arremate. No entanto, só uma na direção certa.

Contra os checos, na segunda partida, a situação não foi muito diferente. Os croatas mostraram muito pouca disposição em buscar a vitória até terem sua rede balançada por Schick, em cobrança de pênalti, aos 37 minutos. Só na segunda etapa ‘acordaram’. Partiram em busca da reação. Igualaram o placar logo aos dois minutos com Perisic e mantiveram pressão na tentativa de virar o placar. Porém, esbarram nos erros de finalização. Além do gol, acertaram apenas mais um arremate no confronto.

Assim, entraram na na terça-feira, 22 de junho, para enfrentar a Escócia, em Glasgow, na base do tudo ou nada. Venceram por 3 a 1 assegurando, com quatro pontos, a segunda colocação do grupo D, que teve a Inglaterra, com sete pontos, na primeira posição. Os atletas chamados para a disputa da Euro 2020 foram;

  • Goleiros: Dominik Livakovic (Dinamo Zagreb), Lovre Kalinic (Hajduk Split-CRO) e Simon Sluga (Luton);
  • Defensores: Sime Vrsaljko (Atlético de Madrid), Borna Barisic (Rangers), Duje Caleta-Car (Olympique de Marselha), Dejan Lovren (Zenit), Josip Juranovic (Legia Varsóvia), Domagoj Vida (Besiktas), Josko Gvardiol (RB Leipzig), Domagoj Bradaric (Lille) e Mile Skoric (Osijek-CRO);
  • Meio-campistas: Mateo Kovacic (Chelsea), Luka Modric (Real Madrid), Marcelo Brozovic (Inter de Milão), Milan Badelj (Genoa), Nikola Vlasic (CSKA Moscou), Mario Pasalic (Atalanta), Ivan Perisic (Inter de Milão), Josip Brekalo (Wolfsburg), Mislav Orsic (Dínamo Zagreb) e Luka Ivanusec (DínamoZagreb);
  • Atacantes: Ante Rebic (Milan), Bruno Petkovic (Dínamo Zagreb), Ante Budimir (Osasuna) e Andrej Kramaric (Hoffenheim).

Provável escalação da Croácia

 

Croácia na temporada atual

últimos jogos
06/28 202128/0618:00
06/28 202128/06
3-5
-
06/22 202122/0621:00
06/22 202122/06
3-1
-
06/18 202118/0618:00
06/18 202118/06
1-1
-
06/13 202113/0615:00
06/13 202113/06
1-0
-
06/06 202106/0620:45
06/06 202106/06
1-0
-

A forma atual da Espanha

Camisa Schalke 04 Bundesliga

A Espanha não teve tantos altos e baixos contra os croatas, mas também definiu sua situação apenas na rodada final da fase de grupos. Fruto de atuações apagadas nos dois jogos iniciais. Na estreia, ficou no 0 a 0 contra a Suécia. No encontro, teve domínio do jogo. Contou com a posse de bola por 75% do tempo, Foi capaz de disparar 17 arremates, acertou o alvo cinco vezes, mas não superou o goleiro Olsen. O goleiro Unai Simon passou a partida inteira sem fazer uma defesa sequer.

No segundo jogo, diante da Polônia, o empate foi por 1 a 1. Novamente o domínio foi amplo. Com 69% de tempo com a posse de bola, os espanhóis tiveram mais do que o dobro de oportunidades de arremate (11 a 5) e mantiveram a mesma proporção nos tiros certos (5 a 2). Abriram o placar aos 25 minutos com Alvaro Morata aos 25 minutos do primeiro tempo. Sofreram o empate aos nove minutos da etapa derradeira através de tento de Lewandowski. A grande chance de desempatar aconteceu quatro minutos depois. Porém, Gerard Moreno desperdiçou a cobrança de pênalti.

A situação se repetiu logo no começo da partida de quarta-feira, 23 de maio, contra a Eslováquia. Logo aos 13 minutos a Espanha teve nova penalidade máxima a seu favor. Dessa vez, foi Morata quem desperdiçou. Porém, o goleiro Dubravka, em um lance infeliz, acabou marcando gol contra aos 30 minutos. Abriu o caminho para a vitória da Fúria. Laporte, aos 48 minutos, ainda antes do intervalo, fez o segundo. Na segunda etapa, Sarabia, aos 11 minutos, Torres, aos 22 minutos e Kucka, em outro gol contra, completaram o marcador. Com cinco pontos, a Espanha ficou com a segunda posição do grupo E.

Os atletas convocados por Luis Enrique para a disputa foram:

  • Goleiros: Unai Simón (Bilbao), David de Gea (Manchester United) e Robert Sánchez (Brighton);
  • Defensores: José Gayà (Valencia), Jordi Alba (Barcelona), Pau Torres (Villarreal), Laporte (Manchester City), Eric Garcia (Manchester City), Diego Llorente (Leeds United) e Azpilicueta (Chelsea);
  • Meias: Sergio Busquets (Barcelona), Marcos Llorente (Atlético de Madrid), Rodri (Manchester City), Pedri (Barcelona), Thiago Alcântara (Liverpool), Koke (Atlético de Madrid) e Fabián Ruiz (Napoli);
  • Atacantes: Dani Olmo (Leipzig), Mikel Oyarzabal (Real Sociedad), Álvaro Morata (Juventus), Gerard Moreno (Villarreal), Ferrán Torres (Manchester City), Adama Traoré (Wolverhampton) e Pablo Sarabia (PSG).
  • A lista de reservas tem: Álvaro Fernández, Óscar Mingueza, Marc Cucurella, Bryan Gil, Juan Miranda, Gonzalo Villar, Pozo, Brahim, Zubimendi, Yeremy Pino e Javi Puado. Além deles, outros seis atletas já estavam pré-selecionados como possíveis substitutos e podem ser utilizados no torneio. São eles: Rodrigo Moreno, Pablo Fornals, Carlos Soler, Brais Méndez, Raúl Albiol e Kepa Arrizabalaga.

Provável escalação da Espanha

 

Espanha na temporada atual

últimos jogos
07/06 202106/0721:00
07/06 202106/07
(4)1-1(2)
-
07/02 202102/0718:00
07/02 202102/07
(1)1-1(3)
-
06/28 202128/0618:00
06/28 202128/06
3-5
-
06/23 202123/0618:00
06/23 202123/06
0-5
-
06/19 202119/0621:00
06/19 202119/06
1-1
-

Prognóstico e palpite final para Croácia x Espanha:

As duas seleções mostraram grandes problemas de finalização na primeira fase. A Espanha, com potencial maior para resolver o problema, tem o prognóstico em sua vitória diante da Croácia o palpite indicado para o confronto desta segunda-feira pelas oitavas de final da Euro 2020.

Prognóstico e palpite final para Croácia x Espanha:


Promoções para Eurocopa 2021

Promoções Eurocopa

Acompanhe tudo sobre a Eurocopa 2021