Estadio Olimpico Pedro Ludovico

Copa America Zone North

27/06/2021

18:00

Brazil
Ecuador
Odds are subject to change. Last updated 27/06/2021 17:58.
Odds are subject to change. Last updated 27/06/2021 17:58.
Promocao Betfair Brasil x Equador

As informações e o palpite para Brasil x Equador

Com a vaga nas quartas de final garantida assim como primeiro lugar de sua chave, o Brasil entra em campo neste domingo, 27 de junho, apenas para cumprir tabela. Vai enfrentar o Equador em confronto pela quinta – última – rodada do estágio de grupos da Copa América 2021. O palco do encontro será o estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. O início está marcado para 18h (horário de Brasília), assim como a outra partida da chave A entre Venezuela e Peru. O grupo conta ainda com a Colômbia, que já cumpriu as quatro partidas estabelecidas e assegurou o direito de seguir na luta pelo título do torneio continental.

Como funciona a Copa América 2021

A edição 2021 da Copa América é a versão 2020 com um ano de atraso. Ela foi adiada devido à pandemia de Covid-19. Na verdade, nem precisaria ter sido realizada. Afinal, o torneio teve uma edição em 2019. Uma nova versão foi inserida na agenda para que a Confederação Sul-Americana de Futebol passasse a ter seu torneio continental no mesmo ano da Eurocopa. Bastaria cancelar e disputar a Copa América 2024. Porém, com dinheiro recebido pelos direitos de transmissão para TV e patrocínios negociados, a competição foi mantida em um calendário ainda mais apertado.

Em princípio, seria realizada na Argentina e na Colômbia. Os argentinos desistiram devido à crise sanitária no país, que enfrenta o aumento do número de casos de Covid-19. Os colombianos, mergulhados em uma grave crise política, também não tiveram condições de receber o torneio. O Brasil, embora com números de contaminação ainda maiores do que os da Argentina, decidiu sediar a competição, assim como fez em 2019.

A fórmula de disputa, dessa vez, é diferente. Os dez participantes, em vez dos 12 inicialmente previstos (Austrália e Qatar desistiram de participar), foram divididos em dois grupos. Na primeira fase, vão jogar em turno único. Ao final de cinco rodadas, os quatro primeiros de cada chave avançam para a segunda fase. A partir das quartas de final, serão realizadas disputas em jogo único até que seja conhecido o campeão.

O desempenho recente do Brasil

A seleção brasileiro já entrou em campo classificada na quarta-feira, 23 de junho, para enfrentar a Colômbia no Engenhão, no Rio de Janeiro. Encarou seu duelo mais difícil na competição. Acabou vencendo por 2 a 1 mantendo seu aproveitamento de 100%, mas precisou suar muito para isso. Os colombianos abriram o marcador logo aos dez minutos da partida com tento de Diaz após assistência de Cuadrado.

A reação brasileira só foi acontecer na reta final da segunda etapa. Roberto Firmino, após passe de Renan Lodi, igualou o placar aos 33 minutos. O segundo gol aconteceu aos 55 minutos. Foi assinalado por Casemiro depois de assistência de Neymar. Dessa maneira, o Brasil chegou aos nove pontos. Havia superado a Venezuela, por 3 a 0, na partida de estreia, e goleado o Peru, por 4 a 0, em sua segunda partida.

A grande facilidade de classificação tem permitido ao técnico Tite fazer muitas experiências na escalação. Ele deve prosseguir com essa linha promovendo o revezamento do time e oferecendo a oportunidade de descanso aos atletas mais desgastados antes do início da etapa de jogos eliminatórios. A seleção brasileira defende uma sequência de dez vitórias. Ela foi iniciada em novembro de 2019 com o 3 a 0 aplicado em cima da Coreia do Sul em amistoso. Os atletas convocados para a disputa da Copa América 2021 foram:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Defensores: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Éder Militão (Real Madrid), Renan Lodi (Atlético de Madrid), Felipe (Atlético de Madrid) e Emerson (Barcelona);

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Lyon), Éverton Ribeiro (Flamengo) e Douglas Luiz (Aston Villa); 

Atacantes: Neymar (PSG), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Everton (Benfica), Gabigol (Flamengo) e Vinícius Jr. (Real Madrid).

Provável escalação do Brasil

 

Brasil na temporada atual

últimos jogos
07/11 202111/0702:00
07/11 202111/07
1-0
-
07/06 202106/0701:00
07/06 202106/07
1-0
-
07/03 202103/0702:00
07/03 202103/07
1-0
-
06/27 202127/0623:00
06/27 202127/06
1-1
-
06/24 202124/0602:00
06/24 202124/06
2-1
-

A forma atual do Equador

Camisa Schalke 04 Bundesliga

Para seleção equatoriana, o confronto é decisivo na luta por um lugar nas quartas de final. Com dois pontos (dois empates e uma derrota), a equipe está no limite da zona de classificação para segunda fase da Copa América 2021. Ocupa o quarto lugar do grupo B. A pontuação, no entanto, é a mesma da Venezuela, que seria a única equipe eliminada da chave. Assim, para evitar a desclassificação, tem que ‘espelhar’ o resultado dos venezuelanos na jornada final.

Pode avançar até mesmo em caso de derrota, desde que não seja superado no saldo de gols, no qual tem boa vantagem antes da última rodada. O Equador apresenta déficit de um tento enquanto a Venezuela tem saldo negativo de três tentos. Os equatorianos começaram sua campanha no torneio perdendo para Colômbia por 1 a 0. Depois, empataram por 2 a 2 tanto contra a Venezuela quanto com o Peru.

Já estão sem vencer há cinco jogos, incluindo as derrotas para Brasil (2 a 0) e Peru (2 a 1) em confrontos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo do Qatar de 2022 logo antes da Copa América. Os atletas convocados para o torneio continental foram:

Goleiros: Alexander Domínguez (Vélez Sarsfield), Pedro Ortiz (Emelec) e Hernán Galíndez (Universidad Católica-EQU);

Defensores: Robert Arboleda (São Paulo), Ángelo Preciado (Genk), Mario Pineida (Barcelona de Guayaquil), Félix Torres (Santos Laguna), Luis León (Barcelona de Guayaquil), Piero Hincapié (Talleres), Xavier Arreaga (Seattle Sounders), Pervis Estupiñán (Villarreal) e Diego Palacios (Los Angeles FC);

Meio-campistas: Jhegson Méndez (Orlando City), Dixon Arroyo (Emelec), Moisés Caicedo (Brighton), Christian Noboa (Sochi-RUS), Alan Franco (Atlético-MG), Gonzalo Plata (Sporting), Ángel Mena (León), Damían Diaz (Barcelona de Guayaquil), Ayrton Preciado (Santos Laguna), José Carabalí (Universidad Católica-EQU) e Fidel Martínez (Tijuana);

Atacantes: Michael Estrada (Toluca), Jordy Caicedo (CSKA Sofia-BUL), Leonardo Campaña (Famalicão-POR), Enner Valencia (Fenerbahçe) e José Hurtado (Independiente del Valle).

Provável escalação do Equador

 

Equador na temporada atual

últimos jogos
07/04 202104/0703:00
07/04 202104/07
3-0
-
06/27 202127/0623:00
06/27 202127/06
1-1
-
06/23 202123/0623:00
06/23 202123/06
2-2
-
06/20 202120/0623:00
06/20 202120/06
2-2
-
06/14 202114/0602:00
06/14 202114/06
1-0
-

Estatísticas de ambas seleções


Prognóstico e palpite final para Brasil x Equador:

Ainda que promova mudanças no time, a seleção brasileira tem mostrado grande superioridade técnica em relação aos rivais do continente. Assim, o prognóstico no sucesso do Brasil diante do Equador é o palpite indicado para o confronto deste domingo pela última rodada da fase de grupos da Copa América 2021.

Prognóstico e palpite final para Brasil x Equador:

Livescores 4U aoo

Promoções para Copa América 2021

Promoções Copa América

Acompanhe tudo sobre a Copa América 2021