Estadio Olimpico Nilton Santos

Copa America Zone North

23/06/2021

21:00

Brazil
Colombia
Odds are subject to change. Last updated 23/06/2021 20:56.
Odds are subject to change. Last updated 23/06/2021 20:56.
Promoção Betfair Brasil x Colômbia

As informações e o palpite para Brasil x Colômbia

Com 100% de aproveitamento na Copa América 2021, a seleção brasileira enfrenta a Colômbia nesta quarta-feira, 23 de junho. O encontro faz parte da agenda da quarta – penúltima – rodada da fase de grupos da competição, que está sendo sediada no Brasil. O duelo será disputado no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro. O início está previsto para 21h (horário de Brasília). As equipes estão na chave B, que tem ainda Peru, Venezuela e Equador.

Como funciona a Copa América 2021

A edição 2021 da Copa América é a versão 2020 com um ano de atraso. Ela foi adiada devido à pandemia de Covid-19. Na verdade, nem precisaria ter sido realizada. Afinal, o torneio teve uma edição em 2019. Uma nova versão foi inserida na agenda para que a Confederação Sul-Americana de Futebol passasse a ter seu torneio continental no mesmo ano da Eurocopa. Bastaria cancelar e disputar a Copa América 2024. Porém, com dinheiro recebido pelos direitos de transmissão para TV e patrocínios negociados, a competição foi mantida em um calendário ainda mais apertado.

Em princípio, seria realizada na Argentina e na Colômbia. Os argentinos desistiram devido à crise sanitária no país, que enfrenta o aumento do número de casos de Covid-19. Os colombianos, mergulhados em uma grave crise política, também não tiveram condições de receber o torneio. O Brasil, embora com números de contaminação ainda maiores do que os da Argentina, decidiu sediar a competição, assim como fez em 2019.

A fórmula de disputa, dessa vez, é diferente. Os dez participantes, em vez dos 12 inicialmente previstos (Austrália e Qatar desistiram de participar), foram divididos em dois grupos. Na primeira fase, vão jogar em turno único. Ao final de cinco rodadas, os quatro primeiros de cada chave avançam para a segunda fase. A partir das quartas de final, serão realizadas disputas em jogo único até que seja conhecido o campeão.

O desempenho recente do Brasil

Em um grupo com número ímpar de participantes, a cada jornada uma equipe fica de fora. Na terceira jornada, realizada no domingo, 20 de junho, foi a vez do Brasil ficar de fora. Foi justamente no dia em que o técnico Tite completou cinco anos no comando da seleção canarinho. Uma façanha. Permanecer no cargo depois de ser derrotado em uma Copa do Mundo é para poucos. Na Rússia, em 2018, o Brasil parou diante da Bélgica nas quartas de final. O treinador disputou 56 jogos no cargo. Foram 42 vitórias, dez empates e quatro derrotas. Aproveitamento de 81%.

Números expressivos, porém, inflados por uma série de duelos contra seleções de baixo nível técnico e overdose de partidas contra rivais continentais, sobre os quais o Brasil tem larga vantagem. Nas Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo do Qatar, a equipe disparou na frente tendo vencido os seis jogos disputados até agora. A classificação para o Mundial de 2022 é mera questão de tempo. O início da disputa da Copa América apenas confirmou essa superioridade local.

Na estreia, o Brasil marcou 3 a 0 em uma Venezuela esfacelada pelo surto de Covid-19 que atingiu seu elenco. Na segunda rodada, goleou o Peru por 4 a 0. Tudo isso sem fazer muita força e permitindo a Tite promover um intenso revezamento no elenco, algo que não é sua característica. Fruto da imensa facilidade na classificação para as quartas de final. Afinal, apenas o pior da chave não passa para o estágio seguinte. O treinador deve seguir fazendo experiências. Convocou para o torneio os seguintes atletas:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Éderson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);
  • Laterais: Émerson Royal (Barcelona), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);
  • Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Felipe (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea).
  • Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Lyon);
  • Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Jr (Real Madrid).

Provável escalação do Brasil

 

Brasil na temporada atual

últimos jogos
07/11 202111/0702:00
07/11 202111/07
1-0
-
07/06 202106/0701:00
07/06 202106/07
1-0
-
07/03 202103/0702:00
07/03 202103/07
1-0
-
06/27 202127/0623:00
06/27 202127/06
1-1
-
06/24 202124/0602:00
06/24 202124/06
2-1
-

A forma atual da Colômbia

Camisa Schalke 04 Bundesliga

A Colômbia teve uma troca de comando recente e sofreu no domingo, 20 de junho, sua primeira derrota com Reinaldo Rueda na direção de sua comissão técnica. No estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, levou 2 a 1 do Peru. O jogo pela terceira rodada da Copa América 2021 teve o placar aberto em favor dos peruanos aos 17 minutos da etapa inicial por Pena. Os colombianos conseguiram alcançar o empate aos oito minutos da fase derradeira em cobrança de pênalti convertida por Borja. Porém, um gol contra de Mina, aos 19 minutos, garantiu a vitória dos rivais.

O duelo foi bastante equilibrado, porém com uma leve superioridade colombiana. Com a posse de bola por 59% do tempo, a Colômbia criou mais chances de finalizar (12 a 11) 1 e acertou o alvo maior número de oportunidades (4 a 3). Mas acabou sendo vítima de fogo amigo. O encontro desta quarta-feira finaliza sua participação na primeira fase, uma vez que folgará na quinta rodada. Com quatro pontos (uma vitória, um empate e uma derrota), ocupa a vice-liderança da chave B.

Nessa situação, ainda não está classificada. Porém, tem três ponto a mais do que o Equador, lanterna do grupo com um jogo a menos, e dois pontos de frente na comparação com a Venezuela, quarta colocada, que folga nesta rodada. Os jogadores convocados por Rueda para Copa América 2021 foram:

Goleiros: David Ospina (Napoli), Aldair Quintana (Atlético Nacional) e Camilo Vargas (Atlas);

Defensores: Davinson Sánchez (Tottenham), Yerry Mina (Everton), Stefan Medina (Monterrey), Óscar Murillo (Pachuca), William Tesillo (León), Carlos Cuesta (Genk), Jhon Lucumí (Genk) e Daniel Muñoz (Genk);

Meio-campistas: Juan Cuadrado (Juventus), Wilmar Barrios (Zenit), Edwin Cardona (Boca Juniors), Matheus Uribe (Porto), Gustavo Cuellár (Al-Hilal), Yairo Moreno (Pachuca), Sebastián Pérez (Boavista-POR) e Baldomero Perlaza (Atlético Nacional);

Atacantes: Luis Muriel (Atalanta), Duván Zapata (Atalanta), Luis Díaz (Porto), Miguel Borja (Junior Barranquilla), Rafael Borré (River Plate), Jaminton Campaz (Tolima), Yimmi Chará (Seattle Sounders) e Juan Otero (Santos Laguna).

Provável escalação da Colômbia

 

Colômbia na temporada atual

últimos jogos
07/10 202110/0702:00
07/10 202110/07
3-2
-
07/07 202107/0703:00
07/07 202107/07
(3)1-1(2)
-
07/04 202104/0700:00
07/04 202104/07
(2)0-0(4)
-
06/24 202124/0602:00
06/24 202124/06
2-1
-
06/21 202121/0602:00
06/21 202121/06
1-2
-

Estatísticas de ambas seleções


Prognóstico e palpite final para Brasil x Colômbia:

Mostrando estar tecnicamente bem acima de seus adversários, o Brasil tem o prognóstico na vitória contra a Colômbia o palpite indicado para o confronto desta quarta-feira pela fase de grupos da Copa América 2021.

Prognóstico e palpite final para Brasil x Colômbia:


Promoções para Copa América 2021

Promoções Copa América

Acompanhe tudo sobre a Copa América 2021