As cotações não estão disponíveis no momento.
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 12/11/2021 21:47.

As informações e o palpite para Bolívia x Argentina

Com a Bolívia já eliminada e a Argentina classificada, as seleções entram em campo nesta segunda-feira, 28 de junho, apenas para cumprir tabela na Copa América 2021. O encontro faz parte da programação da quinta – última – rodada da fase de grupos do torneio continental. Terá como cenário a Arena Pantanal, em Cuiabá. O pontapé inicial está marcado para 21h (horário de Brasília), assim como o outro duelo da chave A, que será entre as equipes de Uruguai e Paraguai.

Como funciona a Copa América 2021

A edição 2021 da Copa América é a versão 2020 com um ano de atraso. Ela foi adiada devido à pandemia de Covid-19. Na verdade, nem precisaria ter sido realizada. Afinal, o torneio teve uma edição em 2019. Uma nova versão foi inserida na agenda para que a Confederação Sul-Americana de Futebol passasse a ter seu torneio continental no mesmo ano da Eurocopa. Bastaria cancelar e disputar a Copa América 2024. Porém, com dinheiro recebido pelos direitos de transmissão para TV e patrocínios negociados, a competição foi mantida em um calendário ainda mais apertado.

Em princípio, seria realizada na Argentina e na Colômbia. Os argentinos desistiram devido à crise sanitária no país, que enfrenta o aumento do número de casos de Covid-19. Os colombianos, mergulhados em uma grave crise política, também não tiveram condições de receber o torneio. O Brasil, embora com números de contaminação ainda maiores do que os da Argentina, decidiu sediar a competição, assim como fez em 2019.

A fórmula de disputa, dessa vez, é diferente. Os dez participantes, em vez dos 12 inicialmente previstos (Austrália e Qatar desistiram de participar), foram divididos em dois grupos. Na primeira fase, vão jogar em turno único. Ao final de cinco rodadas, os quatro primeiros de cada chave avançam para a segunda fase. A partir das quartas de final, serão realizadas disputas em jogo único até que seja conhecido o campeão.

O desempenho recente da Bolívia

Antes do início da Copa América 2021, a seleção da Bolívia era apontada como a grande favorita a ser a única eliminada entre as cinco equipes do grupo A que disputavam as quatro vagas abertas para segunda fase do torneio. Como de onde menos se espera é que não sai nada mesmo, os bolivianos não decepcionaram. Sequer chegaram com chances matemáticas de classificação na jornada final. Nem daquelas que precisam de combinações absurdas para serem concretizadas.

Na quinta-feira, 24 de junho, tiveram sua eliminação matematicamente confirmada com uma jornada de antecipação na derrota, por 2 a 0, ante o Uruguai. O encontro, que também teve como cenário a Arena Pantanal, teve o placar aberto por um atleta boliviano. Quinteros marcou contra aos 40 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Edinson Cavani fez o segundo tento dos uruguaios. Foi pouco. A Celeste criou 22 oportunidades de finalização ao longo do duelo. Mandou sete no alvo.

Assim, a Bolívia seguiu zerada na tabela de classificação. Na estreia, perdeu por 3 a 1, de virada, para o Paraguai. Depois, apanhou para o Chile por 1 a 0. Dessa maneira, com quatro pontos de desvantagem em relação ao Uruguai, quarto colocado, não tem como reverter a situação. Os atletas convocados para a disputa da Copa América 2021 foram:

Goleiros: Carlos Lampe (Always Ready), Javier Rojas (Bolívar), Ruben Cordano (Bolívar);

Defensores: Jairo Quinteros (Bolívar), José Segredo (The Strongest), Luis Haquin (Melipilla-CHI), Adrián Jusino (Larissa-GRE), Diego Bejarano (Bolívar), Enrique Flores (Always Ready), Luis Barbosa (Aurora), Oscar Ribera (Blooming);

Meio-campistas: Leonel Justiniano (Bolívar-BOL), Juan Carlos Arce (Always Ready), Diego Wayar (The Strongest), Moisés Villarroel (Jorge Wilstermann), Boris Cespedes (Servette), Erwin Saavedra (Bolívar), Roberto Carlos Fernández (Bolívar), Ramiro Vaca (The Strongest), Erwin Sánchez Júnior (Blooming)
Danny Bejarano (Lamia-GRE);

Atacantes: Marcelo Moreno (Cruzeiro), Henry Vaca (Oriente PEtrolero), Rodrigo Luis Ramallo (Always Ready), Gilbert Alvarez (Jorge Wilstermann), Jaume Cuellar (SPAL-ITA), Jeyson Chura (The Strongest);

Provável escalação da Bolívia

 

Bolívia na temporada atual

Últimos jogos
11/12 202112/1103:00
11/12 202112/11
3-0
-
11/06 202106/1101:35
11/06 202106/11
0-1
-
10/10 202110/1022:00
10/10 202110/10
1-0
-

A forma atual da Argentina

Camisa Schalke 04 Bundesliga

A Argentina ficou de fora da quarta rodada. Estava de folga. Porém, mesmo assim manteve a liderança do grupo A. Tem sete pontos. Fruto do empate, por 1 a 1, na partida de estreia no torneio contra o Chile e das vitórias, por 1 a 0, em cima de Uruguai e Paraguai nas jornadas seguintes, que a garantiram nas quartas de final da Copa América em sua edição 2021. Se a vaga na próxima fase está garantida, o topo da tabela de classificação ainda não.

Os argentinos podem perder até duas posições na rodada final. Isso influencia diretamente no emparelhamento da próxima etapa. Assim, o duelo desta segunda-feira tem alguma importância para a seleção. Porém, é improvável que isso seja suficiente para mudar os planos do técnico Lionel Scaloni caso ele deseje preservar algum jogador mais desgastado ou que apresente risco maior de contusão. Até porque o rival do confronto não é dos mais ameaçadores.

Os atletas convocados pela Argentina para a disputa da Copa America 2021 foram:

Goleiros: Agustín Marchesín (Porto), Emiliano Martínez (Aston Villa), Juan Musso (Udinese) e Franco Armani (River Plate); 

Defensores: Nicolás Tagliafico (Ajax), Gonzalo Montiel (River Plate), Germán Pezzella (Fiorentina), Marcos Acuña (Sevilla), Cristian Romero (Atalanta), Lisandro Martínez (Ajax), Nicolas Otamendi (Benfica), Lucas Martínez Quarta (Fiorentina), Nahuel Molina (Udinese);

Meio-campistas: Leandro Paredes (PSG), Rodrigo De Paul (Udinese), Ángel Di María (PSG), Exequiel Palacios (Bayer Leverkusen), Nicolás Dominguez (Bologna), Giovani Lo Celso (Tottenham), Guido Rodríguez (Real Bétis);

Atacantes: Sergio Aguero (Barcelona), Lionel Messi (Barcelona), Nicolás González (Stuttgart), Joaquín Correa (Lazio), Ángel Correa (Atlético de Madrid), Lautaro Martínez (Inter de Milão), Papu Gómez (Sevilla) e Julián Álvarez (River Plate).

Provável escalação da Argentina

 

Argentina na temporada atual

Últimos jogos
11/13 202113/1100:00
11/13 202113/11
0-1
-
10/15 202115/1001:30
10/15 202115/10
1-0
-
10/11 202111/1001:30
10/11 202111/10
3-0
-
10/08 202108/1001:00
10/08 202108/10
0-0
-

Estatísticas de ambas seleções


Prognóstico e palpite final para Bolívia x Argentina:

Ainda que exista a possibilidade de a Argentina colocar uma equipe recheada de reservas em campo, a distância técnica na comparação com a Bolívia é tão grande que o prognóstico em seu sucesso é o palpite indicado para o confronto desta segunda-feira pela última rodada da fase de grupos da Copa América 2021.

Prognóstico e palpite final para Bolívia x Argentina:

Livescores 4U aoo

Promoções para Copa América 2021

Promoções Copa América

Acompanhe tudo sobre a Copa América 2021