Prognósticos e notícias de apostas

Santos x Chapecoense

Nesta página você vai encontrar artigos sobre Santos x Chapecoense.
football line
Palpite: Santos x Chapecoense – Brasileirão Série A – Prognóstico 1/12/2019
Prognósticos de apostas Brasileirão

Santos vence!
Aposte agora em Betfair

Prognóstico para Santos x Chapecoense

Nosso palpite: Santos vence

Registre-se e aposte com as melhores cotações para o jogo

 

As informações e o palpite para Santos x Chapecoense

Brigando cabeça a cabeça o vice-campeonato da edição 2019 da Série A do Campeonato Brasileiro com o Palmeiras, o Santos recebe a rebaixada Chapecoense neste domingo, 1º de dezembro, em encontro que faz parte da programação da trigésima sexta – antepenúltima – rodada do Brasileirão. A partida será realizada no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos. O início está previsto para 19h (horário de Brasília).

Disputado desde 2003 no sistema de pontos corridos, a edição 2019 do Brasileirão conheceu seu campeão na jornada 34. O Flamengo assegurou o título por antecipação. Como também venceu a Copa Libertadores da América, isso provocou mudanças na distribuição de vagas em torneios internacionais.

O bloco dos quatro primeiros colocados, que garante vaga direta na fase de grupos da versão 2020 da competição, foi estendido. Como, no momento, tem a presença do Athletico Paranaense, que também tem lugar certo no torneio por ter conquistado a Copa do Brasil, virou G6. Sétimo e oitavo colocados do Campeonato Brasileiro ainda poderão chegar lá, mas passando pelas eliminatórias.

Isso também causa efeito na distribuição de vagas para Copa Sul-Americana, que passa a abraçar a equipes entre a nona e décima quinta posições. Enfim, só o décimo sexto colocado, entre os que permanecerão na elite do futebol nacional, não terá vaga em disputa internacional. Os quatro últimos serão rebaixados. Avaí e Chapecoense estão matematicamente confirmado nesse bloco.

O desempenho recente do Santos

O Peixe perdeu na quinta-feira, 28 de novembro, uma oportunidade de se descolar do Palmeiras na briga pela segunda posição do Brasileirão. Com o alviverde usando um time recheado de reservas contra o Fluminense, a derrota foi o resultado da partida no Maracanã (1 a 0).

No entanto, o alvinegro também não conseguiu pontuar contra o Fortaleza. Na capital cearense, levou 2 a 1. Ficou, dessa maneira, estacionado nos 68 pontos (20 vitórias, oito empates e sete derrotas). Conservou o segundo posto. Tem a mesma pontuação do Palmeiras, mas leva vantagem no número de vitórias – o rival tem 19, que é o primeiro critério de desempate.

Até teve a chance de fazer ao menos um ponto. Mas Carlos Sanchez desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 41 minutos da etapa final. Para piorar a situação, o atacante Soteldo foi expulso nos últimos segundo e o lateral Pará recebeu o vermelho após o jogo. Ambos estão suspensos para a partida deste domingo.

O Santos tem a terceira melhor campanha do Brasileirão como mandante. Dos 51 pontos que disputou como coluna um ganhou 40 (12 vitórias, quatro empates e uma derrota) tendo assinalado 38 gols e sofrido 15.

A forma atual da Chapecoense

A Chapecoense entrará em campo pela primeira fez com o status de time da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. A derrota, em casa, por 1 a 0, para o Botafogo, na quarta-feira, 27 de novembro, selou matematicamente seu rebaixamento.

Com 28 pontos (seis vitórias, dez empates e 19 derrotas), a equipe está na décima nona – penúltima – posição na tabela de classificação do Brasileirão. Pode, no máximo, subir mais um posto. Como visitante, apresenta desempenho um pouco melhor. É a décima sexta colocada no ranking que só conta com os resultados das equipes fora de seus domínios. Dos 51 pontos que disputou como coluna dois colheu 14 (três vitórias, cinco empates e nove derrotas) tendo marcado 14 gols e sofrido 27.

Nas últimas partidas a equipe não contará com aquele que foi seu melhor jogador no torneio. O atacante Everaldo passará por uma cirurgia no pé e só retornará aos gramados em 2020.

Prognóstico e palpite final para Santos x Chapecoense

Dono de superioridade técnica diante de um rival que não tem mais qualquer pretensão na disputa, o Santos tem o prognóstico em sua vitória contra a Chapecoense a opção mais adequada de palpite para o duelo deste domingo pela antepenúltima rodada da edição 2019 do Brasileirão.

Prognóstico e palpite final para Santos x Chapecoense:

Cotação de 1,20* na plataforma de apostas esportivas de Betfair.

*A cotação estava disponível às 9h42 de 29/11/2019

football line
Palpite: Santos x Chapecoense – Prognóstico 12/11/2018 – Brasileirão
Prognósticos de apostas Brasileirão

Prognóstico para Santos x Chapecoense

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,45 4,20 7,50

Nosso palpite para Santos x Chapecoense: Santos

*As cotações estavam disponíveis às 15h34 de 7/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Santos x Chapecoense

Mirando uma vaga na zona de classificação para a edição 2019 da Copa Libertadores da América, o Santos fecha nesta segunda-feira, 12 de novembro, a trigésima terceira rodada das 38 previstas para o Campeonato Brasileiro temporada 2018. No estádio do Pacaembu, em São Paulo, vai receber a Chapecoense. A partida tem início agendado para 20h (horário de Brasília).

O desempenho recente do Santos

O alvinegro bem que teve a oportunidade de entrar no G6, que é o bloco que assegura aos participantes a possibilidade de disputar o torneio continental, na jornada de número 32. Não conseguiu. No clássico com o Palmeiras, acabou sendo derrotado por 3 a 2.

Dessa maneira, ficou parado nos 46 pontos (12 vitórias, dez empates e dez derrotas). A pontuação, ao final da jornada anterior, era a mesma de Atlético-MG e Cruzeiro. No entanto, quando os critérios de desempate eram usados, o Galo ficava em sexto seguindo por santistas e cruzeirenses.

Não há para o Santos qualquer problema em ser superado pelo Cruzeiro. Como a Raposa faturou o título da Copa do Brasil, já tem vaga garantida na fase de grupos da Libertadores. A briga é mesmo contra os outros mineiros.

Porém, os rivais não parecem ser os maiores adversários do Peixe. Talvez nem sejam os maiores. O técnico Cuca e os cartolas do clube seguem em rota de colisão. O treinador deixou claro sua insatisfação com o fato de não ter sido consultado e sequer avisado da mudança do local de jogo da Vila Belmiro para o Pacaembu. Não é seu primeiro problema com o presidente José Carlos Peres e pode inviabilizar sua permanência no cargo em 2019, apesar de ter contrato para o período.

Na preparação para encarar a Chapecoense, o treinador recorreu aos treinos secretos para garantir não apenas a privacidade, mas também para evitar perguntas incômodas. Ele tem quatro baixas certas para a partida. O lateral Vitor Ferraz, o meia Diego Pituca e o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, estão suspensos. O zagueiro Luiz Felipe, contundido, é outro fora de combate.

O provável time para a partida é Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez e Bryan Ruiz; Derlis González (Bruno Henrique), Eduardo Sasha (Arthur Gomes, Bruno Henrique ou Copete) e Rodrygo.

A forma atual da Chapecoense

Três vitórias nos seis jogos que restam. Essa é a projeção que a Chapecoense faz para escapar do rebaixamento na reta final do Campeonato Brasileiro. A comissão técnica do alviverde abriu mão até mesmo de mirar nos 45 pontos que são considerados pelos estatísticos como margem de segurança para quem deseja garantir a permanência na divisão de elite do futebol brasileiro.

Com 34 pontos (oito vitórias, dez empates e 14 derrotas) e na décima nona – penúltima colocação – do Brasileirão, a Chape chegaria a 43 caso conseguisse atingir a meta traçada. Além do Santos, o time terá pela frente Grêmio e Corinthians, fora de casa; e Botafogo, Sport e São Paulo, em Chapecó, como rivais nas jornadas derradeiras do torneio.

Nas últimas dez rodadas, a equipe venceu quatro jogos e perdeu seis. Como visitante, o desempenho é sofrível. Não conseguiu uma vitória sequer em 16 partidas. Foram cinco empates e 11 derrotas. Só o Paraná, já rebaixado, teve campanha pior na edição 2018 do Campeonato Brasileiro.

Histórico dos confrontos entre Santos x Chapecoense

Foram nove as oportunidades em que as equipes se enfrentaram no Brasileirão. O Santos saiu vencedor em cinco dessas partidas. As quatro outras se dividiram em sucessos da Chape e igualdades. No primeiro turno da edição 2018 do Brasileirão houve empate sem gols.

Prognóstico final para Santos x Chapecoense

Ainda que o Santos tenha desfalques significativos para o confronto desta segunda-feira no fechamento da trigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro, a fragilidade da Chapecoense nos confrontos fora de casa fazem com que o prognóstico na vitória da equipe paulista seja a melhor opção para o duelo.

Prognóstico para Santos x Chapecoense – vitória do Santos – cotação de 1,45 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Prognóstico: Santos x Chapecoense – 19/7/2017 – Brasileirão
Prognósticos de apostas Brasileirão

Jogo: Santos x Chapecoense
Data: 19/7/2017 – 19h30 (horário de Brasília)

Prognóstico: Santos
Cotação: 1,45

Casa de apostas: ApostasOnline

O Santos defende nesta quarta-feira, 19 de julho, uma sequência invicta de cinco partidas. Volta à Vila Belmiro para atuar na décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro versão 2017. A partir de 19h30 (horário de Brasília) terá pela frente a Chapecoense.

O desempenho recente do Santos

A partida da décima quarta rodada, no entanto, foi decepcionante. Atuando sem público contra o Vasco, no Rio de Janeiro, o Peixe conseguiu deter a bola por 61% do tempo. Porém, foi absolutamente ineficiente no uso da pelota. Finalizou apenas cinco vezes contra o gol cruz-maltino. Apenas um dos tiros foi na direção certa.

Assim, o 0 a 0 acabou sendo considerado positivo, até porque o time teve permitiu 16 finalizações ao adversário. Faltou pontaria aos vascaínos, que mandaram apenas quatro dessas bolas na direção do arco santista, que foi defendido por João Paulo, terceiro goleiro.

O titular Vanderlei se machucou na vitória, por 1 a 0, diante do Atlético-MG, na décima terceira rodada. O reserva, Vladimir, se contundiu em treinamento preparatório para o confronto com o Vasco. Ambos dependem de nova avaliação do departamento médico para saber se poderão atuar nesta quarta-feira.

Fora da partida está o lateral-direito Daniel Guedes. Ele foi expulso no final do segundo tempo diante do Vasco e terá que cumprir suspensão automática. Outro sem condições de jogo é o atacante Bruno Henrique, também cumprindo punição. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo disputado no estádio Nilton Santos, o Engenhão.

No caso da lateral-direita, a perda não pode ser considerada grande. Daniel Guedes e reserva e só atuou porque o titular da posição, Victor Ferraz, foi vetado pelo departamento médico. Sentia dores no joelho esquerdo. É bastante provável que seja liberado para encarar a Chapecoense e defender a sequência de cinco partidas sem perder (três vitórias e dois empates), que inclui um jogo pela Copa Libertadores da América e quatro pelo Brasileirão.

No ataque, a situação é um pouco mais grave. Bruno Henrique é titular absoluto do time. O maior candidato a ficar com a vaga é Thiago Ribeiro. Com 24 pontos (sete vitórias, três empates e quatro derrotas), o Santos está 12 pontos atrás do líder Corinthians. Como mandante, no entanto, é apenas o sétimo melhor do torneio com 13 pontos (quatro vitórias, um empate e duas derrotas) somados em seus domínios de um total de 21 disputados.

A forma atual da Chapecoense

O Verdão de Santa Catarina conseguiu um expressivo resultado no domingo. Em casa, derrotou o São Paulo, um rival direto na luta contra o rebaixamento, por 2 a 0. Quebrou uma série negativa de sete partidas. Nos jogos anteriores, que incluem seis partidas do Brasileirão e uma da Copa Sul-Americana, sofreu cinco derrotas e empatou duas vezes.

Ao alcançar 18 pontos (cinco vitórias, três empates e seis derrotas), não apenas evitou entrar na zona de rebaixamento, mas aumentou a vantagem na comparação com as equipes que estão mais diretamente envolvidas na luta contra a degola. Nenhum dos sete times que estão atrás da Chape, décima terceira colocada, conseguiu vencer. A diferença para o Avaí, décimo sétimo colocado e primeiro na zona de rebaixamento, subiu para cinco pontos.

Isso dá tranquilidade ao técnico Vinícius Eurtrópio, que precisou de três partidas para conseguir uma vitória depois de substituir o demitido Vagner Mancini. Afinal, mesmo que não pontue na Vila Belmiro o alviverde tem a certeza de que ficará fora da zona de rebaixamento ao final da décima quinta rodada.

Isso é importante porque a campanha da Chapecoense como visitante não empolga. Longe de seus domínios, o time somou apenas cinco pontos (uma vitória, dois empates e três derrotas) dos 18 que disputou. Aparece apenas como décimo sexto colocado nesse quesito no Brasileirão em sua edição 2017 com nove gols marcados e 15 sofridos.

Para definir o time que vai enfrentar o Santos, Eutrópio ainda tem que lidar com uma série de atletas contundidos e certamente precisará ouvir o departamento médico para saber com quem poderá contar.

O certo é que os atacantes Wellington Paulista e Arthur, que foram suspensos pelo acúmulo de cartões amarelos, podem retornar ao time. O mesmo acontece com o zagueiro Victor Ramos, que cumpriu a suspensão de um jogo aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça desportiva pelos conflitos ocorridos após a partida contra o Cruzeiro que causou a eliminação dos catarinenses da Copa do Brasil. O lateral-esquerdo Reinaldo, que foi suspenso por dois jogos por se envolver nessa confusão, ainda segue de fora.

De olho no apito

Veterano, Elmo Alves Resende Cunha, completou na temporada 2017 uma centena de jogos na Séria. Não tem sido, contudo, usado com grande frequência. Das 101 partidas que mediou na elite do futebol nacional, apenas duas foram neste ano. Apresenta índice de 46,5% de vitórias dos mandantes, 23,8% de empates e 29,7% de sucessos dos visitantes.

Tem média de cinco cartões amarelos (44,1% mandantes x 55,9% visitantes) por encontro e um vermelho (35,1% x 64,9%) a cada três jogos. Assinala, também em média, 32 faltas (49,1% x 50,9%) por confronto.

Histórico dos confrontos entre Santos e Chapecoense

O Santos venceu quatro dos seis confrontos com a Chapecoense entre 2014 e 2016 no Brasileirão, incluindo as três mais recentes partidas. A Chape ganhou uma vez e houve um empate.

As cotações para Santos x Chapecoense

O jogo contra o São Paulo não apenas interrompeu uma sequência sem vitórias da Chapecoense como foi o primeiro do clube sem sofrer gol depois de dez partidas sendo vazado pelo menos uma vez. Com 26 tentos levados, a Chape tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro em sua temporada 2017.

Isso dá sinais de que Eutrópio tem trabalhado para corrigir essa deficiência. Diante do São Paulo, o time permitiu apenas sete finalizações. Deve intensificar contra o Santos sua postura defensiva.

Ainda que não venha sendo convincente em suas atuações, o Santos tem jogadores capazes de desequilibrar o jogo e, por isso, surge como melhor opção de palpite para a partida. Tem cotação de 1,45 em ApostasOnline. Empate apresenta retorno de 4,00 e sucesso visitante multiplica o capital por 7,50.

football line
Prognóstico: Santos x Chapecoense – Brasileirão – 3/7/2016
Prognósticos de apostas Brasileirão

Jogo:  Santos x Chapecoense
Data: 3/7/2016 – 16h (horário de Brasília)

Prognóstico: Santos
Cotação: 1,55

Casa de apostas: Rivalo

Sem atuar na Vila Belmiro desde a 8ª rodada, o Santos volta para casa neste domingo, 3 de julho. Vai pegar, em partida pela 13ª jornada do Brasileirão 2016, a Chapecoense. A partida tem início programado para 16h (horário de Brasília).

Santos

Em seu entra e sai do G4, o Santos deu um passo para trás ao ser derrotado pelo Grêmio, por 3 a 2, na 12ª rodada, na Arena Grêmio. Parou nos 19 pontos (seis vitórias, um empate e cinco derrotas). Foi ultrapassado pelo Tricolor Gaúcho e pelo Flamengo, além de ver o Corinthians desgarrar. Divide a sexta colocação com o Atlético-MG, ainda que leve vantagem nos critérios de desempate (maior número de vitórias).

Um prejuízo grande para uma atuação que merecia um resultado melhor. O time de Dorival Júnior, mesmo nos domínios do adversário, teve 61% de posse de bola,  finalizou 16 vezes (o mesmo número dos donos da casa) e chegou ao empate depois de sair em desvantagem de 2 a 0. No final, acabou sofrendo o gol que selou o marcador.

A derrota, no entanto, não foi a pior notícia da quarta-feira para os santistas. Ao menos, em médio e longo prazo. Assim como acontecera na Copa América, o time sofrerá grandes desfalques por causa da seleção brasileira. Dessa vez, a olímpica. O lateral Zeca, o meia Tiago Maia e o atacante Gabriel ficarão fora do time por aproximadamente um mês. A situação só não é tão ruim como no torneio continental porque, agora, quase todos os times que estão nas posições de destaque do Brasileirão sofrerão desfalques.

Isso torna as três próximas rodadas, quando o clube poderá contar com os atletas, fundamentais para somar pontos antes de sofrer os desfalques. Para o ataque, o jogo contra o Grêmio mostrou que o colombiano Jonathan Copete pode ser uma solução. Ele entrou no lugar de Vitor Bueno e fez a rede balançar.

Além disso, o veterano Ricardo Oliveira está em fase final de recuperação da inflamação do joelho que o tirou dos gramados desde a final do Campeonato Paulista. Outro que está prestes a voltar ao time é o zagueiro David Braz, ausente há três semanas para recondicionamento muscular.

Os dois não estarão disponíveis, no entanto, para o jogo com a Chapecoense.

Chapecoense

Com a estreia do técnico Caio Júnior, que substituiu Guto Ferreira, a Chapecoense se recuperou da goleada sofrida diante do Sport (5 a 1), em Recife, derrotando o Cruzeiro, por 3 a 2, de virada, na quarta-feira, em Chapecó. Chegou aos 18 pontos (quatro vitórias, seis empates e duas derrotas). Ocupa o nono posto na classificação, apesar de ter a mesma pontuação do São Paulo, que leva vantagem por ter maior número de vitórias.

Manteve-se assim, na parte de cima da tabela de classificação. É a equipe que tem o menor número de derrotas e o maior número de empates até agora. Situação que a deixa mais perto do G4 que do Z4.

O time catarinense perdeu dois jogadores para a partida na Vila Belmiro. O lateral-direito Gimenez recebeu terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática. O zagueiro Marcelo se machucou ainda no primeiro tempo e precisou deixar o campo.  Claudio Winck deve ser o titular da lateral e Rafael Lima é o mais cotado para formar com Willian Thiego a dupla de zaga.

Retrospecto

Como a equipe catarinense disputou a Série A do Brasileirão pela primeira vez somente em 2014, o número de confrontos com o Santos na competição é pequeno. Foram somente quatro até 2015. Os paulistas venceram dois, houve um empate e uma vitória da Chapecoense. Os dois sucessos do Peixe foram em seus domínios.

Árbitro

O inexperiente Bruno Arleu de Araújo, vinculado à Federação do Estado do Rio de Janeiro e aspirante ao quadro da Fifa (Federação Internacional de Futebol), foi indicado para arbitrar a partida.

Ele tem somente sete atuações na Série A, sendo uma neste ano, na primeira rodada. Apresenta índice de 57,1% de vitórias dos mandantes e 42,9% de empates. Nenhum visitante saiu vencedor em partidas com Araújo no apito. Ele exibe, em média, um cartão vermelho a cada três jogos e quatro amarelos por confronto.

Apesar do baixo número de jogos na Série A do Brasileirão, esta será a terceira vez que ele irá atuar em uma partida do Santos. Nas duas primeiras, o Peixe ganhou uma vez e empatou a outra. Um jogo foi em casa e terminou com sucesso da equipe da Vila Belmiro.

A Chapecoense teve uma partida com o árbitro do Rio de Janeiro na mediação. Fora de casa, foi derrotada.

Perspectiva

A Chapecoense vem fazendo um campeonato muito bom para suas limitações econômicas, que ficaram expostas quando o time não conseguiu segurar o técnico Guto Ferreira, seduzido por uma proposta econômica melhor de uma equipe da Série B, o Bahia.

Porém, ainda está degraus abaixo do Santos. O time paulista, completo, é candidato ao título e melhor opção de aposta para esta partida com cotação de 1,55 em Rivalo. Empate paga 3,60 e sucesso da equipe catarinense multiplica por 6,50 o valor investido.

football line
Rodada 22 do Brasileirão tem times atrapalhados pela seleção
Prognósticos de apostas

A rodada 22 do Brasileirão terá dez partidas divididas entre quarta-feira, 2 de setembro, e quinta-feira, 3 de setembro, e volta a escancarar um velho problema do futebol nacional: o calendário. Em plena disputa pelo título, vagas na Libertadores e contra o rebaixamento, uma série de equipes estarão desfalcadas de alguns jogadores por causa de irrelevantes amistosos da seleção brasileira. Trata-se do único torneio nacional de importância que não respeita as datas que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) estabelece para os amistosos internacionais. E isso afeta o equilíbrio de forças das equipes envolvidas na competição.

Internacional x Vasco

Partida com início previsto para 19h30 (horário de Brasília) de quarta-feira no Beira-Rio. Estacionado na última colocação do Brasileirão, o Vasco é um dos maiores azarões da rodada com cotação de 6,00 em Bet365. O Inter é o grande favorito à vitória com retorno de 1,53. Empate rende 3,60.

Joinville x São Paulo

Pontapé inicial previsto para 19h30 de quarta na Arena Joinville. O Joinville está desde a primeira rodada na zona de rebaixamento, mas vem demonstrando clara melhora nas últimas rodadas. O São Paulo é um dos times que mais oscila no torneio. Palpite nos donos da casa é boa opção. Tem cotação de 2,90 em Bet365. Empate rende 3,20 e sucesso são-paulino apresenta retorno de 2,30.

Ponte Preta x Cruzeiro

Jogo programado para 19h30 no estádio Moisés Lucarelli. Depois de uma reação com a chegada do técnico Doriva, a Ponte Preta voltou a cair. O Cruzeiro segue em má fase e próximo da zona de rebaixamento. Empate é bom palpite para o jogo com cotação de 3,20 em Bet365. Sucesso dos mandantes paga 2,30 e dos visitantes rende 2,90.

Atlético-MG x Atlético-PR

Confronto agendado para 21h no estádio Independência. O Atlético-MG, em perseguição ao Corinthians, não tem outra opção senão a vitória para continuar na luta pelo título. E encara um time que não costuma atuar bem fora de casa. É favorito ao sucesso. A cotação é de 1,40. Empate paga 4,20 e vitória dos visitantes rende 7,00 vezes o valor apostado.

Flamengo x Avaí

O Flamengo transferiu o jogo com o Avaí para a Arena das Dunas para Natal (RN). Vai jogar na Arena das Dunas visando faturar mais. Certamente terá torcida maior e provavelmente chance de um desempenho melhor, uma vez que no Maracanã seus resultados têm sido abaixo do esperado. É favorito para vitória com cotação de 1,65 em Bet365. Empate paga 3,60 e vitória dos catarinenses apresenta retorno de 4,33 por 1.

Corinthians x Fluminense

Duelo marcado para 22h na Arena Corinthians. Os donos da casa perderam Elias para a seleção. Mas o tricolor não terá o zagueiro Marlon, suspenso. É um desfalque maior, pois os reservas são muito inferiores. Palpite no Corinthians é a melhor opção com cotação de 1,72 em Bet365. Empate rende 3,40 e vitória dos visitantes paga 4,20.

Coritiba x Sport

O Coritiba recebe o único time que ainda não ganhou fora de casa no Brasileirão a partir de 22h no Couto Pereira. A equipe paranaense não perde faz quatro partidas e pega um rubro-negro em queda. Empate é boa opção de aposta com cotação de 3,40. Vitória dos mandantes paga 1,95 e sucesso dos visitantes rende 3,50 em Bet365.

Goiás x Palmeiras

Confronto entre os times verde e branco às 22h no Serra Dourada, que deve ter mais torcedores palmeirenses que goianos. O Palmeiras, mesmo fora de casa, deve tomar a iniciativa do jogo e oferecer o contra-ataque ao Goiás, que só sabe jogar dessa maneira. Vitória dos visitantes é melhor opção de aposta com cotação de 2,90 em Bet365. Sucesso dos mandantes rende 2,30 e empate paga 3,20 por 1.

Santos x Chapecoense

Jogo abre a programação de quinta-feira às 19h30 na Vila Belmiro. O Santos faz uma grande arrancada no Brasileirão e já começa a sonhar com G4. Em casa, tem ótima campanha e é franco favorito a vencer. Tem cotação de 1,44 em Bet365. Empate paga 4,00 por 1 e sucesso da Chapecoense rende 6,50 vezes o valor arriscado.

Figueirense x Grêmio

Partida que encerra a rodada 22 às 21h no Orlando Scarpelli. Apesar da melhor campanha, o Grêmio tem uma série de desfalques, incluindo jogadores cedidos para seleção, e dá sinais de desgaste. O Figueirense surge como melhor palpite. Vitória dos donos da casa tem cotação de 2,55 em Bet365. Empate paga 3,20 e sucesso gremista rende 2,45.

football line
Clássicos marcam rodada de fim de semana do Brasileirão
Prognósticos de apostas

Dois clássicos e um jogo considerado barbada para o líder. Esses são os destaques da décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, que tem jogos no sábado, 26 de julho, e domingo, 27 de julho.

O líder Cruzeiro encara o Figueirense, no sábado, no Mineirão. O time de Santa Catarina, que já há algum tempo tem lugar cativo na zona de rebaixamento, é o maior azarão da rodada. Em Bet365, uma improvável vitória do time visitante paga 10 vezes o valor apostado.

As possibilidades mais interessantes de ganho para os apostadores estão em partidas onde o favoritismo fica de lado, nos clássicos entre Flamengo, de técnico novo, e Botafogo, e Corinthians e Palmeiras.

Santos x Chapecoense

Santos e Chapecoense se enfrentam no sábado, às 18h30, na Vila Belmiro. Os donos da casa têm oscilado muito em suas atuações conseguindo bons resultados e, na sequência, apresentado desempenhos fracos. O atacante Leandro Damião, machucado, segue fora. Em casa, o time tem a chance de se impor contra os catarinenses, que surpreenderam o São Paulo na rodada anterior e devem novamente tentar se fechar na defesa e buscar o contra-ataque. Vitória dos donos da casa paga 1,61 em Bet365. Empate rende 3,60 e uma nova zebra da Chapecoense faz o dinheiro se multiplicar por seis vezes.

Cruzeiro x Figueirense

Líder isolado do Brasileirão com cinco pontos de vantagem, o Cruzeiro é o maior favorito da rodada. Com cotação de 1,25 em Bet365, o time mineiro com suas muitas opções para escalação e as variações táticas de Marcelo Oliveira tem tudo para completar a rodada com uma vantagem igual ou superior. O Figueirense, com cotação de vitória de 10 por 1, e empate pagando 5,75, foi eliminado da Copa no Brasil no meio da semana e dificilmente terá condições de aprontar uma surpresa.

Criciúma x Vitória

As duas equipes estão longe de mostrar um grande futebol no Brasileirão-2014. O Criciúma, todavia, aposta forte no fator casa para se manter fora da zona de rebaixamento. E graças à precisão da bola parada nos pés do veterano Paulo Bayer tem conseguido sucesso. Isso lhe dá um ligeiro favoritismo no confronto. Em Bet365, a cotação é de 2,05. Os baianos estão na zona da degola e não dão sinais à sua torcida de melhora. Seu técnico, Jorginho, fala em falta de confiança. Um empate tem cotação de 3,50 e um sucesso dos visitantes rende 3,40 por 1.

Bahia x Internacional

Bahia e Internacional fecham às 21h no estádio da Fonte Nova a rodada de sábado do Brasileirão 2014. Os baianos, mesmo em casa, não inspiram confiança. O time não voltou bem da paralisação do Brasileirão e, para piorar, ainda tomou 3 a 0 do Corinthians na quarta-feira na Copa do Brasil. Ainda que não tenha vencido como visitante na competição (foram quatro empates e uma derrota), esta é a grande oportunidade do Colorado, que tem cotação de 2,20, apesar de um de seus principais jogadores, o meia D´Alessandro ainda não ter escalação garantida para o confronto. Vitória do mandante paga 3,50 e empate rende 3,10.

Sport x Atlético-MG

Regularidade. Essa é a palavra chave do Sport na competição. O time pernambucano tem mostrado qualidades que levam a crer que a equipe conseguirá ficar na parte de cima da tabela. Em casa, é favorita no confronto contra um Atlético-MG que estará mais desgastado por causa do jogo da Recopa Sul-Americana na quarta-feira, quando precisou jogar uma prorrogação para levantar a taça. A cotação para vitória do time rubro-negro é 2,62. Sucesso do visitante rende 2,65 e empate paga 3,25. Jogo tem início marcado para 16h na Ilha do Retiro.

Corinthians x Palmeiras

Os dois times se deram bem na quarta-feira pela Copa do Brasil. O Corinthians goleou o Bahia por 3 a 0 e praticamente assegurou sua passagem para próxima fase. O Palmeiras conseguiu sua primeira vitória sob comando do argentino Gareca ao superar o Avaí fora de casa e também ficou muito perto de avançar, mesmo com um time misto. Isso deu ainda mais vida ao primeiro clássico que será realizado no Itaquerão, com início previsto para 16h. Vitória corintiana tem cotação de 2 por 1. Empate paga 3,30 e sucesso do Palmeiras rende 3,8 vezes o valor apostado.

Atlético-PR x Fluminense

Na Arena da Baixada, às 16h, as duas equipes se enfrentam em duelo que vale a manutenção no G4. Com campanhas similares, os estilos de jogo são diferentes. O Fluminense mostra um pouco mais de ousadia. Mas, para esse duelo, um empate aparece como um bom palpite com cotação de 3,25. Vitória dos donos da casa paga 2,30 e sucesso dos visitantes rende 3,10.

Goiás x São Paulo

O time goiano vem de uma sucessão de empates depois do intervalo da Copa do Mundo. Agora, recebe o São Paulo, às 16h, no Serra Dourada. O tricolor tem oscilado bastante e uma igualdade pode ser considerada uma boa aposta para partida. Cotação de 3,20 em Bet365. Vitória dos visitantes rende 2,25. Se os donos da casa levarem a melhor, os apostadores faturam 3,25 para cada real arriscado.

Flamengo x Botafogo

Em último lugar na classificação, o Flamengo estreia seu novo técnico, Vanderlei Luxemburgo, que substitui Ney Franco, contra o Botafogo, às 18h30, no Maracanã. São duas equipes que não têm mostrado bom desempenho. Outra partida onde o empate é um palpite que parece adequado. Em Bet365, a igualdade tem cotação de 3,20. Sucesso do Botafogo rende 2,87 e do Flamengo paga 2,5 vezes o valor apostado.

Grêmio x Coritiba

Depois de quatro jogos sem marcar, o Grêmio encontrou o caminho das redes e tem contra o Coritiba, às 18h30, na Arena Grêmio, a oportunidade de se aproximar das primeiras posições contra um dos times que menos futebol tem mostrado na competição. É favorito destacado com cotação de 1,66 em Bet365. Empate paga 3,60 e uma improvável vitória dos paranaenses rende 5,25.

football line

SITES DE APOSTAS
Site de apostas Bet365 Bet365
Site de apostas Betfair Betfair
Site de apostas Rivalo Rivalo
Site de apostas 22Bet 22Bet
Site de apostas Betway Betway
Site de apostas Sportingbet Sportingbet
Site de apostas Betboo Betboo
Site de apostas Betmotion Betmotion
Busca de Notícias
Aviso legal
O direito de acessar e / ou usar sites-de-apostas.net (incluindo qualquer ou todos os produtos anunciados) pode ser restritos em determinados países.
Você é o responsável por determinar que o acesso ou uso do website está de acordo com as leis em seu local de residência e que o jogo não é ilegal onde você mora.
sites-de-apostas.net valoriza e compara continuamente todos os sites de apostas no Brasil.
Site de apostas | Casas de apostas online | Apostas esportivas | Apostas de futebol | Apostas ao vivo | Apostas online | Sites de apostas
18+, Jogue com responsabilidade! | Jogo responsável | Aviso legal