World Cup Qualification CONMEBOL 1st round

09/10/2020

20:30

Colombia
Venezuela
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 09/10/2020 20:24.

As informações e o palpite para Colômbia x Venezuela

Dois técnicos portugueses estarão no banco de reservas no duelo envolvendo Colômbia e Venezuela nesta sexta-feira, 9 de outubro, pela jornada de abertura das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Qatar de 2020. O encontro será realizado a partir das 20h30 (horário de Brasília) no estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla, na Colômbia.

Mesmo com o adiamento do início das eliminatórias de março para outubro, a Confederação Sul-Americana de Futebol resolveu manter o formato da disputa. As dez seleções envolvidas disputarão partidas de ida e volta. Assim, ao final das 18 rodadas previstas, as quatro melhores classificadas terão lugar garantido na Copa do Mundo do Qatar 2022. Quem terminar em quinto lugar ainda terá a possibilidade de disputar a repescagem e também conseguir a vaga no Mundial.

O desempenho recente da Colômbia

No lado colombiano, o comando é de Carlos Queiróz. O português conduziu a seleção do Irã até o Mundial de 2018, na Rússia, e também na fase final da Copa da Ásia. Foi de lá que saiu para assumir a equipe sul-americana. Fez sua estreia pouco antes da Copa América.

No torneio disputado no Brasil, teve a oportunidade de implantar seu estilo, que é baseado fundamentalmente em um sistema defensivo forte. Deixou o torneio nas quartas de final sem ter tomado um gol sequer. Depois de vencer os três compromissos na fase de classificação (Argentina, Qatar e Paraguai), acabou vendo a Colômbia ser eliminada pelo Chile nas cobranças de pênalti após empate sem gols no tempo regulamentar.

Fez ainda seis amistosos antes da paralisação do futebol. Foram duas vitórias, três empates e uma derrota. Os convocados para o jogo de estreia nas eliminatórias e a partida contra o Chile, fora de casa, na segunda rodada foram:

  • Goleiros: Ospina (Napoli), Camilo Vargas (Atlas / México), Álvaro Montero (Tolima) e Aldair Quintana (Atlético Nacional)
  • Defensores: Stefan Medina (Monterrrey / México), Cuadrado (Juventus), Yerry Mina (Everton), Dávinson Sánchez (Tottenham), Murillo (Celta de Vigo), Lucumí (Genk / Bélgica ), Fabra (Boca Juniors) e Johan Mojica (Atalanta)
  • Meio-campistas: Uribe (Porto), Campuzano (Boca Juniors), Wilmar Barrios (Zenit), Jéfferson Lerma (Bournemouth), Yairo Moreno (León-MEX) e Steven Alzate (Brighton)
  • Atacantes: James Rodríguez (Everton), Alfredo Morelos (Rangers), Falcao García (Galatasaray), Duván Zapata (Atalanta), Luis Muriel (Atalanta) e Luis Díaz (Porto)

Provável escalação da Colômbia

 

Colômbia na temporada atual


A forma atual da Venezuela

Camisa Schalke 04 Bundesliga

A Venezuela bem que começou antes sua preparação para o Mundial de 2022. Quando percebeu que não teria chances de conseguir um lugar na Copa do Mundo da Rússia de 2018, a Federação Venezuelana de Futebol iniciou um trabalho de renovação comandado por Rafael Dudamel.

O técnico, no entanto, abandonou o processo no começo deste ano para assumir a direção do Atlético-MG. Nem esquentou o banco de reservas do Galo e foi demitido. Os venezuelanos, contudo, não o quiseram de volta e contrataram o português José Pesseiro para a vaga. O trabalho, se não foi perdido, pelo menos sofreu um retrocesso.

Basta ver pela primeira convocação do treinador. Ele chamou 39 jogadores para os primeiros duelos pelas eliminatórias. Depois da Colômbia vai receber o Paraguai. Sinal de que não conhece muito onde está se metendo. Para complicar, o futebol local seque em quarentena. Não há jogos desde março. A única exceção foi a retomada recente dos duelos pela Copa Libertadores da América.

Assim, Pesseiro têm à sua disposição:

Goleiros: Wuilker Fariñez (Millonarios / Colômbia), Joel Graterol (América de Cali / Colômbia), José Contreras (Deportivo Táchira) e Rafael Romo (Silkeborg / Dinamarca).

Defensores: Alexander González (Mirandés / Espanha), Bernardo Añor (Caracas), Gabriel Benítez (Zulia), Jhon Chancellor (Brescia / Itália), Luis Mago (Universidad de Chile), Mikel Villanueva (Málaga / Espanha), Nahuel Ferraresi (Porto B), Roberto Rosales (Leganés / Espanha), Rolf Feltscher (Los Angeles Galaxy / EUA), Ronald Hernández (Aberdeen / Escócia), Wilker Ángel (Akhmat Grozny / Rússia) e Yordan Osorio (Zenit / Rússia).

Meias: Adalberto Peñaranda (Watford / Inglaterra), Arquímedes Figuera (Universidad César Vallejo / Peru), Bernaldo Manzano (Atlético Bucaramanga / Colômbia), Darwin Machís (Granada / Espanha), Eduard Bello (Deportes Antofagasta / Chile), Jefferson Savarino (Atlético Mineiro), Jhon Murillo (Tondela / Portugal), Juanpi Añor (Málaga / Espanha ), Junior Moreno (DC United EUA), Luis Seijas (Independiente Santa Fe / Colômbia), Renzo Zambrano (Portland Timbers / EUA), Rómulo Otero (Corinthians), Ronaldo Lucena (Jaguares / Colômbia), Samuel Sosa (Alcorcón / Espanha), Sergio Córdoba (Augsburg / Alemanha), Tomás Rincón (Torino / Itália), Yangel Herrera (Granada / Espanha) e Yeferson Soteldo (Santos).

Atacantes: Andrés Ponce (Akhmat Grozny / Rússia), Fernando Aristeguieta (Monarcas Morelia / México), Jan Carlos Hurtado (Boca Juniors), Jhonder Cádiz (Dijon / França) e Salomón Rondón (Dalian Yifang / Chile).

Provável escalação da Venezuela

 

Venezuela na temporada atual


Prognóstico e palpite final para Colômbia x Venezuela:

Em processo de preparação mais avançado, a seleção da Colômbia em o prognóstico na vitória contra a Venezuela o palpite indicado para o encontro desta sexta-feira pela primeira rodada das eliminatórias sul-americanas para Copa do Mundo do Qatar 2022.

Prognóstico e palpite final para Colômbia x Venezuela:


Promoções

Dicas de aposta