As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 05/08/2021 04:57.
bet365

As informações e o palpite para Austrália x EUA

Após desembarcar como grande favorita ao ouro no torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a seleção dos Estados Unidos enfrenta a Austrália nesta quinta-feira, 5 de agosto, na tentativa de não voltar para casa de mãos vazias. O confronto define quem fica com a medalha de bronze. A decisão do terceiro lugar será realizada no Kashima Stadium, em Kashima. O pontapé inicial está agendado para 5h (horário de Brasília). Em caso de igualdade será realizada prorrogação de 30 minutos. Se ainda assim não houver ganhador, a definição de quem completará o pódio será feita através de cobranças de pênaltis.

Como funciona o torneio de futebol feminino em Tóquio 2020

O torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 teve em sua primeira fase 12 seleções. Foram divididas em três chaves com quatro equipes cada. As duas primeiras avançaram, assim como as duas melhores terceiras colocadas. A partir das quartas de final, as definições acontecem em jogo único até que se apure a equipe campeã.

O desempenho recente da Austrália

A equipe australiana entrou na disputa sem maiores ambições. Afinal, foi sorteada no grupo G, que contava com Suécia e Estados Unidos, justamente duas das maiores favoritas ao título. Assim, até mesmo a classificação para a segunda etapa do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 era duvidosa. Mas, com a vitória diante da Nova Zelândia, por 2 a 1, no jogo de estreia, e o surpreendente empate sem gols com as norte-americanas na rodada final do estágio inicial, a Austrália conseguiu dar o passo adiante.

Apesar da derrota para a Suécia, por 4 a 2, os quatro pontos acumulados a deixaram como uma das melhores terceiras colocadas. Assegurou seu lugar na repescagem tendo a chance de enfrentar a seleção da Grã-Bretanha nas quartas de final. Surpreendeu as favoritas na sexta-feira, 30 de julho, em um duelo eletrizante e que precisou de 120 minutos para ser decidido. No tempo regulamentar, as australianas saíram na frente, levaram a virada e foram obter o empate aos 44 minutos da etapa derradeira com tento de Samantha Kerr, sua principal jogadora.

No período extra, as britânicas desperdiçaram aos 11 minutos da primeira fase uma cobrança de pênalti com Caroline Weir. A Austrália se aproveitou para abrir frente de dois tentos. Ainda sofreu um gol no final, mas com o 2 a 1 garantiu seu lugar nas semifinais. Na segunda-feira, 2 de agosto, entretanto, acabou não resistindo no segundo confronto ante a Suécia. A equipe australiana perdeu por 1 a 0. Sofreu um tento assinalado por Fridolina Rolfo no primeiro minuto do segundo tempo e não conseguiu reagir. No final, ainda perdeu a defensora Ellie Carpenter. Expulsa, está suspensa e não pode disputar a decisão da medalha de bronze.

Provável escalação da Austrália

 

Austrália na temporada atual

últimos jogos

A forma atual dos Estados Unidos

Camisa Schalke 04 Bundesliga

Contando em seu currículo com quatro medalhas de ouro olímpico e quatro títulos mundiais, a seleção dos Estados Unidos iniciou sua campanha no torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 com grande favorita a terminar à disputa no degrau mais alto do pódio. Não apenas pelo histórico, mas pelo desempenho recente. Encarou a Suécia em seu jogo de estreia defendendo uma sequência invicta de 44 partidas (40 vitórias e quatro empates) construída em mais de dois anos.

Porém, ela foi quebrada de forma impiedosa pelas suecas, que marcaram 3 a 0. O placar do encontro até foi um pouco exagerado, mas a vitória da Suécia não. O que se esperava ser um ponto fora da curva, no entanto, acabou sendo demonstrado ser mesmo uma queda de rendimento das norte-americanas, que em nenhum momento exibiram no torneio o futebol que delas se esperavam. Até golearam a Nova Zelândia por 6 a 1 e com o empate sem gols diante da Austrália na rodada final da primeira fase avançaram com a segunda colocação do grupo G.

Nas quartas de final, todavia, escaparam por muito pouco de ter sua participação encerrada de forma precoce. Encararam a Holanda repetindo o duelo da final da Copa do Mundo da França em 2019, o qual venceram por 2 a 0. Dessa vez, tiveram bem mais dificuldade, saíram em desvantagem, viraram o placar, cederam o empate por 2 a 2 e por pouco não viram o confronto ter uma nova reviravolta. Lieke Martens, aos 36 minutos do segundo tempo, perdeu a cobrança de pênalti que poderia dar o terceiro tento para seleção europeia. Depois de igualdade sem gols na prorrogação, os Estados Unidos levaram a melhor nas cobranças de pênalti.

Porém, nas quartas de final, viram que a qualidade do futebol que vinham exibindo não foi suficiente diante do Canadá. Viram as rivais da América do Norte quebrar um jejum de duas décadas sem vitória e garantir o lugar na decisão da medalha de ouro com o 1 a 0 marcado na segunda-feira, 2 de agosto. O tento foi assinalado por Jessie Fleming, aos 29 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti que só foi marcado após intervenção da arbitragem de vídeo.

Provável escalação dos EUA

 

EUA na temporada atual



Prognóstico e palpite final para Austrália x EUA:

Ainda que não venha fazendo grandes atuações, o potencial técnico da seleção dos Estados Unidos faz com que o prognóstico em sua vitória diante da Austrália seja o palpite indicado para o encontro desta quinta-feira na disputa da medalha de bronze do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Prognóstico e palpite final para Austrália x EUA:


Promoções para apostas

Promoções de apostas para Futebol

Dicas de aposta de Futebol