Athletico vence!
Aposte agora em Betfair

Prognóstico para Athletico Paranaense x Vasco

Nosso palpite: Athletico vence

Registre-se e aposte com as melhores cotações para o jogo

 

As informações e o palpite para Athletico Paranaense x Vasco

Dono do mais suave calendário do futebol nacional, o Athletico Paranaense recebe o Vasco neste domingo, 28 de abril, na jornada de abertura do Campeonato Brasileiro da Série A edição 2019. O encontro, na Arena da Baixada, em Curitiba, tem início previsto para 16h (horário de Brasília).

Aproveite o bônus de boas-vindas de Rivalo de até R$ 777, o melhor do mercado!

Como acontece desde 2003, o torneio é disputado no sistema de pontos corridos. Os 20 participantes farão 38 partidas – ida e volta. Ao final, quem estiver no topo da tabela de classificação leva a taça.

Há ainda farta distribuição de vagas em outros torneios. Os quatro primeiros colocados terão lugar assegurado na etapa de grupos da Copa Libertadores de 2020. Quem ficar na quinta ou sexta posição também poderá chegar lá, mas terá que passar, antes, pelas eliminatórias. Os seis primeiros ainda asseguram o direito de começar na disputa da Copa do Brasil de 2020 a partir das oitava de final. Quem termina entre o sétimo e o décimo segundo lugares terá direito a disputar a próxima edição da Copa Sul-Americana.

O desempenho recente do Athletico Paranaense

O Furacão decidiu seguir um caminho diferente de todos os demais clubes do país. Ignora completamente o campeonato estadual, que disputa com uma equipe de aspirantes, e se prepara com maior afinco para o restante da temporada.

Em 2018, a estratégia deu resultados. O rubro-negro faturou o estadual com seu time sub-23, superou as dificuldades iniciais que teve no Brasileirão chegando ao final do torneio em situação tranquila e, principalmente, coroou a temporada com a conquista da Copa Sul-Americana.

Em 2019, a repetição da estratégia começou com resultados ainda mais promissores. Os aspirantes do Furacão levaram o bi no estadual e o time principal, que realizou somente cinco jogos oficiais na temporada, agora na Copa Libertadores, já assegurou, com uma rodada de antecedência, a classificação para as oitavas de final da competição. Foram três vitórias e duas derrotas. Um dos sucessos foi o histórico 3 a 0 aplicado no Boca Juniors na Arena da Baixada.

Diante desse planejamento, as 15 partidas agendadas para os próximos 15 dias não são capazes de assustar o técnico Thiago Nunes, que mesmo pouco depois de um jogo na altitude de Cochabamba, a derrota para o Jorge Wilstermann, por 3 a 2, na terça-feira, 23 de abril, deverá colocar o time titular em campo contra o Vasco.

Algumas mudanças, no entanto, devem ser feitas. O zagueiro Thiago Heleno, que costuma ter dificuldades na altitude e, por isso, não viajou para Bolívia, deverá retomar seu lugar entre os titulares ocupando a vaga que foi de Paulo André.

Lucho Gonzales, em recuperação de lesão, é dúvida. Terá que passar por nova avaliação, mas a tendência é que siga de fora. Léo Cittadini e Tomás Andrade disputam a vaga. O lateral-direito Madson, machucado, continua de fora.
Camacho e Rony, com maios desgaste físico, podem ser relacionados para o banco. Nesse caso, os substitutos seriam, respectivamente Wellington e Marcelo Cirino. O provável time para partida é Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho (Wellington) e Bruno Guimarães; Nikão (Braiam , Tomás Andrade (Léo Cittadini) e Rony (Marcelo Cirino); Marco Ruben.

A forma atual do Vasco

Se o rubro-negro paranaense adota um papel inovador na preparação para o Brasileirão, o Vasco segue na idade das trevas. Ao ser derrotado na final do Campeonato Carioca para o Flamengo, por 2 a 0, placar das duas partidas decisivas, a diretoria do clube recorreu ao mesmo expediente de sempre: demitiu o treinador. O mais ridículo foi o papel do presidente Alexandre Campelo. Afirmou que gostava do trabalho de Alberto Valentin, mas que a pressão nas mídias sociais era grande por sua dispensa. Ou seja, admitiu que o clube era administrado por posts no Facebook.

Com Marcos Valadares, técnico das divisões de base do clube e responsável por bons trabalhos nas categorias inferiores de Fluminense e Palmeiras, o Vasco fez um bom papel na quarta-feira, 24 de abril, no jogo de volta contra o Santos pela quarta fase da Copa do Brasil. Em São Januário, venceu por 2 a 1. Mas não levou. Como havia perdido, por, 2 a 0, o jogo de ida, foi eliminado da competição.

Porém, sofreu duas baixas na partida. O zagueiro Leandro Castan e o goleiro Fernando Miguel deixaram o gramado ainda no primeiro tempo com lesões e não terão condições de atuar neste domingo na Arena da Baixada.

Os problemas, no entanto, não se limitam às quatro linhas. O atacante Rildo, sem receber os pagamentos de um acordo trabalhista que fez com o clube, rescindiu seu contrato com o cruzmaltino e tenta receber R$ 1,7 milhão em atrasados. Foi o segundo a abandonar o barco. Antes mesmo da final do Campeonato Carioca, Thiago Gallardo teve seu contrato rescindido. Teria participado de um movimento para cobrar pagamento de salários atrasados.

Nessa bagunça administrativa, o Vasco não conseguiu encontrar um nome para substituir Valentin. Dessa maneira, Valadares segue no cargo neste domingo. O time provável para partida é Alexander, Cáceres, Werley, Ricardo e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro e Lucas Santos (Bruno César); Pikachu, Maxi López e Marrony

Prognóstico final para Athletico Paranaense x Vasco

Com aproveitamento de 100% na Arena da Baixada na Libertadores, o Athletico Paranaense faz com que o prognóstico em sua vitória seja a melhor opção para o encontro deste domingo com o Vasco pela jornada inaugural da edição 2019 da Série A do Campeonato Brasileiro.

Prognóstico Athletico Paranaense x Vasco:

Cotação de 1,60* na plataforma de apostas esportivas de Betfair.

*A cotação estava disponível às 15h15 de 26/4/2019