Odds are subject to change. Last updated 03/07/2021 18:58.
Assine a nossa newsletter para receber palpites, novidades e ofertas no seu e-mail

As informações e o palpite para América-MG x Santos

Um pouco mais aliviado após ter conseguido vencer pela primeira vez na edição 2021 do Brasileirão e ter deixado a zona do rebaixamento, o América-MG recebe o Santos neste sábado, 3 de julho, em confronto que faz parte da programação da nona jornada da Série A do Campeonato Brasileiro. O encontro terá como palco o estádio Independência, em Belo Horizonte. A previsão é de que a bola comece a rolar às 19h (horário de Brasília).

Como funciona a Série A do Brasileirão

A Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro adota desde 2003 o mesmo regulamento. Os times disputam partidas de ida e volta. Ao final das 38 rodadas previstas, quem somar mais pontos leva a taça. Os quatro últimos colocados são mandados para a Série B, a Segunda Divisão. Há ainda uma farta distribuição de vagas em competições internacionais.

Só para a Copa Libertadores da América são seis lugares. Os quatro primeiros colocados vão diretamente para o estágio de grupos do torneio. Quem fica no quinto ou sexto postos pode chegar lá, mas tem, antes, que passar pelas eliminatórias. Os clubes que terminam entre a sétima e a décima segunda posição seguem para Copa Sul-Americana, entrando diretamente na segunda fase da competição, o estágio de grupos. O bloco pode até ser estendido. Dependendo dos campeões das atuais edições dos torneios internacionais e da Copa do Brasil, que dá vaga direta na Libertadores, é possível que a zona de classificação para competições continentais chegue até o décimo quinto colocado. Os quatro últimos são rebaixados para Segunda Divisão (Série B).

O desempenho recente do América-MG

Após quase dois meses sem vitória, o América-MG quebrou um jejum que atingiu 11 partidas (sete empates e quatro derrotas) na quarta-feira, 30 de junho. Em Salvador, superou o Bahia, por 4 a 3. A sequência negativa começou ainda no Campeonato Mineiro e contou com jogos da Copa do Brasil. Forçou a demissão do técnico Lisca. Acabou na terceira partida sob a direção de Vagner Mancini.

Foi o primeiro sucesso do Coelho em seu retorno à divisão de elite do futebol nacional em jogo que o time, que contou com posse de bola por 29% do tempo, criou menos oportunidades de finalização do que os donos da casa (16 a 20). No entanto, foi superior nos arremates certos (8 a 7). Chegou a abrir frente de 4 a 1 no marcador. Levou dois gols nos acréscimos da etapa final, sem ter tido tempo sequer para levar sufoco nos últimos segundos.

Chegou, assim, aos seis pontos (uma vitória, três empates e quatro derrotas). Suficiente para subir para décima sexta posição na tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro. É o primeiro posto fora da região da degola. O América-MG está um ponto acima do São Paulo, décimo sétimo colocado, que abre a zona de rebaixamento. Como mandante, mantém o mesmo padrão de desempenho. Também é o quinto pior no ranking dos donos da casa do Brasileirão. Dos 12 pontos que disputou na condição de coluna um, ganhou três (três empates e uma derrota). Fez dois gols e sofreu três. Mancini deve repetir neste sábado a escalação do encontro diante do Bahia. O provável time é Matheus Cavichioli, Eduardo, Anderson Jesus, Eduardo Bauermann, João Paulo; Zé Ricardo, Juninho Valoura, Marcelo Toscano, Felipe Azevdo, Ribamar e Rodolfo.

Provável escalação do América-MG

 

América-MG na temporada atual

últimos jogos
07/24 202124/0722:00
07/24 202124/07
1-1
-
07/20 202120/0701:00
07/20 202120/07
0-1
-
07/11 202111/0700:00
07/11 202111/07
0-1
-
07/07 202107/0723:00
07/07 202107/07
4-0
-
07/04 202104/0700:00
07/04 202104/07
2-0
-

A forma atual do Santos

Camisa Schalke 04 Bundesliga

O Santos também teve seu compromisso na jornada anterior na quarta-feira, 30 de junho. Atuando na Vila Belmiro, não saiu do 0 a 0 diante do Sport. Controlando a posse da pelota por 67% do tempo, criou quase o dobro de oportunidades para arremate (14 a 8). No entanto, faltou qualidade na hora da finalização. Somente um dos tiros foi na direção certa, facilitando o trabalho defensivo do rubro-negro, que acertou dois de seus arremates no alvo.

Se faltou bola na rede, houve a confirmação da eficiência defensiva. Em três das últimas quatro partidas o Peixe não teve sua defesa vazada. Chegou, assim, aos 12 pontos (três vitórias, três empates e duas derrotas). Figura na sétima posição na tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro, quando já considerados os critérios de desempate, uma vez que Flamengo (sexto) e Juventude (oitavo) apresentam a mesma pontuação.

Como visitante, todavia, o desempenho do Santos é muito inferior. O time comandado pelo técnico Fernando Diniz é o segundo pior no ranking desse quesito do Brasileirão. Dos nove pontos que disputou na condição de coluna dois, colheu um (um empate e duas derrotas). Para o encontro deste sábado, o treinador poderá contar com o retorno de seu principal atacante. Marinho, que ficou fora do duelo com o Sport devido à suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos, volta a ter condições de atuar. O goleiro John, em processo de recuperação de lesão no joelho, segue como dúvida. O volante Alisson, também aos cuidados do departamento médico, já foi vetado. O provável time para o encontro é João Paulo (John); Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani (Carlos Sánchez); Marinho, Kaio Jorge e Marcos Guilherme.

Provável escalação do Santos

 

Santos na temporada atual

últimos jogos

Estatísticas de ambos os times

Prognóstico e palpite final para América-MG x Santos:

O América-MG mostrou clara evolução ofensiva, mas perdeu muito sua força na marcação com a troca de comando. Mais equilibrado, o Santos tem o prognóstico em seu sucesso o palpite indicado para o confronto deste sábado pela nona rodada do Brasileirão 2021.

Prognóstico e palpite final para América-MG x Santos:


Promoções

Bônus para Apostas

Dicas de aposta