Diariamente as casas de apostas apresentam milhares de oportunidades para palpites. Eles podem ser disparados em dezenas de modalidades esportivas, nos mercados econômicos, em bilhetes que levam em consideração eventos políticos e ainda nas indústrias da música e do cinema. Isso quando não são disponibilizados tíquetes que podem ser classificados como peculiares que abrem a chance de ganhar dinheiro adivinhando datas de casamentos, sexo dos bebês da família real britânica, condições climáticas de determinada localidade, entre tantas outras opções. Isso faz com que um bom site de jogos online ofereça a cada dia ao menos 30 mil opções para a criação de cupons de apostas.

Para alguns bookmakers, contudo, esse imenso volume de mercados parece ainda não ser suficiente. Casas como Rivalo, por exemplo, ainda criam para seus usuários jogos fictícios, onde apresentam a chance de obter lucros ainda maiores que nos eventos reais. Eles não devem ser confundidos com os “esportes virtuais” ou mesmo “e-sports”, onde as partidas são definidas através de computador. Ainda que sejam ‘virtuais’, o resultado é conhecido dentro das quatro linhas.

Os jogos virtuais são decididos em campo, não nos computadores

Logo, a definição do sucesso ou do fracasso depende do conhecimento de futebol ou qualquer outra modalidade incluída nesses confrontos ficcionais. Na prática, trata-se de mais uma opção para obter lucros que muitas vezes são potencialmente maiores do que aqueles apresentados nos jogos de verdade.

Lucros geralmente superam a casa de 100%

Isso porque nos confrontos virtuais a casa de aposta busca criar duelos que oferecem um equilíbrio maior e isso, naturalmente, acaba sendo refletido através de cotações que raramente oferecem lucro inferior a 100%.

Isso pode ser visto, por exemplo, em partida em que há um favorito como Monaco x Montpellier, pelas semifinais da Copa da Liga da França, e Southampton x Brighton, pelo Campeonato Inglês.

Na plataforma de Rivalo para eventos reais, Monaco e Southampton são indicados como maiores candidatos para vencer as partidas com cotações de, respectivamente, 1,75 e 1,70 para cada real investido. Para garantir um maior equilíbrio e proporcionar lucros compatíveis com essa possibilidade, os times são colocados frente a frente no setor apelidado de “special”, onde estão localizados os jogos fictícios.

Nesse caso, o prêmio para sucesso do Monaco sobre de 1,75 para 2,35 e o do Southampton, que é de 1,70 na ‘vida real’, passa a ser de 2,50 no ‘mundo da fantasia’. Contudo, apesar de fictício, o duelo permite ganho de dinheiro de verdade. Não se trata de promoções ou retorno em forma de bônus.

Ferramenta garante realização de clássicos com maior frequência

Tal ferramenta é bastante utilizada para a criação de “clássicos virtuais” transformando jogos de menor apelo e que não oferecem prêmios dos mais interessantes em duelos que chamam a atenção não apenas pelo confronto, mas também pelos lucros potenciais muito mais saborosos.

Equilíbrio na disputa eleva as cotações oferecidas!

Vejamos um exemplo 100% Premier League. Em sua vigésima quinta rodada da temporada atual, a competição oferece em sua tabela os jogos envolvendo Chelsea x Bournemouth e Manchester City x West Bromwich Albion. Nos dois casos há amplo favoritismo dos donos da casa. Quando isso acontece, as cotações para o caso de sucesso desses times acabam sendo relativamente baixas.

Porém, entre os jogos virtuais, há o clássico Manchester City x Chelsea, com potencial lucrativo maior. O sucesso do City diante do WBA tem prêmio de 1,12. Porém, caso os azuis de Manchester consigam fazer mais gols em seu adversário da vida real do que os azuis de Londres no Bournemouth, sua vitória será recompensada por retorno de 1,95.

O sucesso do Chelsea, que nas quatro linhas está cotado com 1,30, sobe para 2,80 quando é levado em consideração o duelo de faz de conta promovido pela casa de apostas. Obviamente, tal aposta envolve um risco maior. Contudo, analisando-se os riscos envolvidos nos confrontos reais, ainda que tal critério seja subjetivo, as possibilidades de ganhos com palpites nos “jogos virtuais” aparecem como uma opção bastante interessante para investimento.

Riscos podem ser reduzidos em ‘apostas virtuais coletivas’

Há, no entanto, a possibilidade até mesmo de reduzir os riscos de palpites nesses mercados especiais. Tal objetivo é atingido com o que pode ser apelidado de “apostas virtuais coletivas”. Nesse caso, não se depende apenas do rendimento ofensivo de duas equipes, mas de um conjunto significativamente maior de times.

Seguindo a linha do mesmo exemplo dado acima, o que envolve a rodada do Campeonato Inglês, a casa de apostas coloca em seu setor de jogos virtuais uma partida que tem de um lado todos os times mandantes e de outro todas as equipes visitantes.

Conheça nosso passo a passo para os tipos de apostas em futebol!

Dessa forma, para a definição desse duelo fictício são somados os gols de todos os times envolvidos na jornada e pagos prêmios em caso de os mandantes marcarem mais, de os visitantes serem mais eficientes e também na hipótese de empate caso a soma de tentos assinalados seja a mesma tanto para os times da coluna um quanto para os da coluna dois.

Mercados de ficção apresentam desdobramentos para aposta

Assim como acontece nos jogos reais, esses mercados de ficção não ficam restritos ao palpite no “vencedor 1 x 2”. Outras possibilidades de apostas e, consequentemente, de ganhos são abertas.

Nos duelos “simples”, por exemplo, é possível até mesmo marcar duplo (vitória do mandante ou empate, vitória do visitante ou igualdade ou mesmo qualquer resultado menos empate); fazer apostas com handicap, onde é dada uma vantagem ou desvantagem para um dos lados; e também no estilo acima/abaixo para o número de gols assinalados. Nesse caso, são somados os dois times envolvidos.

Quando há os confrontos coletivos envolvendo todos os mandantes contra os visitantes, as possibilidades são ainda maiores permitindo apostas em mercados como qual time marcará o primeiro gol, se todas as equipes balançarão a rede do adversário, se haverá um tento antes de um determinado minuto ou após o período estabelecido, entre outras opções.