Antes da competição, já dá para começar a analisar os favoritos Copa América 2021. Assim, fica ainda mais interessante acompanhar o torneio quando ele começar.

Dividida entre Colômbia e Argentina, a Copa América 2021 deve marcar a despedida de alguns craques. O maior de todos, certamente, é Lionel Messi, que deverá disputar pela última vez o torneio. Contudo, não é o único. O colombiano Falcão Garcia e o uruguaio Luis Suárez muito provavelmente também farão sua última participação na competição continental.

Naturalmente, desejam se despedir da competição em grande estilo, especialmente os dois primeiros, que ainda contarão com a possibilidade de atuar diante de seus torcedores. O Brasil deverá contar com o retorno de Neymar. O atacante não disputou a última edição do torneio por estar lesionado. Agora, possívelmente estará à disposição para defender o título conquistado em 2019, quando o Brasil sediou a Copa América.

dança dos favoritos já agita as casas de apostas visando o torneio que vai acontecer entre 13 de junho e 10 de julho de 2021. Então, quem ganha a Copa América 2021? A final da competição será no Estádio Metropolitano, em Barranquilla, na Colômbia.

Veja a seguir o cenário atual de acordo com as plataformas de apostas esportivas de bet365Sportingbet e Betfair para o mercado “Vencedor da Copa América 2021”. Aliás, vamos falar desde os maiores favoritos Copa América 2021 até as seleções que são zebras na competição.

 

Favoritos Copa América 2021 – Cotações*

Seleçãobet365Sportingbetbetfair
Argentina2.752.752.75
Brasil3.003.253.30
Colômbia6.005.506.00
Uruguai9.0010.0010.00
Chile13.0012.0012.00
Peru26.0023.0026.00
Paraguai34.0034.0041.00
Venezuela34.0034.0034.00
Equador51.0041.0041.00
Bolívia151.00101.00101.00
*Cotações atualizadas às 6h38 de 29/3/2021


Copa América favoritos: Argentina

A despedida de Messi e a chance de atuar em casa formam a dobradinha que oferece aos argentinos a esperança de quebrar um jejum na Copa América. Afinal, desde 1993 os ‘hermanos’ não levantam a taça. O comando segue nas mãos de Lionel Scaloni, um tampão que foi colocado no cargo de técnico após a demissão de Jorge Sampaoli, após o fracasso na Copa do Mundo da Rússia.

Aliás, Scaloni contrariou o popular ditado que diz que de onde nada se espera nada sai. Conseguiu, ao contrário de antecessores mais famosos, domar uma série de estrelas e fazer o time evoluir, apresentando um sistema tático minimamente organizado. Assim, não à toa, a seleção argentina chega liderança a lista de favoritos Copa América 2021 antes da competição iniciar.

bet365
2.75
Argentina campeã
Bet365

Copa América favoritos: Brasil

Brasil

O Brasil disputou a última Copa América sob intensa pressão e desconfiança, especialmente após perder Neymar às vésperas de sua estreia no torneio. Além disso, o Brasil foi o país-sede, o que aumentou ainda mais a expectativa. Entretanto, como aconteceu nas quatro edições anteriores em que recebeu o torneio continental, ficou com a taça no final. E isso mesmo sem sua maior estrela.

Porém, depois da competição, a equipe caiu de desempenho e obteve resultados muito abaixo das expectativas nos amistosos. Para a competição a ser realizada na Argentina/Colômbia, o técnico Tite muito provavelmente poderá enfrentar restrições na hora da convocação. Afinal, não se sabe como estará a situação mundialmente durante a Copa América 2021. Contudo, a Seleção Brasileira deverá contar com Neymar.

Betfair
3.30
Betfair

Copa América favoritos: Colômbia

Colômbia

A Copa América 2021 seria com a direção do técnico português Carlos Queiroz. Mas o comandante foi demitido no final de 2020 e Reinaldo Rueda assumiu o cargo. Na Copa América 2019, Queiroz assumiu o comando cima da hora e conseguiu fazer um bom papel. O time foi eliminado depois de apresentar aproveitamento de 100% na primeira fase e ir embora do Brasil sem perder. Só caiu na decisão por pênaltis contra o Chile, nas quartas de final.

Agora sob novo comando, os colombianos chegam após mais um ano de trabalho árduo e aprimoramento do sistema tático, que tem o sistema defensivo como centro das atenções. A meta, naturalmente, é o Mundial do Catar, em 2022. Mas, antes, a Colômbia tenta mostrar por que está entre os três principais favoritos Copa América 2021

bet365
6.00
Colômbia campeã
Bet365

Copa América favoritos: Uruguai

Uruguai

O Uruguai não vive seus melhores momentos atualmente, mas é sempre aquela equipe que todo mundo teme enfrentar. Afinal, os uruguaios são especialistas quando o assunto é Copa América: são os recordistas de títulos do torneio, com 15 ao todo. Entretanto, já vai fazer uma década desde o último troféu, que a ‘Celeste’ ergueu em 2011. Na ocasião, derrotou o Paraguai na decisão por 3 a 0.

Novamente sob a liderança do longevo Óscar Tabárez, que está à frente da seleção desde 2006, o Uruguai tenta surpreender. Afinal, não é cotado pelas casas de apostas entre os três principais favoritos. Contudo, está logo atrás. Vale lembrar que Tabárez trouxe o título da Copa América em 2011 e ainda ficou em quarto na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Assim, ‘El Maestro’ merece todo o respeito, apesar das campanhas recentes bem abaixo do esperado.

Sportingbet
10.00
Sportingbet

Copa América favoritos: Chile

Chile

Depois de quase 100 anos sem uma conquista, o Chile lavou a alma nos últimos seis anos. Afinal, faturou dois títulos em sequência da Copa América, em 2015 e 2016 (Copa América Centenário). Entretanto, o Chile tomou um choque de realidade na edição 2019 do torneio sul-americano. Reassumiu o papel de coadjuvante sob o comando do colombiano Reinaldo Rueda, contratado após o fracasso na tentativa de conquistar uma vaga no Mundial da Rússia 2018. Ou seja, não passou de um quarto lugar na Copa América 2019.

Rueda tentou promover uma renovação no elenco, mas acabou tendo que dar um passo atrás e não durou no cargo além de 2020. Agora, sob o comando do uruguaio Martín Lasarte, a seleção chilena tenta aproveitar seu elenco com nomes como o goleiro Claudio Bravo, o zagueiro Gary Medel e o atacante Carlos Palacios. Assim, o Chile quer mostrar que não será novamente o ‘patinho feio’.

bet365
13.00
Bet365

Copa América favoritos: Peru

Peru

Faltando mais de um ano para a Copa do Mundo do Catar e mesmo sem ainda ter garantido a classificação, se existe uma seleção que pode se dizer ‘pronta’ para o Mundial é a do Peru. Com o comando do argentino Ricardo Gareca e sem recursos humanos que permitam fazer muitas mudanças, a equipe está praticamente montada. Não tem muito mais o que mostrar.

Foi com essa base que atingiu a final da edição 2019 da Copa América, no Brasil, e vai se arrastando nos jogos amistosos apenas para aumentar o faturamento da federação local. Assim como o meio-campista Christian Cueva, um de seus astros, só joga quando quer. Entretanto, a seleção peruana tem outros nomes interessantes como o atacante Paolo Guerrero e o lateral Luis Advíncula.

Betfair
26.00
Betfair

Copa América favoritos: Paraguai

Paraguai

Dono de dois títulos da Copa América, nos longínquos anos de 1953 e 1979, o Paraguai só voltou a ter algum destaque na competição em 2011. Na ocasião, bateu na trave e ficou com o vice-campeonato ao perder para o Uruguai na final por 3 a 0.

Desde então, a seleção paraguaia teve como melhor resultado um quarto lugar em 2015. E nada mais. Então, agora sob o comando do argentino Eduardo Berizzo, ‘La Albirroja’ tenta voltar a incomodar pelo menos. Contudo, os paraguaios não estão nem de perto entre os principais favoritos. Chegam correndo muito por fora.

Betfair
41.00
Paraguai campeão
Betfair

Copa América favoritos: Venezuela

Venezuela

A Venezuela ‘queimou a largada’ no ciclo de preparação para Copa do Mundo do Catar. Ainda nas eliminatórias para Rússia 2018, quando a classificação virou uma missão impossível, resolveu fazer uma reformulação na comissão técnica colocando Rafael Dudamel no comando. A melhora foi imediata.

No entanto, havia um Galo no meio do caminho. O Atlético-MG tirou Dudamel da Venezuela no começo de 2020. Agora, para a Copa América 2021, ‘La Vinotinto’ chega com o português José Peseiro como técnico. E o torneio sul-americano será um dos primeiros testes para mostrar se a seleção venezuelana pode sonhar com algo mais significativo. E para, quem sabe, tentar fazer uma campanha melhor do que a de 2011, quando ficou na quarta colocação. Aliás, esta é a melhor participação da Venezuela na Copa América até hoje.

bet365
34.00
Venezuela campeã
Bet365

Copa América favoritos: Equador

Equador

Trocar de técnico tem sido uma constante no Equador. O time agora está agora com o argentino Gustavo Alvaro na sequência do ciclo de preparação para Copa do Mundo do Catar de 2022. Os treinadores mudam, mas, no final das contas, os jogadores acabam sendo os mesmos.

Uns podem até ser deixados de lado por um tempo, mas acabam sendo chamados novamente no primeiro tropeço. Não há material humano com qualidade suficiente para renovação. No final, muitas mudanças são feitas para tudo continuar na mesma. Dessa maneira, os equatorianos devem chegar novamente com nomes como o zagueiro Robert Arboleda, do São Paulo, para tentar algo. A tendência, contudo, é de um papel bem apagado na Copa América 2021.

bet365
51.00
Equador campeã
Bet365

Copa América favoritos: Bolívia

Bolívia

Quem costuma recorrer ao clichê de que não tem mais bobo no futebol certamente não costuma assistir aos jogos da seleção da Bolívia.

Pior time do continente sul-americano, a equipe parece se recusar a evoluir. Entra técnico, sai técnico e segue mostrando que está parada no tempo. Em outras palavras, com suas retrancas sem sentido e nenhuma saída para o contra-ataque. Nas Eliminatórias, às vezes, consegue, na altitude, ‘aprontar’ alguma surpresa. Sem seu ‘craque’, a chance de isso acontecer é minima. Aliás, falando em altitude, a seleção boliviana conquistou um título da Copa América em 1963, quando foi sede. Além disso, ficou com o vice em 1997, novamente como sede.

bet365
151.00
Bolívia campeã
Bet365

Leia mais sobre a Copa América 2021