sites-de-apostas.net

A Alemanha é uma das figurinhas carimbadas da história das Copas do Mundo e a seleção alemã é muito temida pelos adversários. Pensando nisso, trazemos aqui um resumo das principais participações da Alemanha nas Copas do Mundo, contando um pouco da jornada de um dos times mais tradicionais da Europa e do mundo.

Seja a Alemanha Ocidental, Seleção da Alemanha Oriental ou a atual Alemanha pós-guerra. Uma coisa é fato: a camisa germânica é pesada e os alemães tem uma história campeã no futebol.

O que será que que podemos esperar de uma das maiores seleções do mundo nesta próxima Copa do Mundo do Catar? O passado recente cheio de glórias e com um título atrás de outro fará os europeus chegarem a mais uma decisão de Copa?

Vamos conhecer mais sobre cada final que a Alemanha Ocidental chegou e os seus principais títulos.

Então, bora lá!


Conteúdo


Geral sobre a Alemanha em Copas do Mundo

A Seleção Alemã, juntamente da Itália, possui 4 títulos da Copa do Mundo (1954, 1974, 1990 e 2014) . Os bávaros participaram da competição 20 vezes e chegaram em 8 finais. Ou seja, a Confederação Alemã de Futebol tem uma história recheada de bons momentos e nós vamos contar essa trajetória para você.

Quando entra em campo, a Alemanha desperta a atenção, principalmente depois das últimas participações em Mundiais. Sempre com times muito competitivos, a expectativa é que os alemães, pelo menos, cheguem às oitavas de final.

A responsabilidade de vestir o manto germânico e ser campeão é um fardo que os jogadores da equipe alemã carregam em todos os Mundiais.

Mas e aí, que tal saber todos os títulos conquistados por essa seleção histórica?


Todos os títulos da Seleção Alemã (Alemanha Ocidental e Seleção da Alemanha Orienta)

Copa do Mundo

4 títulos: 1954, 1974, 1990 e 2014

Eurocopa – Euro

3 conquistas: 1972, 1980, 1996

Campeonato Pan-Americano

1 título:1960

Copa das Confederações

1 conquista: 2007

Jogos Olímpicos – Olimpíadas

Medalha de ouro: 1976

Medalha de prata: 1980 e 2016

Medalha de bronze: 1964, 1972 e 1988

Como você deve ter percebido, não importa qual seja a participação da Alemanha ( ou se foi a Alemanha Ocidenta ou a Seleção da Alemanha Oriental), é uma seleção campeã e que e com um futebol total focado em títulos.

Agora vamos vamos falar das conquistas de Copa do Mundo desta seleção tetra campeã.

Siga com a gente.


Conquistas de Copa do Mundo da Seleção da Alemanha

Aqui você vai conferir um resumo da participação da Alemanha em Copas em que foi campeã da Jules Rimet ou do atual troféu da Copa.

1954: o primeiro título

Depois da Copa realizada no Brasil em 1950 (depois da volta após a segunda guerra mundial), chegava a hora da Europa novamente sediar uma Copa, dessa vez na Suíça, um país que não sofreu tanto no pós-guerra.

Com um regulamente bastante confuso, as seleções foram divididas em grupos e a grande sensação daquele Mundial era a Hungria, que, inclusive, venceu o Brasil nas oitavas de final, bateu a Suécia nas quartas de final e bateu o Uruguai nas semifinais.

Do outro lado, uma Alemanha Ocidental que estava se reconstruindo e que foi surpreendo dentro as seleções participantes. Com muito custo, os alemães chegaram à grande final da Copa de 1954. E sim, os alemães eram zebra.

A grande decisão da Copa de 1954

Nos jornais, todas as notícias colocavam a Seleção da Alemanha Ocidental como zebra. Claro, o time húngaro era muito forte e com um desempenho surpreendente naquela Copa tinha um time para conquistar o título.

No entanto, o futebol sempre nos prega peças. A Hungria começou o jogo da finalíssima com tudo, aplicou 2 a 0 nos alemães e o título parecia assegurado.

Mas a Alemanha conseguiu empatar e virar o jogo, conquistando seu primeiro título entre os 4 que tem em sua galeria de troféus de Copas do Mundo. A Suíça fico mais alemã.

A seleção alemã campeã campeã era composta por: Toni Turek, Werner Kohlmeyer, Horst Eckel, Jupp Posipal, Karl Mai, Werner Liebrich, Helmut Rahn, Max Morlock, Ottmar Walter, Fritz Walter e Hans Schaefer.


O bi de 1974

Nesta Copa a Alemanha sediou a competição e tinha praticamente a obrigação de conquistar o título dentro da sua própria casa.

Com um país ainda sendo reconstruído após sofrer as consequência da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha utilizaria de Berlim e Munique como sedes para conseguir uma boa colocação no Mundial.

Mas eram duas as Alemanhas nesta Copa. A Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental. Nesta época ainda não tinha Alemanha reunificada. A Alemanha Oriental já ficou pelo caminho segunda fase de grupos, ficando atrás de Holanda e Brasil.

Classificadas em primeiro lugar de cada grupo, os alemães fariam a decisão daquela edição da Copa diante da forte seleção da Holanda.

Histórica decisão contra a Holanda

Mais uma vez a seleção alemã não era favorita a conquistar o troféu. Com um futebol muito envolvente, a Laranja Mecânica chegou com tudo e a opinião dos especialistas da época colocava o time do jogador Johan Cruyff como favorito.

Entretanto, nesta final emocionante, brilhou a estrela de Muller e Beckenbauer, faturando o caneco e quebrando o jejum de 20 anos. A vitória recolocava a Alemanha de volta ao cenário máximo do futebol mundial, afastando qualquer crise econômica e problemas que o país sofria na época.


O tri em 1990 diante da Argentina

16 anos depois de conquistar o bi, a Seleção da Alemanha queria mais um título para encostar na Itália e Brasil como recordista de edições vencidas. Em uma Copa do Mundo de baixo nível técnico, os alemães foram sólidos e conquistaram o tricampeonato.

Dessa, vez, a Seleção da Alemanha reunificada, conquistou sua primeira classificação nas Eliminatórias sendo uma seleção única. Isso uniu o país e entrou para a história do futebol mundial.

Na fase de grupos, notava-se um destaque da Alemanha e Argentina, que com craques como Maradona e Matthäus despontavam. Dito e feito. Ambas as seleções fizeram a final de poucos gols e de muito contato físico.

Final da Copa de 1990

Qual era a camisa mais pesada em 1990? Isso seria decidido em campo e qualquer lance poderia ser definitivo para o título.

Na final em Munique, ambas as equipes tinham jogadores que poderiam fazer a diferença. O menu de craques era vasto.

De camisa branca, calção preto e meias brancas, a Alemanha vencer a partida da final contra a Argentina pelo placar mais magro do futebol. 1 a 0, gol de Brehme, aos 85 minutos, de pênalti. Era o tri da equipe alemã, igualando seus principais rivais no futebol.


2014: o Tetra e a humilhação brasileira

Em 2014, na Copa realizada no Brasil, a Alemanha veio com uma seleção muito forte e consistente. Um time que tinha jogadores que há vários anos jogavam juntos. Essa união fez a diferença e foi nesta Copa que o houve um dos maiores massacras já vistos nos esportes: o 7 a 1.

Com uma primeira fase bastante consistente, os alemães encararam a Argélia nas oitavas de final e em um jogo bastante disputado, garantiram a vaga nas quartas de final. Nas quartas de final, 1 a 0 em cima da França em um jogo bastante disputado e que a vitória veio nos minutos iniciais do jogo.

Agora vamos falar do fatídico 7 a 1 e para isso merecemos um tópico extra.

O baile no Mineirão

“Lá vem eles de novo”. Com o uniforme reserva, a Alemanha e Brasil se enfrentavam pela semifinal da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte. Em campo, duas seleções recheadas de boas peças e que se encontravam em Copas após a grande final de 2002, onde a Canarinho levou a melhor.

No entanto, naquele dia 8 de julho de 2014, o que poderia ser glória para os brasileiros se tornou a maior decepção da história da Seleção Brasileiras em edições de Copa do Mundo.

A Alemanha encerrou a participação do Brasil na Copa de 14 com um 7 a 1 histórico. Sem tomar conhecimento da Canarinho, os germânicos, em pleno solo brasileiro.

Tristeza nas ruas brasileiras. Seja em São Paulo, Porto Alegre ou em Manaus, o assunto era o 7 a 1 e a lavada de gols.

Novamente a Argentina na decisão

Repetindo o duelo de 1990, Alemanha e Argentina fizeram a grande finalíssima da Copa do Mundo de 2014.

Equipes cheias de boas peças e com jogadores de renome internacional. Em campo, um jogo bastante nervoso e que foi decidido em um lance que selou a vitória da seleção alemã. O gol de Gotze fez o time europeu conquistar seu quarto título na história, tornando-se uma das seleções mais vitoriosas do futebol.

Encerramos aqui o nosso resumo sobre a Alemanha na competição mais importante do futebol, esclarecendo como foram os quatro títulos e um resumo dos jogos.

Agora vamos falar sobre a próxima Copa do Mundo


A Alemanha para 2022 no Catar

Na Rússia, vexame. Agora, uma nova página pode ser escrita para dar lugar ao Mundial de 2018. A República Federal da Alemanha é sempre favorita e veio para os jogos deste Mundial sendo a cabeça de chave do Grupo E, onde deve passar sem nenhum problema para a segunda fase.

A Seleção da Alemanha vem para apagar o que fez na Rússia e quer uma participação mais sólida nesta edição da Copa do Mundo. Time tem para isso.

Jogando em casa, principalmente em Munique e Berlim, a Alemanha selou sua classificação nas Eliminatórias sem nenhum tipo de problema. Na nossa opinião, os germânicos devem ficar pelo menos entre os 8 melhores times, isso se não sair na foto e campeão.


Perguntas frequentes sobre a Alemanha em Copas do Mundo

Veja aqui quais são as principais perguntas feitas sobre a seleção alemã sobre suas participações em Copas do Mundo.

Quantos títulos a Alemanha tem de Copas do Mundo?

São quatro títulos até o momento. 1954, 1974, 1990 e 2014.

Depois do Brasil, quem tem mais títulos de Copa do Mundo?

Itália e Alemanha, ambas com 4 títulos cada.

Quando Alemanha Orienta e Alemanha Ocidental se uniram?

Foi na Copa de 1990.

Então, gostou de saber tudo uma das maiores seleções do mundo? Aqui no SDA você tem as melhores notícias sobre o Mundial, além de ter palpites exclusivos e uma série de informações que o tornam um apostador melhor.

Tudo que quiser sobre a Copa do Mundo, desde os jogos da fase de grupos, como das fases finais, basta acessar o nosso site e ter em mãos os melhores dados sobre a maior competição do mundo.

Portando, até a próxima!