O Flash Forum, ou a Ilha da Luta, nos Emirados Árabes Unidos, continua sendo a sede escolhida pelo UFC (Ultimate Fighting Championship) para seus eventos. Neste sábado, 3 de outubro, recebe o UFC on ESPN 16, que tem como principal atração um confronto feminino. No total, são 12 lutas a partir das 20h30 (horário de Brasília).

Sete combates fazem parte do card preliminar. Ele é formado por:

  • Carlos Condit x Court McGee – Peso meio-médio
  • Charles Jourdain x Joshua Culibao – Peso pena
  • Kyler Phillips x Cameron Else – Peso galo
  • Jordan Williams x Nassourdine Imavov– Peso médio
  • Loma Lookboonmee x Jinh Yu Frey – Peso palha
  • Casey Kenney x Heili Alateng – Peso galo
  • Luigi Vendramini x Jessin Ayari – Peso leve

O main card, que conta com os encontros mais importantes, não terá início antes das 23h30. Veja abaixo o prognóstico os demais enfrentamentos do card principal.

Palpite: Holly Holm x Irene Aldana

Holly Holm
Holm tenta reviver seus dias de glória no mma (© imago images / ZUMA Press)

Categoria: Peso galo

Palpite: Norte-americana de 38 anos, Holly Rene Holm já foi uma superestrela das artes marciais mistas. Teve seu ápice quanto derrotou o mito Ronda Rousey e ganhou o cinturão da categoria galo. Mas isso aconteceu em novembro de 2015. O fato da ‘Filha do Pastor’, como é apelidada, ainda figurar em um combate principal mostra seu prestígio, ainda que os resultados recentes não mais sustentem esse rótulo. Ex-lutadora de boxe e kickboxing, ela fez 18 lutas como profissional no MMA. Foram 13 vitórias, sendo oito por nocaute e cinco por pontos. Das cinco derrotas, uma foi por nocaute, uma por finalização e três por decisão dos juízes. Dos oito duelos mais recentes, deixou o octógono derrotada em cinco ocasiões. Todavia, ganhou a luta mais recente. Foi no UFC 246. Superou a Raquel Pennington, por decisão unânime, em Las Vegas, em janeiro passado.

Irene Aldana, de 32 anos, é mexicana. Atua profissionalmente desde 2012. Fez 17 lutas desde então. O currículo não é dos mais impressionantes. Ganhou 12 combates. Seis por nocaute, três por finalização e três por pontos. Das cinco derrotas, duas foram por nocaute e três por decisão dos juízes. Apresenta, todavia, uma trajetória de ascensão. Foram cinco vitórias nos últimos seis combates. A mais recente no UFC 245. Nocauteou a brasileira Ketlen Vieira, até então invicta, no primeiro assalto em dezembro do ano passado.

As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 01/10/2020 07:59.

Palpite: Yorgan de Castro x Carlos Boi

Yorgan de Castro
Castro teve sua invencibilidade quebrada na última luta (© imago images / AAP)

Categoria: Peso pesado

Palpite: Yorgan de Castro, de 33 anos, é natural de Mindelo, em Cabo Verde. É ainda um novato no MMA. Começou sua carreira em 2018. Foram somente sete lutas. Venceu as seis primeiras (cinco nocautes e uma decisão por pontos) e perdeu a mais recente. No UFC 249, realizado em Jacksonville (Flórida, Estados Unidos), em 9 de maio deste ano, foi batido por decisão unânime dos juízes por Greg Hardy.

Baiano de Feira de Santana, Carlos Felipe, o Carlos Boi, de 25 anos, também tem uma carreira relativamente curta nos octógonos. Foram nove combates. Ganhou oito deles, sendo seis nocautes e dois sucessos por decisão dos juízes. A única derrota foi determinada por pontos. Aconteceu também em seu combate mais recente, no UFC Fight Nigh 172, em julho deste ano, contra Sergey Spivak.

As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 01/10/2020 07:59.

Palpite: Germaine de Randamie x Julianna Peña

Germaine de Randamie
Germaine ficou de pé no duelo contra o mito Amanda Nunes, mas não levou o cinturão (© imago images / ZUMA Press)

Categoria: Peso galo

Palpite: A holandesa Germaine de Randamie, de 36 anos, já atuou também na categoria penas, além de ter disputado 46 lutas de kickboxing. No MMA, foram 13 combates. Ganhou nove, sendo quatro por nocaute e cinco por pontos. Das quatro derrotas, duas aconteceram por pontos, uma por nocaute e uma por finalização. Seu último duelo foi contra a brasileira Amanda Nunes valendo o cinturão da categoria, um dos dois sob controle da ‘Leoa’. Conseguiu resistir até o final, mas foi batida por decisão unânime dos jurados no UFC 245, em Las Vegas, em dezembro do ano passado.

Julianna Nicole Peña, de 31 anos, é norte-americana. Atua profissionalmente desde 2009. Disputou 12 lutas. Venceu nove, sendo três por nocaute, três por finalização e três por pontos. Das três derrotas, uma foi por pontos, uma por finalização e uma por nocaute. Entrou em ação pela última vez no UFC Fight Night de Sacramento (Califórnia, Estados Unidos), em julho do ano passado. Superou a Nicco Montaño por decisão unânime dos juízes.

As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 01/10/2020 07:59.

Palpite: Roman Kopylov x Tom Breese

Categoria: Peso médio

Palpite: Roman Kopylov, de 29 anos, é russo e conta com nove lutas em seu cartel. Foram oito vitórias. Aplicou sete nocautes. O outro sucesso foi por pontos. A única derrota aconteceu por finalização. Foi justamente em seu combate mais recente. Karl Roberson foi o responsável por acabar com sua invencibilidade no UFC Fight Night 163, em novembro do ano passado, no terceiro assalto.

Tom Breese, de 28 anos, é inglês e também tem combates na categoria meio-médio na carreira iniciada em 2010. Conta com 13 lutas em seu currículo. Ganhou 11 delas. Foram quatro nocautes, seis finalizações e um sucesso por pontos. Das duas derrotas, uma aconteceu por nocaute e outra por pontos. As duas foram registradas em suas três lutas mais recentes. A última vez que esteve em ação foi no UFC Fight Night de Norfolk (Virginia, Estados Unidos), em fevereiro deste ano. Foi superado por Brendan Allen por nocaute técnico no primeiro assalto.

Tom Breese
Roman Kopylov
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 28/09/2020 13:31.

Palpite: Dusko Todorovic x Dequan Townsend

Categoria: Peso médio

Palpite: Dusko Todorovic, de 26 anos, é sérvio e segue invicto em sua carreira iniciada em 2015. Venceu todos os nove combates que realizou, sendo cinco por nocaute, três por finalização e um por pontos. A última vez que esteve em ação foi no Dana White´s Contender Series Season 3. No episódio dez, superou a Teddy Ash por decisão unânime dos juízes na primeira oportunidade em que não encerrou um duelo antes do final.

Dequan Townsend, de 34 anos, é norte-americano. Tem um cartel bem mais extenso. São 32 combates. Ganhou 21, sendo 12 nocautes, cinco finalizações e quatro sucessos por pontos. Deixou o octógono derrotado em 11 ocasiões, sendo um nocaute, uma finalização e nove definições através de notas dos jurados. Perdeu os três duelos mais recentes. O último deles para Devin Clark, por decisão unânime dos juízes, no UFC Fight Night de Rio Rancho (New Mexico, Estados Unidos), em fevereiro deste ano.

As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 01/10/2020 07:59.

Promoções

Dicas de aposta