• Nascido no Camarões, Embolo marcou o gol suíço
  • Próxima adversária do Brasil largou na frente do grupo
  • Camarões pega a Sérvia na próxima rodada da Copa

A Suíça não mostrou tanta superioridade na partida, mas garantiu os três pontos e confirmou o favoritismo ao vencer Camarões por 1 a 0, nesta quinta-feira, em partida válida pela abertura do Grupo G da Copa do Mundo. A próxima adversária do Brasil na competição, passou aperto, principalmente na primeira etapa, contudo, Sommer conseguiu garantir a igualdade no placar. Na segunda etapa, Embolo, nascido em Camarões, mas naturalizado suíço, marcou o gol que deu a vitória a equipe europeia.

A vitória colocou a Suíça na frente do Grupo G, o mesmo de Brasil e Sérvia, que jogam nesta quinta-feira e completam a rodada. Então, na próxima segunda, a Suíça encara o Brasil, enquanto Camarões duela contra a Sérvia. Vale lembrar que com os três pontos, a Suíça joga contra a Seleção Brasileira e pode, inclusive, se classificar, em caso de vitória sobre a equipe do técnico Tite.

Primeiro tempo fraco

O primeiro tempo foi difícil de ver. A Suíça, favorita da partida, ficou com a bola na maioria do tempo, mas não sabia exatamente o que fazer com ela. Shaqiri e Xhaka, principais meias de criação da seleção, pouco faziam, foram muito bem marcados. Desta forma, Sommer, que se recuperou recentemente de lesão, foi o destaque dos suíços. Isso porque as melhores chances foram de Camarões. Com velocidade e organização, a seleção africana criou muitas chances na primeira etapa.

Logo aos nove minutos, Mbeumo fez Sommer trabalhar. Na sobra, Ekambi chutou por cima. Minutos depois foi a vez da estrela Choupo-Moting chegou de frente para o arqueiro suíço, mas acabou chutando para fora. Então, nesse ritmo, Camarões foi perdendo mais chances de marcar, como aos 29 com Hongla. Sommer, mais uma vez, conseguiu salvar a nação suíça. Em sua única chance criada no primeiro tempo, a Suíça desperdiçou com Akanji, que cabeceou para fora. Para uma seleção favorita para o jogo, a Suíça ficou devendo.

Gol camaronês para a Suíça

A segunda etapa começou com uma forte pressão da Suíça. Deu a impressão que tudo que deixou de fazer no primeiro tempo, seria feito no segundo. E deu certo. Log aos dois minutos, Freuler recebeu livre pelo meio e aciona a estrela Shaqiri pela direita. Ele cruza de primeira. A bola chega em Embolo, que completamente livre na pequena área, chuta para o gol de primeira. Era o gol da Suíça marcado por um camaronês. Isso porque o jogador é nascido no país africano, mas se naturalizou suíço. Inclusive não houve comemoração em respeito à sua terra natal.

A partir daí, o jogo ganhou outros contornos. Mais aberto e com mais lances de perigo. Hora Camarões chegava e parava em Sommer, hora a Suíça tentava ampliar o placar, e parava no arqueiro Onana, que fez uma ótima partida. Embolo perdeu grande chance, que o arqueiro africano fez grande intervenção. Portanto, o gol da Suíça desequilibrou a partida. Camarões não conseguiu mais chegar com eficácia e a Suíça acabou não conseguindo ampliar. Por fim, Suíça vence e não convence.

https://twitter.com/FIFAWorldCup/status/1595748252892205056