• Volante Andrey foi o grande nome do jogo desta quinta
  • Vasco agora está a sete pontos do líder Cruzeiro
  • Alex Teixeira foi regularizado e está liberado para a estreia

O Vasco passeou e venceu o CRB, em São Januário, por 4 a 0, na noite desta quinta-feira, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Andrey (2), Raniel e Eguinaldo fizeram os gols do confronto. Vale destacar a atuação de Andrey, uma vez que o camisa 8 foi o grande nome do jogo. Eguinaldo também vale o registro: marcou o seu primeiro gol como profissional.

A partida começou com um amplo domínio do Vasco, que abriu o placar logo cedo. Aos três minutos, Andrey, de cabeça, marcou para os donos da casa. Sem deixar o CRB respirar, foi criando chances. Contudo, a equipe tomou um susto quando Anselmo Ramon empatou o jogo. Mas o VAR constatou uma jogada irregular e anulou o tento. Poucos minutos depois, Raniel ampliou o placar. O gol deixou o Vasco mais tranquilo, o que resultou em mais gols na segunda etapa.

A segunda etapa começou com um chute de fora da área do CRB, mas nada que assustasse o arqueiro vascaíno. O ritmo do, então, Vasco seguiu forte e, aos seis, fez o terceiro e matou o jogo. Andrey, mais uma vez, ao pegar uma sobra de Raniel e chutar cruzado. Com o resultado nas mãos, o jogo caiu de produção. A partida já caminhava para o final, quando o jovem Eguinaldo chutou da entrada da área e fechou o placar. A partida terminou logo depois: 4 a 0 no placar.

Com a vitória, o Vasco voltou para a vice-liderança, a sete pontos do líder Cruzeiro. Já o CRB permaneceu na oitava colocação, com 28 pontos.

Alex Teixeira é regularizado e estreia domingo

O atacante Alex Teixeira teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, na tarde desta quinta e está regularizado para fazer a sua reestreia com a camisa do Vasco. A equipe pega a Chapecoense, no próximo domingo, em São Januário. A torcida promete uma grande festa, uma vez que todos os ingressos para o duelo foram vendidos.

O Vasco estava impedido de inscrever jogadores por conta de uma dívida de R$ 1,4 milhão com o técnico Ricardo Sá Pinto e seus auxiliares. Contudo, a liberação do Tranfer Ban, emitido pela Fifa foi conquistada depois da quitação do valor n última sexta-feira. O clube aguardava apenas a liberação da entidade.

Havia um temor nos corredores de São Januário em torno do prazo para inscrições de jogadores. Por conta disso, o clube comemorou a regularização do atacante. O departamento jurídico e Rodrigo Eduardo, responsável do clube pelos registros, agiram rapidamente e conseguiram concluir o planejamento traçado para Alex Teixeira.