• Equipe que tem Ronaldo como dono deve ser campeã
  • Raposa sobrou na partida desta quarta e no campeonato
  • Filipe Machado, Edu Luvannor marcaram os gols do acesso

Demorou, mas chegou. O tão sonhado dia de voltar à Série A do Campeonato Brasileiro chegou na noite desta quarta-feira. Depois de participar três anos seguidos da segunda divisão, o Cruzeiro venceu o Vasco por 3 a 0, em um Mineirão lotado, e garantiu o seu retorno à elite do futebol brasileiro. Com a vitória, a Raposa chegou aos 68 pontos e, portanto, não pode mais ser alcançada pelo Londrina, hoje o quinto colocado. Filipe Machado, Edu e Luvannor marcaram os gols históricos do Cruzeiro.

Embora duas das mais tradicionais equipes do futebol brasileiro estivesse em campo nesta quarta, foi a festa e o jogo de um time só. Desde o primeiro minuto, o Cruzeiro mostrou postura e ímpeto que o deixaria mais perto da vitória e, com isso, do tão sonhado acesso. Tirando uma sequência de escanteios vascaínos nos primeiros minutos, o restante do tempo foi com a Raposa indo para cima. Portanto, rondando a área dos visitantes, o time da casa chegou ao primeiro gol. Filipe Machado chutando de fora da área, a bola ainda resvalou na defesa. A raposa ainda mandou uma bola na trave em cobrança de falta, mas na primeira etapa foi só.

Nada mudou na volta do intervalo. O time treinado pelo uruguaio Paulo Pezzolano seguiu em cima do Vasco e chegou ao segundo gol, com Edu, logo aos 14 minutos. Isso ocorreu depois de um belo lançamento e um passe primoroso para o atacante marcar se, goleiro. O artilheiro da temporada cruzeirense não poderia deixar de marcar neste jogo tão importante. Desta forma, o Vasco desanimou de vez.

Luvannor entra e sela a vitória

Depois de se entregar muito, Edu, cansado, deu lugar a Luvannor. Sem forças para lutar contra o adversário, o Vasco nada pôde fazer, apenas observava as chances que iam sendo criadas pelo time da casa. Conforme o tempo passava, o Mineirão, que teve o seu recorde de público na Série B, ia ficando cada vez mais ansioso para o apito final.

Então, quando o relógio já marcava 40 minutos, justo Luvannor, após receber cruzamento na área, marcou o terceiro do Cruzeiro e o último gol antes do acesso à elite. O estádio explodiu em festa. Era a Raposa comemorando a sua volta ao campeonato dos grandes. A vitória garantiu o acesso, mas não o título. Embora a distância para o vice-líder seja de 15 pontos, a meta da Raposa é a conquista do troféu. Então, próxima partida da equipe será contra a Ponte Preta, em Campinas, no próximo dia 28/09, uma quarta-feira para que seja sacramentado o título o quanto antes. Como foi esse acesso, um recorde na História da competição.

O Vasco, por sua vez, segue com 48 pontos na quarta colocação, com três pontos de vantagem sobre o Londrina, que ainda joga nesta rodada. Portanto, a próxima reserva o encontro das duas equipes, em São Januário. O jogo, marcado para quinta-feira, dia 29/09, ganhou contornos dramáticos pelas circunstâncias.

Agora dirigente, Ronaldo celebra acesso de pés no chão

Nos campos, foi o Fenômeno, agora como dirigente, tem conseguido bons resultados, tanto na Espanha, onde é um dos donos do Valladolid, quanto por aqui. Depois de conseguir o acesso da equipe de La Liga, Ronaldo consegue, em menos de um ano, levar o Cruzeiro, seu primeiro clube como profissional, de volta à elite. Após três anos e mais de 100 partidas do clube na Série B. Embora feliz e emocionado, o Fenômeno fez questão de lembrar que os problemas financeiros da Raposa estão longe de estarem sanados.

– Vamos comemorar hoje porque merecemos muito pelo trabalho que fizemos. Mas ainda temos muitos problemas financeiros, teremos dificuldades. Mas também temos um grupo muito talentoso e podemos suprir essa falta de dinheiro com vontade, vamos ter que dar um jeito – disse ao canal Sportv.

Ronaldo também fez questão de dedicar o acesso aos torcedores que confiaram no seu trabalho. O gestor exaltou o trabalho de todo o clube, contudo, reforçou a exaltação aos torcedores que acompanharam o Cruzeiro de perto nesses três anos de segunda divisão.

– Isso aqui é maravilhoso. Trabalhamos muito para merecer tudo que está acontecendo. Momento muito especial. Parabéns aos jogadores, aos membros do clube, mas à torcida em especial, que sofreu quase três anos. Agradecer a confiança do torcedor, vamos comemorar hoje e depois de uns dias pensar no ano que vem – revelou.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1572768062486487040