• Peixe tem grande atuação e ganha por 4 a 0 neste domingo
  • Patati, Giuliano, Willian e Morelos marcam os gols da partida
  • Time catarinense, por sua vez, segue em crise na competição

Empurrado pela torcida, que acordou cedo na manhã deste domingo, o Santos goleou o Brusque por 4 a 0, pela sexta rodada da Série B do Brasileirão. Weslley Patati, Giuliano, Willian e Morelos marcaram os gols na Vila Belmiro, que voltou a receber público.

A vitória, portanto, recolocou o Santos na liderança da Série B de forma isolada, com 15 pontos. O Goiás havia saltado para o primeiro lugar ao vencer o Botafogo-SP no sábado. O Brusque, por sua vez, pode entrar na zona de rebaixamento se Guarani ou Ituano ganharem na rodada.

O Santos, portanto, volta a campo na próxima sexta-feira (24 de maio), contra o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte, às 21h (de Brasília). Já o Brusque mede forças com o Vila Nova no domingo (dia 26), no OBA, em Goiânia, às 17h.

Como foi o jogo

No primeiro tempo, o Santos deu poucas chances ao Brusque e construiu boa vantagem com tranquilidade. A chance inicial do Peixe foi em chute de fora da área de Otero, que Matheus Nogueira defendeu. O time visitante respondeu em seguida, com Marcos Serrato desviando e João Paulo salvando. Aos 9 minutos, aliás, Giuliano quase marcou ao bater colocado à direita do goleiro.

O time alvinegro inaugurou o marcador aos 22 minutos. JP Chermont tocou na meia-direita para Weslley Patati, cruzar fechado. A bola passou por todo mundo e entrou no canto direito de Matheus Nogueira: 1 a 0. Depois, o Brusque assustou em chute de Rodolfo de fora da área, mas o Santos ampliou aos 34 minutos.

Weslley abriu na direita para JP Chermont, que cruzou rasteiro. Giuliano recebeu no meio da área e finalizou no cano esquerdo de Matheus Nogueira para fazer 2 a 0. O terceiro gol saiu aos 40 minutos. Diego Pituca tabelou com Otero pela esquerda e cruzou. Willian Bigode se antecipou ao zagueiro e finalizou de primeira, no canto direito: 3 a 0.

No segundo tempo, o Santos administrou a vantagem, mas fez o quarto gol aos 35 minutos. João Schmidt fez uma inversão na direita para JP Chermont, que tirou a marcação e acionou Morelos, que chegou batendo. A bola entrou mais uma vez no canto direito do goleiro do Brusque: 4 a 0 para o Santos.