Alex Oliveira vence
Casa de aposta 1 X 2
1XBET
1.43 51.0 2.76
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 02/10/2021 18:58.
bet365


As informações e o palpite para a luta do UFC Fight Night

Os lutadores Niko Price e Alex Oliveira se enfrentam neste fim de semana pela temporada 2021 do UFC. Os cards do Ultimate Fighting Championship desse sábado serão sem dúvidas cheio de emoções. Aliás, dessa vez as lutas acontecerão no UFC Apex, o centro de eventos da própria organização localizado em Enterprise, Nevada.

A princípio, teremos seis combates agendados para o card principal do UFC Fight Night. Ademais, também haverá sete lutas complementares do card preliminar. Isto é, não faltarão atrações para os fãs das artes marciais mistas (MMA) assistirem nesse fim de semana. Aliás, há previsão de público na arena para acompanhar o evento com todos os ingressos vendidos.

As lutas do card preliminar devem começar por volta das 17h (de Brasília). Por outro lado, as atividades do card principal estão previstas para começar apenas às 20h (de Brasília).


As informações e o palpite para Niko Price x Alex Oliveira

O norte-americano Niko Price entrará no octógono com o brasileiro Alex Oliveira em um confronto válido pelo card principal do UFC Fight Night. Ambos os lutadores fazem parte da divisão peso médio, da mesma forma estão vindo de derrotas em suas últimas lutas.

Com o fim de conhecer nosso palpite para essa luta, continue lendo abaixo e descubra o desempenho recente dos lutadores.

O desempenho recente de Niko Price

O lutador de artes marciais mistas Niko Price é natural de Cape Coral, Flórida, EUA. Ativo no MMA há pelo menos 12 anos, ele possui um cartel relativamente curto pelo tempo em atividade. Sua grande especialidade em vencer seus adversários é o nocaute, mas ainda assim é um excelente lutador de jiu-jítsu (faixa marrom).

A princípio, suas lutas iniciais como profissional foi uma das melhores durante muitos anos. Assim, lutou pela primeira vez contra Alejandro Gomez no Fight Time 8, onde venceu com uma finalização (chave de braço) ainda no primeiro round do confronto.

Em seguida, ainda por evento da Fight Time, construiu uma invencibildiade de 8 lutas. Derrotando Mikerson Lindor, David Hayes, Danilo Padilha Da Silva, Michael Lilly, Maurice Salmon e Jose Caceres. Em todas essas disputas venceu por nocaute. Demonstrando assim toda sua agressividade e força, capaz de derrubar qualquer oponente.

A partir disso, Dana White logo se interessou pelo americano que no final daquele mesmo ano faria sua estreia. Dessa forma, lutou pela primeira vez pelo UFC, no 207: Nunes vs. Rousey. Enfrentando Brandon Thatch e vencendo por finalização com um triângulo de mão.

Com essas vitórias seu cartel contava com 9 lutas no total, 9 vitórias e nenhuma derrota. Até que na batalha contra Alex Morono no UFC Fight Night: Bermudez vs. Korean Zombie teve um impasse. Assim, a luta foi vencida por nocaute, porém devido ter sido testado positivo para cannabis o resultado foi mudado para “No contest”.

Nas lutas mais recentes teve outra situação bem parecida, a única diferença é que o resultado da luta tinha sido empate. Porém novamente foi testado positivo para substância proibida e a luta ficou como “No contest”. Já na luta contra Michel Pereira no UFC 264: Poirier vs. McGregor 3, perdeu por decisão dos juízes.

A forma atual de Alex Oliveira

O brasileiro Alex “Cowboy” Oliveira possui 32 anos de idade e 10 anos como profissional de MMA. Ao longo de sua carreira já lutou pela divisão peso leve e atualmente está na meio-médio. Seus estilos de luta favoritos é o muay thai (faixa azul) e jiu-jítsu (faixa roxa).

A princípio, Alex ficou até seus 22 anos sendo pedreiro e peão de rodeio no interior do Rio de Janeiro. Até que depois de algumas visitas a clubes noturnos, amigos o convidaram para treinar artes mariciais mistas. Assim, começou a treinar com o professor André Tadeu Silva, que atualmente ainda é seu treinador.

Estreou como profissional no Ervalia Fight contra Rodrigo Pitbull, onde venceu com muita facilidade por nocaute com apenas um soco. Quando lutou novamente, após 6 meses, encarou Wallace Dantas no ATS 1 – ATS Kombat 1 e perdeu por finalização com um triângulo.

Isso não o abalou em nada para os próximos confrontos, tanto que emendou uma série de 3 vitórias. Dessa forma, derrotou Leandro Beinrothi, Fabio Ohany e Daniel Silva, todas por nocaute. Logo depois teve um pequeno tropeço contra Wendell Oliveira no WOCS 25, perdendo por decisão.

Depois desse pequeno fracasso, passou mais de 9 lutas sem perder. Chegando a disputar título meio-médio da CEF, porém o resultado ficou como “No Contest”. Como também venceu duas disputas de peso casado, contra Douglas Aparecido por nocaute, e Ederson Moreira por finalização.

Estreou pelo UFC contra Gilbert Burns em 2015 no UFC Fight Night: Maia vs. LaFlare, onde perdeu com uma chave de braço. Da mesma forma nos confrontos recentes. Perdendo para Randy Brown e Shavkat Rakhmonov por finalização (guilhotina). Com isso, uma vitória nesse momento pode alavancar de volta sua carreira.


Prognóstico final para Niko Price x Alex Oliveira:

O americano Niko Price não vence uma luta desde 2019, ou seja, está há 4 lutas sem nenhum vitória. Ainda assim, é um lutador muito agressivo e um grande especialista em nocautes. Em seu cartel atual possui um total de 21 lutas, 14 vitórias, sendo 10 por nocaute, 3 por finalização e 1 por decisão.

Por outro lado, Alex Oliveira segue sem vencer há duas lutas, porém antes disso tinha vencido duas seguidas. Como também, está mais ativo em relação as suas disputas. Então, está mais aquecido e preparado para o que der e vier. Igualmente ao seu adversário, também profissional quando o assunto é nocaute.

Prognóstico e palpite final para a luta do UFC


Promoções para apostas

Promoções de apostas para UFC MMA

Dicas de aposta de UFC