Lightweight

20/03/2021

20:00

Gregor Gillespie
Brad Riddell
Odds are not currently available.
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 19/03/2021 07:18.
Casa de aposta 1 X 2
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 19/03/2021 07:18.


As informações e o palpite para a luta do UFC

A temporada 2021 do UFC (Ultimate Fighting Championship) tem mais um capítulo neste final de semana. Em outras palavras, é mais um evento do UFC Fight Night recheado de grandes lutadores, com o UFC APEX, em Las Vegas (Estados Unidos), como palco. E o norte-americano Gregor Gillespie enfrenta o neozelandês Brad Riddell em luta da categoria peso-leve.

Confira os palpites das outras lutas aqui.

A princípio, seis lutas estão marcadas para o card principal, sem contar os combates pelo card preliminar. Assim, os fanáticos pelas artes marciais mistas (MMA) não têm do que reclamar em termos de atrações no octógono mais famoso do planeta.

Os combates do card preliminar devem iniciar as atividades por volta das 20h (de Brasília), com as atividades do card principal começando perto das 23h.

As informações e o palpite para Gregor Gillespie x Brad Riddell

Na noite do próximo sábado, Gregor Gillespie e Brad Riddell fazem o coevento principal em mais uma edição do UFC. O combate valerá pela categoria dos pesos-leve. Agora faremos nossa análise e daremos nosso palpite sobre quem deverá ser o vencedor da luta.

O desempenho recente de Gregor Gillespie

Gregor Gillespie
(© imago images / ZUMA Wire)

Gregor Gillespie é natural de Long Island (Nova York, Estados Unidos) tem 33 anos de idade e é também chamado pelo apelido ‘The Gift’. Gregor tem hoje um cartel geral no MMA de 13 vitórias e uma derrota.

Venceu a maioria de suas lutas por nocaute (seis), mas não faz feio quando o assunto é finalização. São cinco somadas até aqui. Além de duas decisões. Sua única derrota veio por nocaute.

Gregor iniciou nas artes marciais mistas relativamente há pouco tempo, em 2014. Sua estreia foi pelo Ring of Combat 47, vencendo o norte-americano Kenny Gaudreau por nocaute técnico.

Desde então, construiu boa trajetória na modalidade. Fez mais seis lutas pelo mesmo evento, vencendo todas. Logo ganhou seu contrato com o Ultimate Fighting Championship, em 2016, para estrear no UFC Fight Night: Cyborg vs. Lansberg.

Venceu sua luta contra Glaico França por decisão unânime e assinou seu nome em edições seguintes. Somou resultados positivos, inclusive duas atuações que lhe renderam o prêmio de performance da noite. E em suas cinco últimas lutas foram quatro vitórias e a amarga primeira derrota.

O revés aconteceu justamente em sua última luta, no UFC 244: Masvidal vs. Diaz, em 2019. Foi nocauteado no primeiro round por Kevin Lee. Agora, após esse hiato sem subir ao octógono, Gillespie vem com tudo buscar a vitória para se recuperar de seu último resultado.

A forma atual de Brad Riddell

Brad Riddell (Christchurch, Nova Zelândia) tem 29 anos, também conhecido pelo apelido de ‘Quake’. Mostra um cartel de oito vitórias e uma derrota no MMA. São cinco nocautes e três decisões. Sua derrota foi sofrida por finalização.

Brad começou nas artes marciais mistas em 2013, lutando pelo International Boxing. Lá conquistou seu primeiro resultado positivo logo na estreia contra Gi Gean Key, vitória por nocaute.

Depois assinou com o Glory of Heroes, evento em que faria quatro aparições ao decorrer do caminho. Nesse meio tempo, conheceu sua única derrota até aqui. Atuando pelo evento Hex Fight Series, foi finalizado por Abel Brites no primeiro round.

Logo após, fez mais três lutas pelo já citado Glory of Heroes e pelo Wollongong Wars, vencendo em todos. Chegou para assinar seu contrato com o Ultimate Fighting Championship somente em 2019.

Suas últimas três lutas foram justamente as únicas que fez desde que chegou à atual organização. Sua estreia foi no UFC 243 enfrentando Jamie Mullarkey. Vitória por decisão unânime.

Ainda venceu o russo Magomed Mustafaev por decisão no UFC Fight Night: Felder vs. Hooker. Em sua última luta, ano passado, pelo UFC 253, derrotou o brasileiro Alex da Silva Coelho por decisão unânime.

Recém-chegado ao UFC, Brad Riddell, sabe que precisa colecionar vitórias e boas apresentações neste início. E vencer um adversário como o de sábado, que apresenta um bom retrospecto, seria fundamental.

Prognóstico final para Gregor Gillespie x Brad Riddell:

O bom retrospecto de apresentações dignas de elogios e a maior experiência no UFC, devem fazer Gregor Gillespie levar a vantagem no combate. O último resultado o deixou ansioso para voltar ao caminho das vitórias e não despencar no ranking. Iremos de Gillespie como aposta para vencedor!

Prognóstico e palpite final para luta


Dicas de aposta