Assine a nossa newsletter para receber palpites, novidades e ofertas no seu e-mail

As informações e o palpite para Criciúma x Figueirense

O Campeonato Brasileiro Série C continua pegando fogo. E, nesta sexta-feira, 23 de julho, Criciúma e Figueirense se enfrentam na nona rodada do Grupo B da competição nacional. A partida será no Estádio Heriberto Hülse, também conhecido como ‘Majestoso’, em Criciúma, Santa Catarina. O confronto está marcado para as 16h (horário de Brasília).

No Brasileirão Série C, os 20 times são divididos em dois grupos (A e B) com dez equipes cada. Após 18 rodadas em cada grupo (jogos de ida e volta), os quatro melhores de cada chave avançam à segunda fase da terceira divisão nacional. Já os dois últimos de cada grupo são rebaixados para a Série D. Então, na segunda fase, são dois grupos de quatro times. Eles se enfrentam dentro dos grupos, também em ida e volta. Ao final, os dois primeiros de cada chave garantem o acesso ao Campeonato Brasileiro Série B. Além disso, os dois primeiros colocados vão à final da Série C.

O desempenho recente do Criciúma

Depois de um começo avassalador de Brasileirão Série C 2021, com quatro vitórias e dois empates nos seis primeiros compromissos, o Criciúma Esporte Clube conheceu o que é ser derrotado. E não uma, mas duas vezes consecutivas.

A invencibilidade foi por água abaixo na sétima rodada, com uma derrota por 3 a 1 para o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. E, na rodada passada, novamente no estado de São Paulo, perdeu para o Mirassol por 2 a 0. Já é um suficiente para uma fraca luz amarela acender.

O ‘Tigre’, que era vice-líder, caiu para a quarta colocação, com 14 pontos em oito partidas. Está um à frente do Botafogo-SP, primeira equipe fora do G-4 do Grupo B.

Mas, agora, é hora de recolocar a cabeça no lugar e retomar a boa fase. O técnico Paulo Baier, inclusive, pregou que sua equipe precisa corrigir os erros que a levaram a tomar cinco gols em dois jogos e perder o que, até a sexta rodada, era a melhor defesa da terceira divisão nacional.

Mesmo com os tropeços, Baier ressaltou que sua equipe tem uma margem boa e segue no G-4 mesmo após duas derrotas consecutivas. Entretanto, para o comandante, seu time tem que tratar o clássico catarinense como uma “final”.

Fora de campo, a torcida carvoeira viu o clube se movimentar. Por um lado, o atacante Pedrinho, que disputou 15 jogos com a camisa tricolor, está de saída do Criciúma. Ele marcou apenas um gol desde que foi anunciado em fevereiro e, na Série C, entrou em campo apenas duas vezes.

Por outro lado, o veterano atacante Sylvinho está de volta para sua terceira passagem pelo ‘Tigre’. Uma delas foi em 2014 e 2015, quando disputou 34 partidas e anotou cinco gols, atuando como companheiro de equipe do atual técnico Paulo Baier. E a outra foi em 2017, durante 36 partidas e resultando em dez gols. Agora, ele chega para tentar ajudar no acesso.

Curiosamente, a última vez que o Criciúma venceu o Figueirense no Heriberto Hülse foi em 2014, pelo placar de 1 a 0, na Série A do Brasileirão. E o autor do gol da ocasião foi Sylvinho. Será que ele poderá ser o amuleto para quebrar o jejum?

Provável escalação do Criciúma

 

Criciúma na temporada atual


A forma atual do Figueirense

O Figueirense Futebol Clube segue com sua campanha bem irregular na Série C do Brasileirão. Em oito partidas até agora, são dez pontos conquistados, com campanha de duas vitórias, quatro empates e duas derrotas. Aliás, é esse excesso de empates que vem mantendo o time no meio da tabela do Grupo B. A equipe é a sétima colocada, apenas três pontos acima do Paraná Clube, primeiro dentro da zona de rebaixamento.

Porém, se há algo a comemorar são os dois últimos jogos sem derrotas. Depois de derrotar o São José por 2 a 0, na sétima rodada, a equipe ficou no 0 a 0 contra o Botafogo-SP, no Orlando Scarpelli. Os dois jogos sem ser vazado não deixam de ser um pequeno motivo para celebração, afinal agora a equipe tem a melhor defesa de toda a Série C.

E o próprio técnico Jorginho demonstrou preocupação com o excesso de empates, já que o ‘Figueira’ é a equipe que mais empatou no grupo. Aliás, o treinador não poupou seu elenco de críticas e disse que a atuação diante do Botafogo-SP foi muito abaixo do esperado. Jorginho chegou a dizer que “não jogamos absolutamente nada”.

Apesar disso, o comandante pregou “sabedoria e calma” para voltar a vencer. E é fato que o Figueirense precisa reagir logo se quiser ter alguma chance considerável de avançar à segunda fase e, consequentemente, continuar sonhando com o acesso.

O volante Oberdan falou nesta semana que o clássico catarinense contra o Criciúma é um jogo fundamental para a sequência de temporada. E apesar da melhor defesa da competição, Oberdan disse que o time precisa melhorar nas finalizações. Afinal, são apenas cinco gols anotados em oito compromissos.

Agora, de maneira a tentar fechar o primeiro turno com uma vitória sobre o rival, o time conta com seus nomes como o goleiro Rodolfo Castro, o próprio Oberdan, o meia Diego Tavares e o atacante Bruno Paraíba.

Provável escalação do Figueirense

 

Figueirense na temporada atual


Prognóstico e palpite final para Criciúma x Figueirense:

Já diria o velho ditado popular que “clássico é clássico e vice-versa”. E, nestes confrontos, é sempre bom ter uma boa dose de cautela. Com as duas equipes sob pressão, é provável que tenhamos uma partida tensa. Então, vamos de empate entre Criciúma e Figueirense!

Prognóstico e palpite final para Criciúma x Figueirense:


Promoções para apostas

Promoções de apostas para Futebol

Dicas de aposta de Futebol