Rogerio Bontorin vence
Casa de aposta 1 X 2
1XBET
1.62 51.0 2.38
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 15/01/2022 22:00.
Betway Boas-Vindas Bônus


As informações e o palpite para a luta do UFC Fight Night

Os lutadores Brandon Royval e Rogério Bontorin se enfrentam neste fim de semana pela temporada 2022 do UFC. Os cards do Ultimate Fighting Championship desse sábado serão sem dúvidas cheio de emoções, com atletas de alto nível participando. Inclusive, dessa vez as lutas acontecerão no UFC Apex, o centro de eventos da própria organização em Las Vegas, Estados Unidos.

A princípio, teremos seis combates agendados para o card principal do UFC Fight Night. Ademais, também haverá quatro lutas complementares do card preliminar. Isto é, não faltarão atrações para os fãs das artes marciais mistas (MMA) assistirem e apostarem nesse fim de semana. Aliás, há previsão de público na arena para acompanhar o evento com todos os ingressos vendidos.

As lutas do card preliminar devem começar por volta das 18h (de Brasília). Por outro lado, as atividades do card principal estão previstas para começar apenas às 21h (de Brasília).


As informações e o palpite para Brandon Royval x Rogério Bontorin

A luta entre Brandon Royval e Rogério Bontorin é válida pelo card principal do UFC Fight Night desse sábado (15). Ambos os lutadores fazem parte da divisão peso mosca da organização, onde o americano segue como o 5º melhor, já o brasileiro é o 7º. Então, irão fazer uma disputa direta por melhor posição no ranking.

Com o fim de conhecer nosso palpite para essa luta, continue lendo abaixo e descubra o desempenho recente dos lutadores.

O desempenho recente de Brandon Royval

O americano Brandon Royval é um atleta de MMA da categoria peso mosca do UFC, vindo de Denver, Colorado, EUA. Há quase 10 anos como profissional, “Raw Dawg” possui em seu cartel 18 confrontos, sendo 12 vitórias e 6 derrotas.

Ainda que seja da equipe “factoryX Muay Thai”, ele conta com muita experiência em jiu-jítsu, tal qual possui muitas vitórias por finalização em seu histórico. Assim, já faturou 8 combates por submissão, 3 por nocaute e apenas 1 por decisão dos juízes. Em relação a derrotas, conta com 1 por nocaute, 1 por finalização e 4 por decisão.

Em sua estreia como profissional, derrotou Sammy Rind no Kick Down MMA 102 por nocaute (cotoveladas), ainda no primeiro round. No evento seguinte do KD MMA, encarou Ben VomBaur e perdeu por decisão unânime. Nesse sentido, vemos que o atleta não teve um ótimo início de carreira.

Depois de alguns confrontos por eventos e campeonatos menores, Brandon se encontrou no LFA – Legacy Fighting Alliance. Onde participou de pelo menos 8 combates na organização. Logo em sua primeira luta o americano derrotou Rakan Adwan com uma chave de braço ainda no primeiro round.

Pela LFA – Legacy Fighting Alliance, Royval acumulou muitas vitórias para o seu cartel. Assim, derrotou 6 oponentes, 4 por submissão, 1 por nocaute e outro por decisão dos juízes. Com esses resultados, Dana White estava muito interessado pelo americano. Logo, o contratou em 2020 para a maior liga de MMA do mundo.

Pelo UFC, estreou contra Tim Elliott no UFC on ESPN: Woodley vs. Burns, onde derrotou seu compatriota com uma submissão. Apesar disso, suas duas lutas mais recentes foram resultados negativos. Dessa forma, perdeu para Brandon Moreno por nocaute e para Alexandre Pantoja por finalização.

A forma atual de Rogério Bontorin

O lutador de MMA Rogério Bontorin é natural de Adrianópolis, Paraná, Brasil e conta com 29 anos de idade. Como atleta profissional de artes marciais mistas, ele conta com 8 anos de experiência. Nesse meio tempo, acumulou em seu cartel 17 vitórias, 3 derrotas e apenas 1 “No Contest”.

O grande trunfo de Rogério é sua especialidade em jiu-jítsu, onde é faixa preta. Assim, treina pela equipe “Gile Ribeiro Team”, academia de jiu-jítsu brasileiro de sua cidade natal. Dentre suas 17 vitórias até o momento, 11 foram definidas por submissão.

A sua estreia no MMA, foi uma vitória sobre Genilson Lacerda no Gladiator Combat Fight, por finalização (mata-leão) ainda no primeiro round. Logo depois, pelo mesmo método faturou mais uma vitórias. Dessa vez contra Cléverson Luiz Cândido no Treme Fisiomaq Combat.

Disputando eventos e torneios pelo Brasil, Bontorin fez uma sequência de 12 vitórias. Nesse sentido, derrotou 10 oponentes por submissão, 1 por nocaute e outro por decisão unânime. Apesar disso, sofreu sua primeira derrota contra Michinori Tanaka no Grandslam 6 por finalização (mata-leão).

Com um cartel recheado de vitórias, poucas derrotas e um rendimento dentro do octógono incrível, Rogério tentou entrar para o UFC. Assim, disputou o Dana White’s Contender Series Brazil 1 e derrotou Gustavo Gabriel Silva com um mata leão. Dessa forma, seu passaporte estava carimbado para estrear na maior liga de MMA do mundo.

Na organização de Dana White, o brasileiro estreou com vitória sobre Magomed Bibulatov no UFC Fight Night: Assunção vs. Moraes 2. A vitória veio depois de passar todos os rounds e os juízes decidirem. No entanto, logo depois sofreu duas derrotas seguidas, para Ray Borg e Kai Kara-France. Ainda assim, se redimiu em seu último embate, vencendo Matt Schnell por decisão.


Prognóstico final para Brandon Royval x Rogério Bontorin:

Brandon Royval está acima do brasileiro no ranking da divisão peso mosca, porém vem de duas derrotas seguidas. Dessa forma, além de tentar se manter entre os melhores, também busca retomar as vitórias. Pela organização de Dana White conta com 2 vitórias e 2 derrotas até o momento.

Por outro lado, Rogério Bontorin possui um estilo de luta bem semelhante ao americano, assim se espera uma luta pelo chão. Apesar disso, ele possui mais experiência no octógono, mesmo em 7º no ranking da divisão. Inclusive, se recuperou de duas derrotas e vem de uma vitória sobre Matt Schnell por decisão.

Prognóstico e palpite final para a luta do UFC


Promoções para apostas

Promoções de apostas para UFC MMA

Dicas de aposta de UFC