Aspen Ladd vence
Casa de aposta 1 X 2
1XBET
1.41 46.0 2.85
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 01/10/2021 22:50.
bet365


As informações e o palpite para a luta do UFC Fight Night

As lutadoras Aspen Ladd e Macy Chiasson se enfrentam neste fim de semana pela temporada 2021 do UFC. Os cards do Ultimate Fighting Championship desse sábado serão sem dúvidas cheio de emoções. Aliás, dessa vez as lutas acontecerão no UFC Apex, o centro de eventos da própria organização localizado em Enterprise, Nevada.

A princípio, teremos seis combates agendados para o card principal do UFC Fight Night. Ademais, também haverá sete lutas complementares do card preliminar. Isto é, não faltarão atrações para os fãs das artes marciais mistas (MMA) assistirem nesse fim de semana. Aliás, há previsão de público na arena para acompanhar o evento com todos os ingressos vendidos.

As lutas do card preliminar devem começar por volta das 17h (de Brasília). Por outro lado, as atividades do card principal estão previstas para começar apenas às 20h (de Brasília).


As informações e o palpite para Aspen Ladd x Macy Chiasson

As norte-americanas Aspen Ladd e Macy Chiasson participarão de uma das lutas do card principal do UFC Fight Night. Ambas as lutadoras possuem um retrospecto bem semelhante. Assim, possuem menos de 10 lutas cada, e apenas uma derrota no cartel. Aliás, Ladd é a 3ª melhor lutadora do peso galo feminino, e Macy a 11ª.

Com o fim de conhecer nosso palpite para essa luta, continue lendo abaixo e descubra o desempenho recente dos lutadores.

O desempenho recente de Aspen Ladd

Nascida em Folsom, Califórnia, Estados Unidos, Aspen Ladd possui apenas 26 anos de idade e como profissional luta desde 2015. Em sua carreira já participou da categoria peso mosca, mas atualmente está na peso galo feminino. Em seu cartel possui muitas vitórias por nocaute, ainda assim é faixa marrom em jiu-jítsu.

A princípio, Ladd teve suas lutas iniciais em um dos eventos mais famosos e almejados por lutadoras de todo o mundo. Inclusive, foi um dos melhores começos para uma lutadora daquela idade. Sendo assim, demonstrou ser um grande prodígio das artes marciais mistas.

Nesse sentido, pisou pela primeira vez em um octógono no Invicta FC 11: Cyborg vs. Tweet quando enfrentou a brasileira Ana Carolina Vidal. A vitória veio no final do primeiro round por nocaute, depois de dar várias cotoveladas contra a cabeça de Carolina.

Logo depois, emendou mais 4 vitórias para sua conta. Derrotando assim, Amanda Cooper por finalização, Sijara Eubanks por decisão, como também Kelly McGill e Jessica Hoy por nocaute. Todas as lutas foram em edições dos eventos da Invicta FC. O cartel de Aspen estava intacto, apenas com vitórias.

Devido ao seu cartel recheado de vitórias e um desempenho incrível dentro do octógono, seu contrato com o UFC já estava praticamente garantido. Assim, estreou contra Lina Länsberg no UFC Fight Night: Cerrone vs. Till com uma linda vitória por nocaute.

Depois de mais duas vitórias pela maior liga de MMA do mundo, a americana sofreu sua primeira derrota. Perdendo para Germaine de Randamie no UFC Fight Night: de Randamie vs. Ladd por nocaute com um soco. Entretanto, isso não influenciou no seu desempenho na luta seguintes, já que venceu Yana Kunitskaya por nocaute.

A forma atual de Macy Chiasson

Macy Chiasson está com 30 anos de idade e iniciou no MMA em 2017. Tem como modalidade esportiva preferida o boxe e jiu-jítsu. Como ainda é uma novato no mundo da luta profissional, seu cartel é bem recheado de vitórias. Como também, possui apenas uma derrota em toda sua carreira.

A princípio, Chiasson teve alguns problemas durantes sua adolescência, onde sofreu um acidente de carro e teve que ficar em repouso por 25 dias. Para se recuperar começou a frequentar academia, lá viu seus colegas treinando krav maga. Assim, lutou esse estilo de luta por um tempo, mas um ano depois fez a transição para o MMA.

Estreou como profissional no Caged Warrior Championship 16 contra sua compatriota Miranda Dearing. Dessa forma, passou os dois primeiros rounds com muita dificuldade, sem muita abertura para aplicar um golpe. A vitória veio no terceiro round quando aplicou uma chave de braço e finalizou a oponente.

Logo depois, participou do The Ultimate Fighter: Heavy Hitters Finale, vencendo a primeira luta da chave peso pena feminino contra Larissa Pacheco por nocaute. Na segunda luta, foi a vez de encarar Leah Letson no octógono, mas Macy teve um belo desempenho e venceu por nocaute ainda no primeiro round.

Para fechar com chave de ouro essa edição do TUF, enfrentou sua colega do time Gastelum, Pannie Kianzad, e venceu com uma finalização no segundo round. Com isso, garantiu sua entrada no UFC e uma ótima quantia em dinheiro por causa das vitórias.

Pelo UFC, estreou com duas vitórias consecutivas, contra Gina Mazany e Sarah Moras por nocaute. Já quando encarou Lina Länsberg, perdeu pela primeira vez na carreira por decisão. Em contraponto, acumulou mais duas vitórias seguidas, dessa vez derrotou Shanna Young e Marion Reneau, ambas por decisão unânime.


Prognóstico final para Aspen Ladd x Macy Chiasson:

Aspen Ladd é uma lutadora com menos idade, porém com muito mais experiência de octógono que sua compatriota. Assim, já lutou 10 vezes nos 4 anos de carreira, e perdeu apenas uma luta. Entre as vitórias, possui 6 por nocaute, 1 por finalização e 2 por decisão dos juízes.

Por outro lado, Macy Chiasson teve um início de carreira muito complicado, mas como é uma guerreira deu a volta por cima. Tanto que construi um cartel recheado de vitórias e apenas uma derrota. Ainda assim, mesmo com pouca experiência dentro do ringue, consegue derrotar suas adversárias.

Prognóstico e palpite final para a luta do UFC


Promoções para apostas

Promoções de apostas para UFC MMA

Dicas de aposta de UFC