Featherweight

06/03/2021

20:00

Amanda Nunes
Megan Anderson
Odds are not currently available.
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 06/03/2021 18:58.
Casa de aposta 1 X 2
As cotações estão sujeitas a alterações. Última atualização 06/03/2021 18:58.


As informações e o palpite para a luta do UFC

Amanda Nunes vence!

A temporada 2021 do UFC (Ultimate Fighting Championship) segue com mais um evento marcado para este próximo final de semana. Chegou a hora do UFC 259: Blachowicz x Adesanya, que será no UFC APEX, em Las Vegas (Estados Unidos). E a brasileira Amanda Nunes enfrenta a australiana Megan Anderson na disputa pelo cinturão da categoria peso-pena feminino.

Confira os palpites das outras lutas aqui.

Para o card principal do evento estão programadas cinco lutas, sem falar nos embates do card preliminar. Assim, os aficionados pelas artes marciais mistas (MMA) terão vários motivos para ficar grudados na tela da televisão e acompanhar toda a ação dentro do octógono.

A previsão é que os combates do card preliminar tenham início por volta das 20h (de Brasília). Já as lutas do card principal devem iniciar por volta da meia-noite de domingo (7).

As informações e o palpite para Amanda Nunes x Megan Anderson

Neste sábado para lá de especial, teremos uma luta muito aguardada pelos fãs das artes marciais mistas. O retorno da leoa brasileira ao octógono mais famoso do mundo. Amanda Nunes enfrenta Megan Anderson pelo coevento principal, em luta que vale o cinturão do peso-pena feminino. Você vê agora as informações e o nosso palpite para o mercado de vencedor da luta.

O desempenho recente de Amanda Nunes

Amanda Nunes
(© imago images / ZUMA Wire)

Amanda Nunes é natural de Pojuca (Salvador, Brasil), tem 32 anos e é conhecida como ‘The Lioness’. Atual campeã da categoria no UFC, Amanda tem cartel geral nas artes marciais mistas de 20 vitórias e quatro derrotas. São 13 vitórias por nocaute e três finalizações. As quatro derrotas vieram por dois nocautes, uma finalização e uma decisão.

Atual detentora da principal posição do ranking, Amanda estreou no MMA em 2008 lutando por um evento em seu próprio estado chamado Prime: MMA Championship. Não teve vida fácil e foi finalizada pela adversária Ana Maria Índia logo no primeiro combate.

Ainda lutou por outros eventos menores em terras brasileiras até 2010. Chegando a eventos internacionais, ela fez participações pelo Strikeforce e Invicta FC. Foram duas lutas em cada, somando duas vitórias e duas derrotas.

No UFC 163: Aldo vs. Korean Zombie que aconteceu no Rio de Janeiro, Amanda fez sua estreia no Ultimate Fighting Championship contra a alemã Sheilla Gaff. Teve atuação de gala e venceu por nocaute técnico logo no primeiro round, deixando ótima impressão.

Boas apresentações como a de sua estreia renderam a ela a chance de disputar o cinturão de Miesha Tate, em 2016, no UFC 200. Missão cumprida. Vitória por finalização e cinturão garantido.

Desde então, Amanda vem colecionando vitórias e defesas de cinturão no UFC. A última foi em junho do ano passado, contra a canadense Felicia Spencer pelo UFC 250: Nunes vs. Spencer, em Las Vegas. Vitória por decisão unânime da lutadora brasileira.

A ‘Leoa chega ao evento deste sábado com motivação de sobra após o nascimento de sua filha, Raegan. Já são onze vitórias consecutivas desde a conquista do título e muita vontade de seguir soberana no topo da categoria.

A forma atual de Megan Anderson

Megan Anderson
(© imago images / AAP)

Megan Anderson é de Gold Coast (Queensland, Austrália), tem 31 anos e cartel nas artes marciais mistas de 11 vitórias e quatro derrotas. As vitórias vieram por seis nocautes, três finalizações além de duas decisões. Já as derrotas foram duas por finalização e duas por decisão.

Em novembro de 2013, Megan estreou nas artes marciais mistas pelo FightWorld Cup. Perdeu para Zoie Shreiweis. Nos dois anos seguintes, ela acumulou um cartel de 4-1 até ser contratada pelo Invicta Fighting Championship, em 2015. Foi uma organização na qual lutou por cinco vezes, somando quatro vitórias e uma derrota.

O bom desempenho chamou a atenção de Dana White. Após problemas pessoais e estreia adiada em 2017, quando enfrentaria Cris Cyborg, Megan assinou sua estreia para o evento UFC 225: Whittaker vs. Romero 2, em junho de 2018. A adversária foi um dos grandes nomes atuais da categoria, a norte-americana Holly Holm. Sofreu derrota por decisão unânime dos juízes.

Não foi a estreia que esperava, mas a lutadora ainda renderia bons frutos. Nas últimas quatro lutas pelo Ultimate Fighting Championship foram três vitórias e uma derrota. A última vitória veio justamente em sua última participação.

No UFC Fight Night: Benavidez vs. Figueiredo, que ocorreu no ano passado, Megan Anderson enfrentou a brasileira Norma Dumont, vencendo com direito a nocaute e de quebra levando como performance da noite.

Agora, Anderson tem um grande desafio pela frente em sua carreira. Vai enfrentar o principal nome da categoria e um dos principais nomes do MMA feminino atualmente. Amanda Nunes deve ser a luta de provação da australiana na competição.

Prognóstico final para Amanda Nunes x Megan Anderson:

Não tem como não apontar a brasileira como provável vencedora. Amanda Nunes vem motivada, embalada e em ótima forma para continuar carregando o cinturão consigo por mais tempo. Anderson com certeza se motiva ao enfrentar uma adversária desse porte no Ultimate Fighting Championship, mas deve amargar mais uma derrota contra a campeã. Vamos com Amanda Nunes para a melhor escolha como vencedora da luta deste sábado!

Prognóstico e palpite final para partida


Dicas de aposta