• Valencia marcou os gols do Equador e foi destaque
  • Equipe sul-americana larga na frente no Grupo A
  • Holanda e Senegal completam a rodada do grupo

O Equador não tomou conhecimento dos anfitriões e, com um futebol envolvente e veloz, venceu o Catar por 2 a 0, neste domingo. A partida foi válida pela primeira rodada do Grupo A da Copa do Mundo. Então, nem mesmo a maioria da torcida no estádio foi capaz de organizar a equipe da casa. Por outro lado, os equatorianos, puxados por Enner Valência, foram mortais e levaram perigo desde os primeiros minutos de jogo. Valencia fez três gols, mas o primeiro acabou anulado pelo VAR. Contudo, os outros dois, um deles de pênalti, valeram.

A primeira etapa começou a todo vapor, mas só para um lado. O Equador veio para esta copa muito mais organizado e com uma proposta de jogo bastante eficiente. O Catar, por sua vez, mostrou nervosismo e acabou deixando o adversário muito à vontade. Portanto, com a bola nos pés e com espaço para trabalhar, o Equador chegou ao primeiro gol nos primeiros minutos. A defesa catari falhou, e Valencia marcou. O VAR entrou em ação e encontrou um lance irregular na disputa da bola na área.

Mas quem pensou que o gol anulado iria desanimar os equatorianos, se enganou profundamente. A intensidade continuou e não demorou muito para Valencia abrir o placar. Al-Sheeb derrubou o capitão equatoriano na área. A arbitragem marcou pênalti. Ele mesmo cobrou e fez. O Equador continuou em cima e ampliou o placar: Valencia acertou um belo golpe de cabeça, após receber um cruzamento da esquerda. Com o 2 a 0, a intensidade diminuiu e a equipe sul-americana acabou dando alguns espaços ao Catar. Mas os anfitriões falharam nas conclusões.

https://twitter.com/fifaworldcup_es/status/1594390130030174214

Segundo tempo com menos futebol

No segundo tempo as equipes diminuíram bastante o ritmo do jogo. Com a vantagem no marcador, o natural era a baixa intensidade do Equador. Embora tenha feito isso, as principais ações ofensivas continuaram sendo da equipe sul-americana. O Catar, então, começou a se soltar. Precisando de um gol pelo menos para entrar na partida novamente, os anfitriões tentavam escapar. Afif, o principal jogador catari, era muito acionado, mas o máximo que conseguiu foi isolar um chute de longe.

Já na parte final do jogo, com as mudanças feitas pelos treinadores, o jogo voltou a ter mais velocidade. Mas o Equador hora pecava no passe final, hora nas finalizações. O Catar olhava passivamente o adversário jogar. Nem mesmo o ímpeto e a vontade de colocar seu jogo finalmente no duelo, foi capaz de levar sequer um grande perigo ao goleiro equatoriano. Em resumo, o Equador largou na frente no Grupo A e agora briga por uma das vagas para as oitavas de final do Mundial.

A próxima partida do Equador é no próximo dia 25 contra a Holanda, favorita do grupo. A seleção da Europa estreia nesta segunda, contra Senegal, fechando a primeira rodada do Grupo A.

https://twitter.com/fifaworldcup_es/status/1594391296675823628