• Aos 31 anos, atacante deixou o Palmeiras em julho
  • Jogador faz exames médicos antes de ser anunciado
  • Deyverson chega ao Dourado com status de titular

Novidade no mercado da bola do futebol brasileiro. Afinal, o atacante Deyverson, ex-Palmeiras, desembarcou em Mato Grosso nesta quarta-feira para assinar contrato com o Cuiabá. Aos 31 anos, o jogador está livre no mercado desde que deixou o Verdão em julho.

De acordo com publicação do site ‘Globo Esporte’, Deyverson foi reconhecido no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, na região metropolitana da capital mato-grossense. A tendência é que o centroavante realize exames médicos e tenha seu anúncio oficial pelo clube.

Com a confirmação da contratação, Deyverson será o segundo reforço do Cuiabá na atual janela nacional de transferências. O primeiro foi o meia-atacante Gabriel Pirani, que chegou por empréstimo do Santos até o fim do ano.

Então, o centroavante chega ao Dourado com status de titular no comando de ataque time. André e Jenison são as opções para a função, mas o meia Rodriguinho vem atuando na posição com o técnico António Oliveira.

Agora, o Cuiabá tem até o próximo dia 15 para fechar novas contratações, data de fechamento da janela. A diretoria segue no mercado em busca de reforços na briga contra o rebaixamento no Brasileirão. No próximo domingo, o Dourado encara o Fluminense, às 16h (de Brasília) e 15h (de MT), pela 21ª rodada. O time cuiabano está na 17ª colocação, o primeiro na zona de rebaixamento.

Deyverson não joga desde março

Além disso, Vale lembrar que a última partida de Deyverson foi no dia 20 de março, em jogo do Palmeiras contra o Bragantino, pela fase de grupos do Campeonato Paulista. Ele entrou em campo no segundo tempo, atuou por 16 minutos e fez um gol, além de ter sido expulso.

Deyverson foi o herói do Verdão na Copa Libertadores de 2021, ao marcar o gol do título na final contra o Flamengo na prorrogação. O atacante também conquistou a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Paulista em 2022, e o Campeonato Brasileiro de 2018. O vínculo dele com o Palmeiras encerrou-se no fim de junho e não houve renovação.