• Fernando estaria na Copa do Mundo na comissão de Tite
  • Novo treinador era analista de desempenho do Corinthians
  • Técnico tem 41 anos e entrou no Corinthians em 1999

O Corinthians surpreendeu os torcedores neste domingo ao anunciar Fernando Lázaro, de 41 anos, como técnico para o lugar do português Vítor Pereira. O agora treinador do Timão, era analista de desempenho do clube e estava na comissão técnica do Tite que iria para a Copa do Mundo do Catar. Fernando Lázaro seria observador junto do treinador Ricardo Gomes e de Lucas Oliveira, este segundo, analista do Palmeiras.

Fernando é filho do ex-lateral Zé Maria, ídolo do Corinthians, e tem 41 anos. O novo treinador está no clube pela segunda vez em sua carreira. Em sua primeira passagem, Lázaro chegou em 1999 para trabalhar no departamento de informática do clube e ficou até meados de 2016. Neste ano, ele acabou convidado por Tite para integrar a Seleção Brasileira, onde ficou até 2021. Assim, Lázaro está no clube nesta segunda passagem desde janeiro do ano passado.

Por fim, como analista de desempenho, Fernando Lázaro assumiu o comando da equipe do Corinthians em duas oportunidades. Após as saídas de Vágner Mancini e, posteriormente, Sylvinho. Então, nesses dois momentos, o novo técnico agradou e se manteve invicto. Na primeira vez, ele conquistou duas vitórias em dois jogos. Depois, foram quatro vitórias e um empate em cinco partidas.

Diretoria tentou português

Afinal, a primeira opção da diretoria do Corinthians foi a manutenção de Vítor Pereira. Contudo, depois de meses de negociação, veio a negativa o treinador por problemas pessoais. Com a iminente saída, o presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, foi atrás de um outro estrangeiro. Primeiro, mirou os esforços em Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza, entretanto, este acabou renovando com o clube cearense.

Posteriormente, a diretoria avaliou o português Bruno Lage. No primeiro contato, a pedida do profissional assustou os dirigentes, que recuaram. Ao longo da semana ainda foi especulado os nomes de Roger Machado e até de Fernando Diniz. Mas nenhum deles chegou a sequer receber contato. Neste domingo, então, a diretoria surpreendeu e anunciou o treinador até o final de 2023.