• Técnico diz que time ficou deslumbrado com ida à final da Libertadores
  • Furacão vem de dois empates pelo Brasileiro e atualmente ocupa o G-6
  • Na próxima terça-feira, o Rubro-Negro encara o Santos na Vila Belmiro

O Athletico-PR enfrenta o Santos, na próxima terça-feira (27), na Vila Belmiro, pela rodada 28 do Brasileirão. No entanto, o técnico Luiz Felipe Scolari e seus comandados contam os dias para a final da Taça Libertadores com o Flamengo. Até por isso, o treinador busca manter o foco do Furacão na busca pelo G-4 da competição nacional.

Atualmente, o Rubro-Negro paranaense está na sexta colocação na tabela e faz mais sete partidas no Brasileiro até a decisão do dia 29 de outubro, em Guayaquil, no Equador. Além disso, o Athletico empatou por 1 a 1 com o Avaí e ficou no 2 a 2 com o Cuiabá nos últimos jogos – dois times que estão na zona de rebaixamento. As informações são do site ‘Globo Esporte’.

Com os resultados recentes, o Furacão seguiu no G-6, mas perdeu a oportunidade de entrar no G-4, uma das metas do clube na atual temporada. Para Felipão, o elenco rubro-negro ficou deslumbrado com a classificação à decisão da Libertadores e perdeu o foco no Brasileirão nos últimos confrontos.

– Deslumbramento tivemos todos nós, a cidade de Curitiba. Chegamos em uma final, todos juntos, em uma final de Libertadores. Sabemos o que temos na mão. Temos que saber quão difícil é e o quanto nós temos que lutar e fazer diferente para ser superior – declarou o treinador, sobre a decisão com o Flamengo.

Furacão está próximo do G-4 do Brasileiro

No momento, o Athletico está com 44 pontos, mas leva a pior no saldo de gols para o quinto colocado Corinthians (2 a 4). Além disso, tem só um ponto a menos que o Flamengo, hoje no quarto lugar. Palmeiras (57), Internacional (49) e Fluminense (48) são os três primeiros na tabela de classificação, respectivamente.

Segundo o ‘Ge’, Scolari iniciou seu trabalho no Furacão ainda na sexta rodada e comandou o time em 22 jogos no Campeonato Brasileiro. Ao todo, a equipe venceu dez partidas, empatou oito e perdeu quatro. Portanto, o treinador conseguiu tirar, no período, o Furacão da 15ª posição para a sexta.

Então, o Athletico fará mais 11 jogos até o término do Brasileirão. Na busca pelo G-4, que garante a vaga direta para a fase de grupos da Libertadores, a equipe paranaense enfrenta: Santos (fora), Juventude (casa), Fortaleza (casa), Corinthians (fora), Coritiba (casa), Bragantino (fora) e Palmeiras (casa).