Diversificação é uma das principais estratégias do mercado financeiro para reduzir o risco dos investimentos. Ela promove a diluição do capital em um número maior de opções minimizando a importância de quedas acentuadas em uma delas. Tal metodologia também serve para os apostadores. Ao ampliar o leque de opções e criar um número maior de bilhetes, o risco embutido em cada um dos palpites tendo seu peso diminuído no quadro geral.

As casas de apostas oferecem um cenário adequado para isso. As melhores do ramo abrem mercados para palpites em mais de duas dezenas de modalidades. Assim, em um dia considerado útil, é possível encontrar mais de 20 mil chances para criar cupons de apostas. Aos sábados e domingo, quando a programação esportiva é mais intensa, esse número supera com facilidade a casa dos 50 mil mercados.

Falta de conhecimento deixa de ser um problema intransponível

Uma das barreiras para seguir essa estratégia era a falta de conhecimento de algumas modalidades ou mercados. Afinal, é desaconselhável investir em apostas de algo em que não se tem conhecimento. Isso certamente aumenta a chance de fracasso do palpite. Contudo, as novas ferramentas de “sabedoria da multidão” permitem superar esse obstáculo.

Na falta de conhecimento suficiente, tome emprestado dos especialistas

Essa é uma tendência relativamente nova da Internet. Em vez de concentrar em alguns especialistas para que arrisquem previsões, faz-se justamente o contrário. São colhidas posições do maior número possível de pessoas e, dessa forma, o resultado indica uma tendência majoritária. A metodologia serviu como inspiração até mesmo para uma série de TV. “Wisdom of the Crowd”  teve entre outubro de 2017 e janeiro de 2018 a exibição de 12 episódios pela emissora norte-americana de TV CBS.

O roteiro da série mostra um programa de computador que analisa evidências de crimes e recorrendo aos usuários indica quais são os melhores rumos a serem seguidos durante a investigação.

Apostadores ganham ferramentas sociais para facilitar sua vida

Embora no caso do fictício seriado televisivo as ferramentas matemáticas sejam usadas para a solução de crimes, elas realmente existem e são empregadas em outros setores. Há instrumentos para que se conheça a opinião dos investidores das bolsas de valores, dos mercados de opções binárias, por exemplo.

Os apostadores também ganharam opções para que possam conhecer a opinião da coletividade e, dessa forma, ampliar seu número de possibilidades de investimento no mercado de apostas. Elas permitem que mesmo quem não seja um profundo conhecedor de determinada modalidade ou mercado possa saber o que os especialistas indicam e aproveitar-se dessa sabedoria.

Sites dão um passo adiante dos grupos de redes sociais

Nas redes sociais mais conhecidas, como Facebook, Twitter e Instragram, por exemplo, há grupos de apostas e tipsters – pessoas que dão conselhos sobre as melhores opções de apostas – que fornecem seus conhecimentos para outros apostadores. Porém, isso não representa uma opinião geral. Não pode ser qualificado como “sabedoria da multidão”, uma vez que não faz análise de um grupo maior de apostadores nem utiliza algoritmos para filtrá-las indicando aquilo que é realmente a opinião da coletividade.

Veja também: Sites-de-apostas tem um grupo no Facebook!

Para conseguir se beneficiar desse conhecimento é preciso recorrer a sites que são realmente especializados em apostas, principalmente esportivas. Isso impõe um pequeno problema. Como o mercado brasileiro ainda não chegou a esse nível de sofisticação, as ferramentas sociais de melhor qualidade só podem ser encontradas em língua inglesa. Não é, contudo, uma barreira intransponível, pois mesmo que não tenham fluência na língua, os apostadores, acostumados a lidar com sites internacionais, conhecem os jargões de mercado em inglês.

Tipstrr traz ranking dos apostadores de maior sucesso

Uma das excelentes opções é o site Tipstrr.  Disponível apenas em inglês, ele permite a inscrição grátis. Oferece aos usuários a possibilidade de acompanhar tipsters espalhados por todo o mundo e especializados em modalidades como futebol, corridas de cavalo, futebol americano, basquete e beisebol. A ferramenta acompanha os palpites de cada integrante de sua rede e oferece um ranking colocando no topo aqueles que conseguem os melhores resultados.

Isso significa uma análise de milhões de dicas para apostas. O ranking leva em consideração para determinar essas listagens o período em que se aposta, eliminando assim aqueles que apenas passam por uma maré de sorte; o número de palpites dados; a quantidade de previsões acertadas; o lucro obtido com os acertos e o fundamental ROI.

Essa sigla significa “Return on Investiment”, ou seja, o retorno do investimento. Para calcular esse índice são considerados todos os resultados das apostas (positivos ou negativos), além das cotações e do valor aplicado. Quando maior o ROI, mais bem-sucedido é o apostador. Isso indica quem merece ser seguido com mais atenção e ter seus palpites copiados.

Ferramenta permite ganhar dinheiro com dicas

Outra vantagem de Tipstrr é que assim que o usuário decide seguir determinado apostador, ele tem a possibilidade de receber suas dicas através de e-mail tão logo elas são publicadas. Contudo, nem sempre esse serviço é gratuito. Muitas vezes os tipsters cobram por suas dicas. Cabe, então, ao seguidor analisar de vale à pena fazer esse investimento.

Ainda que isso possa ser considerado uma desvantagem, também tem seu lado positivo. Afinal, o apostador que é especializado em determinada modalidade ou mercado pode construir seu perfil com palpites e, se tiver um bom índice de aproveitamento, atrair pessoas que paguem por suas dicas tornando-se, dessa maneira, um tipster profissional.

Redes britânicas dominam o mercado

Como não poderia deixar de ser, a Grã-Bretanha, uma espécie de Meca para os apostadores, domina o mercado de redes sociais para quem gosta de investir em esportes. Assim, quase todas as ferramentas dominantes de interação social entre apostadores tem sua origem no Reino Unido.

É o caso de “Want My Bet?” Além de oferecer um quadro com a forma recente dos apostadores (resultados dos últimos cinco palpites), número de vitórias, média de valor ganho, retorno total, maiores apostas e número de seguidores dos principais tipsters, apresenta ainda um blog com dicas e notícias e a possibilidade de ganhar prêmios semanais em dinheiro dependendo do desempenho dos apostadores. Tem ainda um aplicativo disponível para celulares com plataforma operacional Android e para iPhones.

Bet Share” segue a mesma linha, mas define seu ranking através dos pontos que concede avaliando o desempenho de cada um de seus tipsters. As dicas não são postadas apenas no site, mas também através do Twitter, Linkedln e Facebook.

Lembre-se de que o sucesso passado do tipster não é garantia de lucro futuro!

“Betfect” apresenta maior segmentação dos palpites em futebol, tênis, críquete, futebol americano, golfe, rúgbi, corrida de cavalo, além de ter uma listagem geral para todas as modalidades e outra para palpites em política. O ranking apresenta o número de seguidores de cada tipster, mostra sua forma recente (cinco últimas apostas), nível de risco dos palpites, cotação média, percentual de sucesso apresentado de acordo com o histórico, mas também filtrado por períodos menores (sete dias, 30 dias e 60 dias).

Uma novidade no mercado é “Youbetme”. Essa ferramenta é direcionada para usuários de dispositivos móveis como telefones celulares e tablets. O aplicativo ainda está em sua fase de testes, mas promete reunir grupos de apostadores e acompanhá-los em seus palpites para saber quem acerta o maior número de previsões e fatura mais dinheiro com isso.