Sites-de-apostas.net
Prognósticos e notícias de apostas

Amistoso

Nesta página você vai encontrar artigos sobre Amistoso.
football line
Palpite: Estônia x Islândia – Prognóstico 15/1/2019 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Estônia x Islândia

Nosso palpite

 

Empate!
Aposte agora em Bet365

Registre-se e aposte
com as melhores cotações para o jogo

 

As informações e o palpite para Estônia x Islândia

Fugindo do frio, as seleções de Estônia e Islândia fazem nesta terça-feira, 15 de janeiro, um amistoso visando a preparação para a disputa das eliminatórias para a edição 2020 da Eurocopa. A partida será disputada no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, no Catar. Serve para que os catarianos testem sua organização e instalações para que possam sediar a Copa do Mundo de 2022. O início do encontro está agendado para 14h45 (horário de Brasília).

O desempenho recente da Estônia

Na sexta-feira, 11 de janeiro, a Estônia já realizou um amistoso no país e derrotou a Finlândia por 2 a 1. Abriu o marcador aos 35 minutos da primeira etapa com Kams. Ampliou a vantagem aos 27 minutos do segundo tempo com Aniers e teve sua defesa vazada aos 36 minutos (Karjalainen).

O sucesso, no entanto, não refletiu com exatidão o que ocorreu dentro das quatro linhas. Recém-promovida para a League B, a Segunda Divisão da Liga das Nações da Europa, a Finlândia controlou o jogo. Teve a bola pela maior parte do tempo (555 a 45%), soube transformar essa vantagem em tentativas de finalização (17 a 6) e acertou mais vezes a meta adversária (oito a cinco).

O goleiro estoniano Lepmets, contudo, estava em uma jornada mais feliz que Viitala e foi decisivo para vitória de sua equipe, que na Liga das Nações da Europa esteve no mesmo grupo da Finlândia e acabou sendo rebaixada para Quarta Divisão.

Nas eliminatórias para Euro 2020, que não terá sede fixa, os estonianos foram sorteados no grupo C. Vão brigar por duas vagas com Alemanha, Holanda, Irlanda do Norte e Bielorússia. Sua estreia foi agendada para 21 de março. Como visitante, a Estônia terá pela frente os norte-irlandeses.

A forma atual da Islândia

A Islândia também teve compromisso no Catar na sexta-feira, 11 de janeiro. Diante da Suécia, ficou no empate por 1 a 1. Dessa maneira, ao entrar em campo nesta terça-feira, a equipe terá completado um ano sem ter obtido uma vitória sequer.

O sucesso mais recente aconteceu em 14 de janeiro de 2014 quando derrotou a Indonésia, por 4 a 1, em amistoso. Desde então, disputou 14 partidas. Foram nove derrotas e cinco empates. Nesse período, a Islândia foi eliminada da Copa do Mundo da Rússia ainda na primeira fase e rebaixada para Segunda Divisão da Liga das Nações da Europa.

Contra os suecos, saíram em vantagem com gol de Karlsson aos quatro minutos do primeiro tempo. Levaram a virada no segundo tempo com tentos aos dois (Gyokeres) e 21 (Thern) minutos. O empate aconteceu já nos acréscimos, aos 46 minutos, com Thorteinsson.

Depois de conseguir na Euro 2016 a classificação para a fase final do torneio pela primeira vez e ainda alcançando as quartas de final, a Islândia vai disputar a vaga para a edição 2020 no grupo H, que tem também França, Turquia, Moldávia, Albânia e Andorra. Sua estreia está programada para 25 de março, contra os franceses, na casa dos rivais.

Histórico dos confrontos entre Estônia x Islândia

Foram somente cinco os encontros envolvendo islandeses e estonianos. A Islândia ganhou três vezes, perdeu um e houve uma igualdade. O empate foi justamente no mais recente. O amistoso realizado em 2015 ficou no 1 a 1.

Prognóstico final para Estônia x Islândia

Por não ser um amistoso que utiliza as datas que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) reserva para essa finalidade, as seleções não podem contar com atletas que jogam em times do exterior, uma vez que estes não são obrigados a cedê-los.

Assim, usam apenas os jogadores que atuam nas ligas nacionais, que estão paralisadas devido ao forte inverno no país. Isso, além de apresentar limitações técnicas, também impõe problemas físicos, uma vez que os jogadores não estão em ritmo de competição. Foram, inclusiva, e realização de grande número de substituições que acabam modificando a relação de forças. O prognóstico na igualdade acaba sendo boa opção diante das circunstâncias.

Prognóstico para Estônia x Islândia – empate – cotação* de 3,30 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

*As cotação estava disponível às 16h35 de 14/1/2019 na plataforma de apostas esportivas de Bet365

football line
Palpite: Suécia x Islândia – Prognóstico 11/1/2019 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Suécia x Islândia

Nosso palpite

 

Suécia!
Aposte agora em Betfair

Registre-se e aposte
com as melhores cotações para o jogo

 

As informações e o palpite para Suécia x Islândia

Suécia e Islândia fazem nesta sexta-feira, 11 de janeiro, um amistoso preparatório para a disputa das eliminatórias para edição de 2020 da Eurocopa, que vão começar em março. A partida será realizada no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, no Catar, e serve para que os locais testem suas instalações e capacidade administrativa já visando a Copa do Mundo de 2022, que será sediada no país. O pontapé inicial está marcado para 14h45 (horário de Brasília).

Nem suecos nem islandeses contam com suas equipes principais. Os jogadores mais importantes dos dois países atuam no exterior. Como o encontro não se enquadra em uma das datas que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) reserva para partidas entre seleções, os clubes não são obrigados a cedê-los. Assim, os treinadores têm que se virar com os atletas que atuam nas ligas nacionais, que estão paralisadas devido ao forte inverno.

O desempenho recente da Suécia

Os suecos já realizaram um amistoso na quarta-feira, 8 de janeiro, no Catar. Foram derrotados pela Finlândia, por 1 a 0, que recentemente conseguiu o acesso para a League B da Liga das Nações da Europa, a Segunda Divisão da competição que teve sua edição inaugural.

Assim como acontece como time principal, a seleção B da Suécia mostrou grande dificuldade para saber administrar a posse de bola. Teve a pelota a maior parte do tempo (59% a 41%), mas nem assim conseguiu finalizar mais que os rivais (oito a dez). O pior índice, no entanto, foi o da qualidade dos chutes a gol. Só três dos tiros suecos tiveram a direção certa enquanto a Finlândia mandou seis de suas bolas no alvo mostrando, dessa maneira, a justiça de seu sucesso.

Embora estrategicamente a situação seja similar quando a Suécia recorre a seu time principal, os talentos que atuam no exterior conseguem compensar essa deficiência. Foi assim que a equipe conseguiu se classificar nas eliminatórias para Copa do Mundo da Rússia de 2018 deixando para trás nas eliminatórias favoritos como Holanda e Itália chegando até a fase de oitavas de final do Mundial.

Também garantiu o primeiro lugar do grupo 2 da League B da Liga das Nações da Europa e o acesso para Primeira Divisão da Competição ao somar sete pontos (duas vitórias, um empate e uma derrota). Superou Rússia (sete pontos, mas em desvantagem nos critérios de desempate) e Turquia (três pontos).

Nas eliminatórias para Euro 2020, a Suécia foi sorteada no grupo F, que conta também com Romênia, Espanha, Noruega, Malta e Ilhas Faroe. Fará sua estreia em 10 de junho contra os espanhóis, na casa dos rivais.

A forma atual da Islândia

Os islandeses começaram a disputa da Liga das Nações na Primeira Divisão. Mas não resistiram. Foram rebaixados para League B ao terminar sua participação sem ter conseguido um ponto sequer. Ficaram na última posição do grupo 2, que teve a Suíça classificada para as semifinais e a Bélgica na segunda colocação. Ambas as equipes alcançaram nove pontos com os suíços levando vantagem no desempate.

A seleção da Islândia, que causou sensação ao alcançar a fase de quartas de final da Euro 2016, na França, justamente em sua primeira participação em etapa final do torneio, e, na sequência, classificar-se para a disputa da Copa do Mundo da Rússia, não consegue uma vitória desde 14 de janeiro de 2018. Desde então, realizou 13 partidas (quatro empates e nove derrotas).

A mais recente delas foi justamente contra a seleção do Catar, em 19 de novembro. Terminou em igualdade de 2 a 2. Nas eliminatórias para Euro 2020, a Islândia está no grupo H com França, Turquia, Moldávia, Albânia e Andorra. Vai estrear contra os franceses, no campo dos rivais, em 25 de março.

Histórico dos confrontos entre Suécia x Islândia

A Suécia venceu 11 das 15 partidas que realizou contra a seleção islandesa. Das quatro restantes, a Islândia ganhou duas e houve duas igualdades. O encontro mais recente foi registrado em 2014. Os suecos marcaram 2 a 0 no amistoso.

Prognóstico final para Suécia x Islândia

Embora a impossibilidade de contar com atletas que atuem em outros países seja danosa tanto para Suécia quanto para Islândia, o problema atinge os islandeses com mais força. Afinal, o país não tem tantos recursos técnicos quanto o rival. Dessa maneira, o prognóstico na vitória dos suecos acaba sendo a opção mais adequada para o amistoso desta sexta-feira no Catar.

Prognóstico para Suécia x Islândia – vitória da Suécia – cotação de 2,05 na plataforma de apostas esportivas de Betfair.

football line
Palpite: Finlândia x Estônia – Prognóstico 11/1/2019 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Finlândia x Estônia

Nosso palpite

 

Finlândia!
Aposte agora em Bet365


Registre-se e aposte
com as melhores cotações para o jogo

 

As informações e o palpite para Finlândia x Estônia

Pensando nas eliminatórias para edição de 2020 da Eurocopa, as seleções de Finlândia e Estônia vão medir forças nesta sexta-feira, 11 de janeiro. O encontro será realizado no estádio Internacional Khalifa, em Doha, no Catar, que será sede da Copa do Mundo de 2022. O pontapé inicial agendado para 10h (horário de Brasília).

O desempenho recente da Finlândia

Na quarta-feira, 8 de janeiro, os finlandeses fizeram o primeiro amistoso da série preparatória e obtiveram um resultado significativo. Derrotaram a Suécia, que também está aproveitando o período de paralisação dos torneios nacionais devido ao forte inverto para buscar novos talentos para a seleção, por 1 a 0.

No entanto, tal resultado diante de uma equipe que conseguiu disputar a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, precisa ser visto com alguma reserva. Como o período de janeiro não é considerado uma data que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) reservou para amistosos entre seleções, os clubes não são forçados a ceder atletas. No caso da Suécia, por exemplo, isso significa a utilização de um time B. No caso dos finlandeses, essa limitação tem um efeito menor.

Independentemente do significado da vitória em cima da Suécia, o fato é que a Finlândia tem mostrado melhora recente na qualidade do futebol desenvolvido. No ano passado, a seleção disputou a Terceira Divisão da edição inaugural da Liga das Nações da Europa e conseguiu o acesso para League B.

Foi a campeã do grupo 2 tendo alcançado 12 (quatro vitórias e duas derrotas) dos 18 pontos possíveis. Marcou cinco gols e sofreu três deixando para trás equipes tradicionais como Hungria (dez pontos) e Grécia (nove pontos). Na lanterna da chave ficou a Estônia, com quatro pontos.

Dos últimos dez jogos que realizou, a Finlândia venceu sete e perdeu três. Tem seu sistema tático embasado em um forte sistema defensivo montado pelo técnico Markku Kanerva, de 54 anos. Contra os suecos, ele conseguiu produzir mais mesmo tendo menos posse de bola (41% a 59%). Seu time tentou dez finalizações contra oito da Suécia e mandou seis no alvo, sendo que os rivais conseguiram enviar apenas três chutes na direção certa.

Na briga por vaga na edição de 2020 da Euro, o sorteio colocou os finlandeses no grupo J. Estão ao lado de Itália, Grécia, Armênia, Bósnia e Hezergovina e Liechtenstein. Os resultados recentes mostram que existe uma chance real de que possam conseguir um lugar na fase final da competição. Sua estreia foi agendada para 5 de setembro diante dos gregos, em casa.

A forma atual da Estônia

Os estonianos, ao contrário, indicaram que estão andando para trás em seu processo de formação de uma equipe. Com os quatro pontos (uma vitória, um empate e quatro derrotas) conquistados na edição de abertura da Liga das Nações da Europa acabaram sendo rebaixados para League D, a Quarta e última divisão do torneio. Assinalaram quatro gols e sofreram oito na campanha.

Dos dez últimos jogos disputados, incluindo encontros oficiais e amistosos, venceram duas partidas, empataram um encontro e deixaram o campo derrotados em sete oportunidades. Isso indica que a batalha por uma vaga na Euro 2020 não é das mais promissoras.

A Estônia foi colocada no grupo C, que tem ainda Alemanha, Holanda, Irlanda do Norte e Bielorrússia. A expectativa é de que a equipe fique na última colocação da chave. Sua estreia está marcada para 21 de março contra a Irlanda do Norte no campo do adversário.

Histórico dos confrontos entre Finlândia x Estônia

A Finlândia leva ampla vantagem no retrospecto de encontros com a Estônia. Foram 18 vitórias, nove empates e sete derrotas. Os jogos mais recentes aconteceram na Liga das Nações da Europa. Ambos tiveram vitória finlandesa por 1 a 0 no ano passado.

Prognóstico final para Finlândia x Estônia

Os finlandeses deram uma prova clara que estão um ou dois degraus acima em termos de desenvolvimento de futebol na comparação com os estonianos durante a disputa da Liga das Nações da Europa. Ainda que o fato a disputa de uma partida amistosa diminuir essa diferença, uma vez que a competitividade é deixada de lado, o prognóstico na vitória da Finlândia é a melhor opção para o encontro desta sexta-feira.

Prognóstico para Finlândia x Estônia – vitória da Finlândia – cotação de 1,60 na plataforma de apostas esportivas de Betfair.

football line
Palpite: África do Sul x Paraguai – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para África do Sul x Paraguai

*Cotações para este jogo

1 X 2
2,75 3,00 2,70

Nosso palpite para África do Sul x Paraguai: Paraguai

*As cotações estavam disponíveis às 13h59 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para África do Sul x Paraguai

Começa oficialmente nesta terça-feira, 20 de novembro, a campanha do Paraguai na tentativa de alcançar um lugar na Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar. O amistoso com a África do Sul marca a estreia do técnico colombiano Juan Carlos Osório, ex-São Paulo e seleção do México, no comando da equipe. A partida será realizada no estádio Moses Mabhida, em Durban, na África do Sul. O início foi marcado para 15h (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O desempenho recente da África do Sul

Os sul-africanos estão em meio à disputa das eliminatórias da Copa das Nações Africanas. No sábado, 17 de novembro, em casa, ficaram no empate, por 1 a 1, com a equipe da Nigéria. Chegaram, dessa maneira, aos nove pontos (duas vitórias e três empates) no grupo E.

Estão na vice-liderança da chave, que leva os dois primeiros colocados para o estágio seguinte. Os nigerianos, líderes com dez, já estão classificados. A segunda vaga está entre a África do Sul e a Líbia, que está na terceira colocação com sete. Resta apenas uma jornada para o final, que será realizada em março do ano que vem. Os sul-africanos precisarão defender a posição encarando os líbios na casa dos rivais.

Assim, o duelo diante dos paraguaios é considerado pelo técnico Stuart Baxter uma oportunidade para oferecer mais experiência a sua equipe, que defende invencibilidade de nove partidas (quatro vitórias e cinco empates).

Para o duelo contra os nigerianos e o amistoso dessa terça-feira, ele chamou os seguintes atletas:

Goleiros: Khune Itumeleng (Kaizer Chiefs FC), Williams Ronwen (Supersport United FC) e Keet Darren (Bidvest Wits FC);

Defensores: Mphahlele Ramhlwe (Kaizer Chiefs FC), Madisha Motjeka (Mamelodi Sundowns FC), Xulu Sivanda (Maritzburg United FC), Hlatshwayo Thulani (Bidvest Wits FC), Maela Innocent (Orlando Pirates FC), Hlanti S´Fiso (Bidvest Wits FC), Mkhwanazi Buhle (Bidvest Wits FC) e Mkhize Thamsanga (Cape Town City FC);

Meias: Pule Vincent (Orlando Pirates FC), Maboe Lebogang (Mamelodi Sundowns FC), Kekana (Mamelodi Sundowns FC), Makaringa Fortune ( Maritzburg United FC), Mokoena Teboho (Supersport United FC), Mabunda Samuel (Mamelodi Sundowns FC), Lorch Trembinkosi (Orlando Pirates FC) e Serero Thulani (SBV Vitesse FC, Holanda);

Atacantes: Zwane Themba (Mamelodi Sundowns FC), Mothiba Lebo (Strasbourg, França), Ndlovu Dino (Zhejiang Greentown FC, China) e Tau Percy (Royal Union Saint FC, Bélgica).

A forma atual do Paraguai

Juan Carlos Osorio ganhou fama como treinador por utilizar métodos fora do comum. Sua estreia na seleção do Paraguai se encaixa nessa linha de trabalho. Ele foi confirmado no comando da equipe no período que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) reservou para amistosos em outubro. No entanto, optou por convocar os atletas somente para treinamentos.

Em novembro, também fugiu da programação normal, que geralmente estabelece duas partidas amistosas. Preferiu realizar número maior de treinamentos e deixou para o último dia o jogo para testar seus atletas. Algo que pode causar ganhos técnicos, mas certamente aterroriza os cartolas, que perdem, dessa maneira, a chance de encher os cofres com a venda de direitos de transmissões das partidas, além de terem reduzidas outras fontes de receita.

Dificilmente sobreviverá no cargo se mantiver essa linha de trabalho, que exige, no mínimo, resultados muito acima da expectativa. As cobranças certamente já surgirão em 2019, na Copa América, que será disputada no Brasil.

Para o primeiro teste, o treinador chamou os seguintes atletas:

Goleiros: Antony Silva (Cerro Porteño), Alfredo Aguilar (Olimpia) e Santiago Rojas (Nacional);

Defensores: Fabián Balbuena (West Ham, Inglaterra), Junior Alonso (Celta de Vigo, Espanha), Bruno Valdez (América, México), Lorenzo Melgarejo (Spartak de Moscou, Rússia), Juan Patiño (Olimpia), Santiago Arzamendia (Cerro Porteño), Omar Alderete (Huracán, Argentina) e Juan Escobar (Cerro Porteño);

Meias: Richard Ortiz (Olimpia), Rodrigo Rojas (Cerro Porteño), Cecilio Domínguez (América, México), Miguel Almirón (Atlanta United, Estados Unidos), Celso Ortiz (Monterrey, México), Alejandro Romero Gamarra (New York Red Bulls, Estados Unidos), Cristhian Paredes (Portland Timbers, Estados Unidos), Héctor “Tito” Villalba (Atlanta United, Estados Unidos) e Blas Cáceres (General Díaz, Paraguay).

Atacantes: Ángel Romero (Corinthians), Derlis González (Santos, Brasil), Tonny Sanabria (Bétis, Espanha) e Federico Santander (Bologna FC, Itália).

Histórico dos confrontos entre África do Sul x Paraguai

As equipes tiveram quatro enfrentamentos prévios. Foram dois empates e uma vitória para cada lado. Apenas uma dessas partidas foi oficial. Aconteceu na Copa do Mundo de 2002, dividida por Coreia do Sul e Japão. Houve empate por 2 a 2.

Prognóstico final para África do Sul x Paraguai

Embora a seleção sul-africana apresente uma longa série invicta, ela é recheada de empates e apresenta adversários de baixo poderio técnico. O Paraguai conta com atletas de melhor nível, teve oportunidade de preparação mais adequada e está motivado pela estreia de novo treinador. Isso faz com que o prognóstico na vitória dos visitantes seja o mais adequado para o amistoso.

Prognóstico para África do Sul x Paraguai – vitória do Paraguai – cotação de 2,70 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Turquia x Ucrânia – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Turquia x Ucrânia

*Cotações para este jogo

1 X 2
2,20 3,00 3,50

Nosso palpite para Turquia x Ucrânia: empate

*As cotações estavam disponíveis às 9h15 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Turquia x Ucrânia

Com suas participações na Liga das Nações da Europa encerradas, as seleções de Turquia e Ucrânia fecham nesta terça-feira, 20 de novembro, seu calendário em 2019 com amistoso a ser realizado na Antalya Arena, na Turquia. O pontapé inicial foi agendado para 15h30 (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

A forma atual da Turquia

Os turcos foram colocados no grupo 2 da League B da Liga das Nações da Uefa. Disputaram, também em seus domínios, a sua quarta e última partida no sábado, 17 de novembro, diante da Suécia.
Ao serem derrotados por 1 a 0, com gol assinalado por Granqvist, em cobrança de pênalti, aos 26 minutos da segunda etapa, ficaram na terceira – última – posição com três pontos (uma vitória e três derrotas). Acabaram, dessa maneira, sendo rebaixados para a League C, a Terceira Divisão, na próxima edição do torneio, que está programada para 2022.

Mais uma frustração para a equipe que já não havia conseguido se classificar para a disputa da Copa do Mundo da Rússia de 2018. Dessa maneira, a partida desta terça-feira acaba se tornando o início oficial do ciclo preparatório para as eliminatórias da Eurocopa 2020. Os jogadores disponíveis para o duelo são:

Goleiros: Gokhan Akkan (Caykur Rizespor), Serkan Kirintili (Atiker Konyaspor) e Sinan Bolat (Royal Antwerp);

Defensores: Mehmet Zeki Celik (Lille), Mert Muldur (Rapid Viena), Caglar Soyuncu (Leicester City), Ertugrul Ersoy (Bursaspor), Kaan Ayhan (Fortuna Dusseldorf), Merih Demiral (Aytemiz Alanyaspor), Serdar Aziz, Omer Bayram (Galatasaray) e Hasan Ali Kaldirim (Fenerbahce);

Meias: Cengiz Under (Roma), Serdar Gurler (Huesca), Aytac Kara (Bursaspor), Irfan Can Kahveci, Mahmut Tekdemir (Medipol Basaksehir), Oguzhan Ozyakup (Besiktas), Okay Yokuslu (Celta Vigo), Tarkan Serbest (Kasimpasa), Hakan Calhanoglu (Milan) e Yunus Malli (Wolfsburg);

Atacantes: Cenk Tosun (Everton) e Enes Unal (Real Valladolid).

O desempenho recente da Ucrânia

Os ucranianos também começaram a Liga das Nações no segundo nível, mas em 2022 estarão na divisão de elite da competição. Conseguiram isso ao ficar com o título do grupo 1. Alcançaram nove pontos (três vitórias e uma derrota) deixando República Checa e Eslováquia para trás.

Chegaram ao topo com duas rodadas de antecipação, o que permitiu ao técnico Andriy Shevchenko encarar sua última partida no torneio, o duelo contra a Eslováquia, pela jornada de número cinco, como mero amistoso. A Ucrânia acabou sendo goleada, na sexta-feira, 16 de novembro, por 4 a 1. Teve, dessa maneira, interrompida uma série invicta que atingiu nove confrontos (seis vitórias e três empates).

A sequência começou justamente diante da Eslováquia. Em 10 de novembro do ano passado, em casa, os ucranianos fizeram 2 a 1 no primeiro jogo após encerrarem sua participação fracassada nas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia de 2018.

Para o duelo desta terça-feira, que também serve como preparação para as eliminatórias visando a Euro 2020, Schvchenko tem os seguintes atletas à sua disposição:

Goleiros: Andriy Pyatov, Denis Boyko e Andrew Lunin;

Defensores: Sergey Krivtsov, Nikolay Matvienko, Alexander Karavaev, Nikita Burda, Vasyl Kravets, Igor Plastun e Vitaliy Mikolenko;

Meio-campistas: Viktor Tsigankov, Taras Stepanenko, Eugene Konoplyanka, Viktor Kovalenko, Ivan Petryak, Vitaly Buyalsky, Alexander Zinchenko, Ruslan Maliovsky, Mykola Shaparenko, Yevhen Makarenko e Sergey Bolbat;

Atacantes: Roman Yaremchuk, Andrew Boryachuk e Marian Schwed.

Histórico dos confrontos entre Turquia x Ucrânia

A Turquia venceu metade dos oito confrontos que teve diante da Ucrânia. A outra metade dos encontros se dividiu entre sucessos ucranianos e igualdades.

Prognóstico final para Turquia x Ucrânia

O sucesso ucraniano na Liga das Nações da Europa se deveu essencialmente a um alto nível de competitividade e dedicação. A limitação técnica dos atletas não permite relaxamento. Quando isso acontece, a derrota acaba sendo o resultado mais provável. Depois da goleada na Eslováquia, é provável que exista uma reação, ainda que o jogo não seja encarado como oficial. Diante de uma Turquia sem grandes ambições e desestruturada, o prognóstico na igualdade acaba sendo boa opção para palpite.

Prognóstico para Ucrânia x Turquia – empate – cotação de 3,00 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Albânia x País de Gales – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Albânia x País de Gales

*Cotações para este jogo

1 X 2
3,60 3,20 2,15

Nosso palpite para Albânia x País de Gales: País de Gales

*As cotações estavam disponíveis às 9h33 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Albânia x País de Gales

Albânia e País de Gales fazem nesta terça-feira, 20 de novembro, sua última partida no ano. Após encerrarem suas participações na Liga das Nações da Europa, as seleções vão se enfrentar em amistoso na Arena Elbasan, em Elbasani, na Albânia, com capacidade para pouco menos de 13 mil torcedores. O pontapé inicial foi agendado para 17h (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O desempenho recente da Albânia

No sábado, 17 de novembro, atuando como mandantes, os albaneses foram goleados pelos escoceses, por 4 a 0, fechando sua participação no grupo 1 da League C, a Terceira Divisão da Liga das Nações da Europa.

Com três pontos (uma vitória e três derrotas), ficou no último lugar da chave que tinha ainda a seleção de Israel. Está ameaçada de rebaixamento para a League D. Porém, como há grupos com três e quatro participantes, dependerá dos resultados da rodada final das outras chaves para que essa definição aconteça.

Assim, seus torcedores estarão de olho no amistoso contra País de Gales, mas também ligados nos demais jogos que definirão o futuro dos albaneses no torneio. Para a partida desta terça-feira, o técnico Christian Panucci têm à disposição os seguintes atletas:

Goleiros: Etrit Berisha (Atlanta), Thomas Strakosha (Lazio) e Alban Hoxha (Partizani Tirana);

Defensores: Mergim Mavraj (Aris Thessaloniki), Elseid Hysaj (Napoli), Berat Gjimshiti (Atalanta), Freddie Veseli (Empoli), Egzon Binaku (Malmo), Kastriot Dermaku (Cosenza) e Ardian Ismajli (Hajduk Split);

Meias: Andi Lila (Giannina), Ledian Memushaj (Pescara), Migjen Basha (Aris Thessaloniki), Taulant Xhaka (Basel), Ergys Kace (Panathinaikos), Sabien Lilaj (Gabala), Eros Grezda (Rangers), Emanuele Ndoj (Brescia), Enis Gavazaj e (Yenisey Krasnoyarsk);

Atacantes: Bekim Balaj (Akhmat Grozny), Rey Manaj (Albacete), Myrto Uzuni (Lokomotiva), Giacomo Vrioni (Venezia), Egli Kaja (Livingston) e Albion Ademi (Inter Turku).

A forma atual do País de Gales

O amistoso contra a Albânia acabou apresentando-se valioso para o técnico Ryan Giggs, do País de Gales. Depois da derrota, por 2 a 1, para a Dinamarca, na última participação de sua seleção na League B, a Segunda Divisão da Liga das Nações da Europa, ele fez uma convocação de emergência. Chamou Rabbi Matondo, de 18 anos.

Nascido na cidade inglesa de Liverpool, Matondo, que atuou seis vezes na equipe sub-21 de Gales, também poderia jogar pelas equipes da Inglaterra e República Democrática do Congo de acordo com suas raízes familiares, fez a opção pelo país, que resolveu evitar qualquer mudança de opinião colocando-o em uma partida oficial. Se não fizesse isso agora, a próxima oportunidade só surgiria em março.

A seleção de País de Gales foi eliminada da Liga das Nações da Europa com a derrota diante da Dinamarca. Ao ficar estacionada com seis pontos (duas vitórias e duas derrotas), terminou na segunda posição do grupo 4.

Além de Matondo, Giggs tem à sua disposição para o duelo desta terça-feira os seguintes atletas: Wayne Hennessey (Crystal Palace), Danny Ward (Leicester City), Adam Davies (Barnsley),Connor Roberts (Swansea City), Chris Gunter (Reading), James Chester (Aston Villa), Chris Mepham (Brentford), Ethan Ampadu (Chelsea), Tom Lockyer (Bristol Rovers), James Lawrence (Anderlecht), Paul Dummett (Newcastle United), Neil Taylor (Aston Villa), Joe Allen (Stoke City), Matthew Smith (FC Twente), Aaron Ramsey (Arsenal), Andy King (Leicester City), George Thomas (Scunthorpe United), Harry Wilson (Derby County), David Brooks (Bournemouth), Dan James (Swansea City), Ben Woodburn (Sheffield United), Tom Lawrence (Derby County), Tyler Roberts (Leeds United), Sam Vokes (Burnley), Gareth Bale (Real Madrid).

Histórico dos confrontos entre Albânia x País de Gales

As equipes tiveram somente dois enfrentamentos prévios. Eles aconteceram nas eliminatórias para Euro 1996. Em Gales, os donos da casa venceram por 2 a 1. Na Albânia, houve empate por 1 a 1.

Prognóstico final para Albânia x País de Gales

Embora a seleção de País de Gales não seja um time de ponta, na comparação com a Albânia apresenta superioridade técnica. Dessa maneira, o prognóstico na vitória dos visitantes é a melhor opção para o amistoso desta terça-feira.

Prognóstico para Albânia x País de Gales – vitória do País de Gales – cotação de 2,15 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Brasil x Camarões – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Brasil x Camarões

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,12 8,50 19,00

Nosso palpite para Brasil x Camarões: Brasil

*As cotações estavam disponíveis às 10h32 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Brasil x Camarões

A seleção brasileira fecha nesta terça-feira, 20 de novembro, a temporada 2018. Vai enfrentar a equipe de Camarões na última partida do ano. O amistoso será disputado no modesto estádio MK, em Milton Keynes, na Inglaterra, que tem capacidade máxima para 30 mil expectadores. O início da partida foi agendado para 17h30 (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O desempenho recente do Brasil

Não há como evitar o rótulo de insatisfatória como classificação da temporada 2018 da seleção brasileira. Fruto da queda diante da Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Porém, o resultado no Mundial acabou sendo melhor do que se poderia prever diante do que o time vinha mostrando nas eliminatórias sul-americanas para a competição.

O mesmo pode ser dito em relação aos amistosos pós-Copa do Mundo. Os números são impecáveis. Em cinco partidas, cinco vitórias: Estados Unidos, El Salvador, Arábia Saudita, Argentina e Uruguai. Foram 11 gols marcados e nenhum sofrido. Porém, a qualidade de futebol mostrado caiu. A seleção brasileira tem atuado de forma burocrática. Andou para trás.

Isso dentro de campo. Fora das quatro linhas, nada mudou. A prioridade segue sendo ganhar dinheiro com venda de direitos de transmissão e patrocínio. Dessa maneira, o time faz a sexta partida depois da Copa do Mundo fora do país. Para ela, o técnico Tite tem à disposição os seguintes atletas:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Gabriel Brazão (Cruzeiro);

Defensores: Filipe Luís (Atlético de Madrid), Danilo (Manchester City), Fabinho (Liverpool), Marquinhos (PSG), Alex Sandro (Juventus), Miranda (Inter de Milão), Dedé (Cruzeiro) e Pablo (Bourdeaux);

Meias: Arthur (Barcelona), Rafinha (Barcelona), Allan (Napoli), Renato Augusto (Beijing Guoan), Paulinho (Guangzhou Evergrande) e Walace (Hannover 96);

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Willian (Chelsea), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton)

A forma atual de Camarões

Enquanto a seleção brasileira realizou apenas amistosos depois da Copa do Mundo da Rússia, a equipe de Camarões, que não conseguiu vaga no Mundial, está em ritmo de competição. Na sexta-feira, 16 de novembro, encarou Marrocos pela Copa das Nações Africanas.

Isso não significa, todavia, que tem competido bem. Apanhou por 2 a 0 na casa do rival. Porém, em um grupo considerado fraco, está muito perto de conseguir vaga na próxima etapa. Com oito pontos (duas vitórias, dois empates e uma derrotas), ocupa o segundo posto da chave B, atrás somente dos marroquinos, que somaram dez pontos e já estão classificados.

Restando uma jornada para o encerramento da fase de classificação, vai definir seu futuro na sexta e última rodada, Camarões vai receber Comoros, terceira colocada com cinco pontos, em jogo agendado para 22 de março. Precisa somente do empate para garantir o segundo posto.

O time é comandado por Clarence Seedorf, atleta holandês que entre os clubes que defendeu está o Botafogo. Como técnico, passou brevemente pelo Milan e, na temporada passada, não evitou o rebaixamento do La Coruña no Campeonato Espanhol.

Para o confronto com o Brasil ele chamou os seguintes atletas:

Goleiros: André Onanda (Ajax), Fabrice Ondoa (Oostende) e Carlos Kameni (Fenerbahce);

Defensores: Fai Collins (Santard Liége), Jerome Onguene (RB Salzburg), Michael Ngadeu Ngadjui (Slavia Praga), Jeando Fuchs (Sochaux), Yaya Banan (Panionios), Jean Kana-Biyik (Kayserispor), Gaetan Bong (Brighton) e Ambroise Oyongo Bitolo (Montpellier);

Meias: Petrus Boumal (Ural), André Zambo Anguissa (Fulham), Pierre Malong (Mainz), Georges Mandjeck (Maccabi Haifa) e Arnaud Djoum (Hearts);

Atacantes: Eric-Maxim Choupo-Moting (PSG), Fabrice Olinga (Royal Excel), Stephane Bahoken (Angers), Jacques Zoua (Astra Giurgi), Clinton Njie (Marselha), Christian Bassogog (Henan Jianye) e Karl Ekambi (Villarreal).

Histórico dos confrontos entre Brasil x Camarões

Foram somente cinco os enfrentamentos entre as seleções ao longo da história. Os brasileiros ganharam quatro e sofreram uma derrota. O mais recente deles aconteceu na Copa do Mundo de 2014, que foi sediada no Brasil. Os donos da casa golearam por 4 a 1.

Prognóstico final para Brasil x Camarões

O estilo burocrático – ou pragmático – da seleção brasileira não é capaz de empolgar, mas é suficiente para evitar que se abra espaço para palpites de risco em jogos como este. Assim, o prognóstico na vitória da equipe nacional é a melhor opção para o amistoso desta terça-feira na Inglaterra.

Prognóstico para Brasil x Camarões – vitória do Brasil – cotação de 1,12 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Itália x EUA – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Itália x EUA

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,53 4,00 6,00

Nosso palpite para Itália x EUA: Itália

*As cotações estavam disponíveis às 10h03 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Itália x EUA

Com mais um vexame acrescentado à sua lista, a Itália abre nesta terça-feira, 20 de novembro, sua fase de preparação para Euro 2020. Vai enfrentar a seleção dos Estados Unidos. O amistoso será realizado na Luminus Arena, em Genk, na Bélgica. O início da partida foi agendado para 17h45 (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O desempenho recente da Itália

Após ter sido eliminada da Copa do Mundo da Rússia de 2018, a Itália caiu no sábado, 17 de novembro, na primeira fase da edição inaugural da Liga das Nações da Europa. Atuando em casa, a Azzurra não passou do empate sem gols com Portugal, que ficou com o primeiro lugar do grupo 3 da League A.

Com cinco pontos (uma vitória, dois empates e uma derrota), os italianos tiveram que se conformar com a segunda posição da chave. Mostraram, dessa maneira, que o trabalho do técnico Roberto Mancini não apresentou a evolução considerada necessária depois do fracasso nas eliminatórias para o último mundial.

A preocupação se concentra principalmente no desempenho ofensivo. Em quatro partidas, os italianos marcaram somente dois gols. Na partida contra Portugal, precisando vencer para manter as esperanças de classificação, a equipe mandou somente três tiros na direção do gol adversário. Enfim, o mesmo problema que causou a queda diante da Suécia na repescagem das eliminatórias europeias para o Mundial russo.

Com Mancini na direção, a Itália fez dois gols em um jogo somente uma vez. Foi contra a frágil Arábia Saudita quando os italianos ganharam, por 2 a 1, em 28 de maio, ainda antes do Mundial. Para o duelo desta terça-feira, a expectativa é de que o treinador coloque em campo alguns novatos na tentativa de tornar o time mais ofensivo. Para isso, ele tem como opções no elenco os seguintes jogadores:

Goleiros: Gianluigi Donnarumma (AC Milan), Alessio Cragno (Cagliari) e Salvatore Sirigu (Torino);

Defensores: Cristiano Biraghi (Fiorentina), Leonardo Bonucci (Juventus), Giorgio Chiellini (Juventus), Mattia De Sciglio (Juventus), Emerson Palmieri (Chelsea, Inglaterra), Alessandro Florenzi (Roma), Alessio Romagnoli (AC Milan) e Daniele Rugani (Juventus);

Meias: Nicolo Barella (Cagliari), Roberto Gagliardini (Inter Milan), Jorginho (Chelsea, Inglaterra), Lorenzo Pellegrini (Roma), Stefano Sensi (Sassuolo), Sandro Tonali (Brescia) e Marco Verratti (Paris Saint-Germain, França);

Atacantes: Domenico Berardi (Sassuolo), Federico Bernardeschi (Juventus), Federico Chiesa (Fiorentina), Vincenzo Grifo (Hoffenheim, Alemanha), Ciro Immobile (Lazio), Lorenzo Insigne (Napoli), Kevin Lasagna (Udinese), Leonardo Pavoletti (Cagliari) e Matteo Politano (Inter Milan).

A forma atual dos Estados Unidos

A situação da seleção norte-americana não é muito diferente. Guardadas as proporções, os Estados Unidos, que também ficaram fora da Copa do Mundo da Rússia, talvez tenham dado um vexame ainda maior, uma vez que a classificação através das eliminatórias das Américas do Norte e Central é bem mais fácil.

Por isso, Dave Sarachan foi chamado para promover um profundo processo de reformulação. Tem feito isso. Chamou mais de 50 atletas em suas convocações iniciais. Os resultados, no entanto, estão longe de serem considerados animadores. Nas últimas sete partidas, o time venceu somente uma vez, empatou duas e sofreu quatro derrotas. A mais recente delas na última quinta-feira, 15 de novembro. Levou 3 a 0 da Inglaterra, em Wembley.

Para a bateria de amistosos de novembro, Sarachan chamou 28 atletas. São eles:

Goleiros: Brad Guzan (Atlanta United FC), Ethan Horvath (Club Brugge) e Zack Steffen (Columbus Crew);

Defensores: John Brooks (Wolfsburg), Reggie Cannon (FC Dallas), Cameron Carter-Vickers (Swansea City), Aaron Long (New York Red Bulls), Matt Miazga (Nantes), Shaq Moore (Reus Deportiu), Antonee Robinson (Wigan Athletic), Jorge Villafaña (Portland Timbers), DeAndre Yedlin (Newcastle United) e Walker Zimmerman (Los Angeles FC);

Meio-campistas: Kellyn Acosta (Colorado Rapids), Tyler Adams (New York Red Bulls), Luca de la Torre (Fulham), Marky Delgado (Toronto FC), Romain Gall (Malmö), Julian Green (Greuther Fürth), Sebastian Lletget (LA Galaxy), Weston McKennie (Schalke), Darlington Nagbe (Atlanta United FC), Christian Pulisic (Borussia Dortmund), Kenny Saief (Anderlecht), Wil Trapp (Columbus Crew) e Tim Weah (Paris Saint-Germain);

Atacantes: Josh Sargent (Werder Bremen) e Bobby Wood (Hannover 96).

Histórico dos confrontos entre Itália x EUA

Os italianos venceram metade das oito partidas que realizaram contra os norte-americanos. Dos quatro outros duelos, três terminaram empatados e houve somente um sucesso da seleção dos Estados Unidos. Foi justamente no encontro mais recente, o amistoso realizado em 2012.

Prognóstico final para Itália x EUA

O início dos trabalhos de reformulação de Itália e dos Estados Unidos não sinalizam futuro promissor para qualquer dos países. No entanto, a fragilidade técnica dos norte-americanos faz com que o prognóstico na vitória dos italianos acabe sendo a melhor opção para o amistoso desta terça-feira na Bélgica.

Prognóstico para Itália x EUA – vitória da Itália – cotação de 1,53 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: França x Uruguai – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para França x Uruguai

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,50 3,80 6,50

Nosso palpite para França x Uruguai: empate

*As cotações estavam disponíveis às 17h35 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para França x Uruguai

A seleção francesa volta a campo nesta terça-feira, 20 de novembro, logo após sofrer sua primeira decepção com a faixa de campeã do mundo no peito. Fará amistoso contra a seleção do Uruguai. A partida será disputada no Stade de France, em Saint-Dennis (região metropolitana de Paris) a partir das 18h (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O desempenho recente da França

O que era inevitável aconteceu no último sábado, 16 de novembro. Depois de 15 jogos (11 vitórias e quatro empates), a França, campeã do mundo, teve sua faixa carimbada. Diante da Holanda, na Liga das Nações da Europa, foi batida por 2 a 0. Resultado justo diante de um time que foi superior ao longo de praticamente toda a partida.

Justas também foram as justificativas para a derrota. O técnico Didier Deschamps enfrentou muitos problemas de lesão na preparação para o confronto. Entre as baixas estavam o meia Paul Pogba e o atacante Anthony Martial, do Manchester United, e o lateral Mendy, do Manchester City. Este último ficará um bom tempo afastado dos gramados. Sofreu uma cirurgia no joelho. Até mesmo atletas que foram chamados como reposição como Alexandre Lacazette acabaram cortado. Duas horas depois de sua convocação, acabou sendo dispensado devido à lesão.

Embora ainda contasse com bom elenco, Deschamps não conseguiu fazer com que os atletas rendessem o suficiente para superar a ascendente seleção holandesa, que passa por processo de reformulação depois de ficar fora tanto da Euro 2016 como da Copa da Rússia. Terá nova oportunidade nesta terça-feira. Para isso, conta com os seguintes atletas:

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Olympique de Marselha) e Alphonse Areola (Paris Saint-Germain);

Defensores: Lucas Digne (Everton), Presnel Kimpembe (Paris Saint-Germain), Benjamin Pavard (Stuttgart), Adil Rami (Olympique de Marselha), Mamadou Sakho (Crystal Palace), Djibril Sidibe (Monaco) e Raphael Varane (Real Madrid);

Meias: N’Golo Kante (Chelsea), Blaise Matuidi (Juventus), Tanguy Ndombele (Lyon), Steven Nzonzi (Roma) e Moussa Sissoko (Tottenham);

Atacantes: Ousmane Dembele (Barcelona), Nabil Fekir (Lyon), Olivier Giroud (Chelsea), Antoine Griezmann (Atletico Madrid), Alessane Plea (Borussia Monchengladbach), Kylian Mbappe (Paris Saint-Germain) e Florian Thauvin (Olympique de Marselha).

A forma atual do Uruguai

A seleção uruguaia fez seu primeiro amistoso no último período que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) disponibilizou para partidas entre seleções em 2018 na sexta-feira, 16 de novembro, contra o Brasil, em Londres. Perdeu por 1 a 0.

Foi a terceira derrota seguida desde que o técnico Oscar Tabarez renovou seu contrato para seguir no comando da equipe. Os dois anteriores foram em outubro quando os sul-americanos caíram diante de Coreia do Sul (2 a 1 ) e Japão (4 a 3) em sua excursão pela Ásia.

Com isso, o veterano treinador, que está no comando da equipe desde 2006 e assinou compromisso para comandar o ciclo até 2022, acumulou quatro derrotas em sequência. A primeira delas foi justamente contra a França, por 2 a 0, que causou a eliminação no Mundial de 2018. Depois desse jogo, o Uruguai, com técnico interino durante o processo de renovação de seu contrato, goleou o México por 4 a 1.

Embora certamente os resultados sejam incômodos, não ameaçam, ao menos por agora, o posto de Tabarez, que conta à sua disposição para encarar a França com os seguintes atletas:

Goleiros: Fernando Muslera (Galatasaray), Martin Silva (Vasco) e Martín Campaña (Independiente);

Defensores: Diego Godín (Atlético de Madrid), Sebastián Coates (Sporting), Erick Cabaco (Levante), Martín Cáceres (Lazio), Mathias Suárez (Defensor Sporting) e Marcelo Saracchi (RB Leipzig);

Meias: Diego Laxalt (Milan), Matias Vecino (Inter de Milão), Lucas Torreira (Arsenal), Rodrigo Betancur (Juventus), Federico Valverde (Real Madrid), Carlos Sánchez (Santos), Nicolás Lodeiro (Seattle Sounders) e Giorgian De Arrascaeta (Cruzeiro);

Atacantes: Jonathan Rodríguez (Santos Laguna), Gastón Pereiro (PSV), Maxi Gómez (Celta de Vigo), Cristian Stuani (Girona), Edinson Cavani (PSG) e Luís Suárez (Barcelona).

Histórico dos confrontos entre França x Uruguai

Os franceses foram os responsáveis pela eliminação da seleção uruguaia da Copa do Mundo da Rússia. Marcaram 2 a 0 em jogo disputado no último dia 6 de julho. Foi sua segunda vitória no confronto que teve apenas oito encontros ao longo da história. Os uruguaios também ganharam duas partidas. O empate foi registrado em quatro ocasiões.

Prognóstico final para França x Uruguai

Depois de derrotas seguidas é de se esperar que os uruguaios aumentem o grau de competitividade e apresentam maiores obstáculos para uma equipe francesa desfalcada e talvez até mesmo desmotivada depois da derrota recente. Por isso, o prognóstico na igualdade acaba sendo boa opção para palpite no amistoso.

Prognóstico para França x Uruguai – empate – cotação de 3,80 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Argentina x México – Prognóstico 20/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Argentina x México

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,60 3,75 5,75

Nosso palpite para Argentina x México: Argentina

*As cotações estavam disponíveis às 10h55 de 19/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Argentina x México

Argentina e México voltam a se enfrentar nesta terça-feira, 20 de novembro, em amistoso. Dessa vez o duelo será no estádio Malvinas Argentinas, em Mendoza. O pontapé inicial foi marcado para 22h (horário de Brasília).

Promoção de Betfair para terça de futebol concede bônus para apostas duplas!

O primeiro dos dois encontros da série foi disputado na sexta-feira, 16 de novembro, no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba. Terminou com vitória dos argentinos por 2 a 0.

O desempenho recente da Argentina

Depois de ter recebido um não como resposta de Mauricio Pochettino, técnico do Tottenham, para assumir o comando da seleção, a Associação de Futebol da Argentina, manteve Lionel Scaloni como interino para os amistosos de novembro e complicou ainda mais a vida do tapa-buraco. Proibiu a convocação de atletas de River Plate e Boca Juniors, envolvidos na decisão da Copa Libertadores da América.

Scaloni vai seguindo a linha de comando. Tem convocado grande número de atletas a cada chamada e muda estilo de jogo e escalações de partida para a partida sem dar qualquer indicação de que há sequência no trabalho.

Assim, não há qualquer garantia de que a estratégia de três zagueiros, quatro meias de armação, dois de criação e um atacante de área que foi usada no primeiro jogo será mantida para o confronto desta terça-feira.

Ela mostrou eficiência sem encantar. Embora os mexicanos tenham ficado com a posse da bola durante a maior parte da partida (55% a 45%), os argentinos foram muito mais efetivos nas tentativas de finalização (15 a 3) e na qualidade dos tiros (quatro a um no alvo). Mostraram desde o início que o jogo caminhava para sua vitória. Os gols foram marcados por Mori, aos 44 minutos da etapa inicial, e Brizuela (contra), aos 38 do segundo tempo.

Para a partida desta terça-feira, os jogadores disponíveis são:

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United), Gerónimo Rulli (Real Sociedad) e Agustín Marchesín (América-MEX).

Defensores: Ramiro Funes Mori (Villarreal), Germán Pezzella (Fiorentina), Renzo Saravia (Racing), Nicolás Tagliafico (Ajax), Nicolás Otamendi (Manchester City), Walter Kannemann (Grêmio), Gabriel Mercado (Sevilha), Emanuel Mammana (Zenit) e Juan Foyth (Tottenham).

Meio-campistas: Marcos Acuña (Sporting), Maximiliano Meza (Independiente), Franco Vázquez (Sevilha), Giovani Lo Celso (Bétis), Leandro Paredes (Zenit), Santiago Ascacibar (Stuttgart), Rodrigo Battaglia (Sporting), Matias Zaracho (Racing) e Roberto Pereyra (Watford).

Atacantes: Rodrigo De Paul (Udinese), Franco Cervi (Benfica), Ángel Correa (Atlético de Madrid), Paulo Dybala (Juventus), Giovanni Simeone (Fiorentina), Lautaro Martínez (Inter de Milão), Mauro Icardi (Inter de Milão), Eduardo Salvio (Benfica) e Erik Lamela (Tottenham).

A forma atual do México

A seleção mexicana encerra nesta terça-feira a era Ricardo ‘Tuca’ Feretti de forma melancólica. O técnico, pela terceira vez na carreira, foi guindado à posição de interino da equipe nacional. Assumiu o lugar aberto com a demissão de Juan Carlos Osorio após a eliminação do México nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Ganhou três datas que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) reservou para amistosos (setembro, outubro e novembro) para mostrar que em sua terceira tentativa de ser efetivado no posto teria evoluído o suficiente. Não chegou lá. Em cinco jogos, foram quatro derrotas e um empate. O resultado do duelo desta terça-feira certamente já não terá mais influência na decisão dos cartolas. A procura por um novo comandante está aberta.

Na realidade, um argentino surge como grande favorito para a vaga. Trata-se de José Pekkerman, que comando a seleção sub 20 de seu país e passou os últimos seis anos na direção da seleção principal da Colômbia, que levou até as quartas de final na Rússia. Foi demitido após o Mundial e é dado como maior candidato para assumir o comando da equipe mexicana nos amistosos de março.

Para a despedida do cargo, Feretti conta com os seguintes atletas:

Goleiros: Jesús Corona (Cruz Azul), Hugo González (Necaxa) e Guillermo Ochoa (Standard Liége);

Defensores: Edson Álvarez (América), Jesús Angulo (Santos), Gerardo Arteaga (Santos), Néstor Araujo (Celta de Vigo), Diego Reyes (Fenerbahce) e Miguel Layún (Villarreal);

Meias: Jesús Gallardo (Monterrey), Luis Rodríguez (Tigres), Javier Güemez (Querétaro), Erick Aguirre (Pachuca), Víctor Guzmán (Pachuca), Jesús Dueñas (Tigres), Isaac Brizuela (Guadalajara), Erick Gutiérrez (PSV Eindhoven), Javier Aquino (Tigres), Roberto Alvarado (Cruz Azul), Marco Fabián (Frankfurt FC) e Hirving Lozano (PSV Eindhoven);

Atacantes: Henry Martín (América), Alan Pulido (Guadalajara), Ángel Zaldivar (Guadalajara) e Raúl Jiménez (Wolverhampton).

Histórico dos confrontos entre Argentina x México

Atualizar: Foram 32 as vezes em que mexicanos e argentinos estiveram frente a frente. Os sul-americanos venceram em 13 ocasiões, houve 14 empates e cinco sucessos mexicanos.

Prognóstico final para Argentina x México

O amistoso tem pouco valor para as duas seleções. Afinal, nenhum dos técnicos prosseguirá o trabalho. Assim, até mesmo o desempenho dos jogadores chamados é quase irrelevante para seu futuro na equipe. Nesse mar de desinteresse, o fator casa faz com que o prognóstico na vitória da Argentina seja o palpite mais adequado para o amistoso.

Prognóstico para Argentina x México – vitória da Argentina – cotação de 1,60 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line

sites-de-apostas.net valoriza e compara continuamente todos os sites de apostas no Brasil.
Site de apostas | Casas de apostas online | Apostas esportivas | Apostas de futebol | Apostas ao vivo | Apostas online | Sites de apostas
18+, Jogue com responsabilidade! | Jogo responsável | Aviso legal