Logo de sites de apostas .net
Prognósticos e notícias de apostas

Rússia

Nesta página você vai encontrar artigos sobre Rússia.
football line
Palpite: Alemanha x Rússia – Prognóstico 15/11/2018 – Amistoso
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Alemanha x Rússia

*Cotações para este jogo

1 X 2
1,33 5,00 9,00

Nosso palpite para Alemanha x Rússia: Alemanha

*As cotações estavam disponíveis às 13h17 de 12/11/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Alemanha x Rússia

Ameaçada de rebaixamento na League A da Liga das Nações da Europa, a Alemanha faz nesta quinta-feira, 15 de novembro, amistoso contra a Rússia antes de seu último jogo na primeira edição do torneio. A partida preparatória será disputada na Red Bull Arena, em Leipzig, e tem início agendado para 17h45 (horário de Brasília).

O desempenho recente da Alemanha

Os alemães vão fechar sua participação na fase de classificação da competição no próximo dia 19. Irão receber a Holanda na jornada de número seis. Já não têm mais chances de classificação uma vez que com somente um ponto (um empate e duas derrotas) estão impedidos matematicamente de superar a França, líder, que tem sete.

No entanto, precisam superar os holandeses, que têm três, para evitar o rebaixamento para a League B, a Segunda Divisão da competição. Para isso, contudo, não dependem apenas do resultado de sua partida. Ainda precisam torcer para que a Holanda não derrote os franceses em jogo que está agendado para sexta-feira, 16 de novembro, em Amsterdã.

Essa situação tem colocado ainda mais pressão no técnico Joachim Low, que vem sendo alvo de críticas desde a eliminação da Alemanha na primeira fase da Copa do Mundo da Rússia. Campeão do Mundo no Brasil, em 2014, ele teve seu contrato renovado até a Copa do Catar, em 2022, antes da disputa em solo russo. No entanto, há pedidos por sua demissão.

O treinador sinalizou nas últimas convocações que tem cedido às pressões. Inicialmente com a convocação de Leroy Sané. O meia e atacante do Manchester City que havia sido deixado fora do Mundial na Rússia. Depois, com a constante mudança de nomes usados no comando de ataque, o que tem sido uma de suas maiores dores de cabeça.

Dessa vez, a surpresa ficou por conta do sistema defensivo. O zagueiro Jerome Boateng, que vinha sendo um titular absoluto nos últimos anos, foi deixado de fora da lista com 24 nomes apresentada pelo treinador para as duas próximas partidas. Não foi uma decisão rápida. Pelo contrário. O atleta vinha tendo suas atuações questionadas há pelo menos um ano. Agora, com seu cargo em jogo, Low resolveu atirá-lo aos tubarões para salvar o emprego.

Outra ausência notada foi do goleiro Ter Stegen, do Barcelona. Opção do treinador, que preferiu apostar suas fichas em Manuel Neuer. A lista de atletas disponíveis para as próximas partidas ficou com:

Goleiros: Bernd Leno (Arsenal), Manuel Neuer (Bayern de Munique) e Kevin Trapp (Eintracht Frankfurt);

Defensores: Mats Hummels (Bayern de Munique), Antonio Rudiger (Chelsea), Niklas Sule (Bayern de Munique), Matthias Ginter (Borussia Monchengladbach), Jonas Hector (FC Koln), Nico Schulz (TSG Hoffenheim), Thilo Kehrer (Paris Saint-Germain) e Jonathan Tah (Bayer Leverkusen);

Meias: Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Julian Draxler (Paris Saint-Germain),Toni Kroos (Real Madrid), Leon Goretzka (Bayern de Munique), Kai Havertz (Bayer Leverkusen), Leroy Sane (Manchester City) e Sebastian Rudy (Schalke);

Atacantes: Timo Werner(Red Bull Leipzig), Thomas Muller (Bayern Munich), Marco Reus (Borussia Dortmund) e Mark Uth (Schalke).

A forma atual da Rússia

A seleção russa ganhou mais um brasileiro. Depois do lateral-direito Mário Fernandes, quem se naturalizou e vai passar a defender a equipe é Ariclenes da Silva Ferreira ou simplesmente Ari. O atacante do Krasnodar, de 32 anos, figurou pela primeira vez em uma convocação do técnico Stanislav Cherchesov.

Não foi a primeira escolha do técnico. Foi chamado para compor a listagem depois de uma série de problemas de contusão. Foi chamado para ocupar a vaga de Denis Cheryshev, que está afastado dos gramados devido à lesão muscular.

Quem também ficou fora da convocação devido a problema médico foi o ex-gremista Mario Fernandes, que sofreu uma concussão cerebral em partida pela Liga dos Campeões da Europa. O atleta do CSKA ganhou mais tempo para sua recuperação dentro da filosofia de que a saúde dos jogadores é mais importante implantada pelo técnico.

A terceira baixa ficou por conta de Aleksandr Golovin, com lesão no tornozelo. Para suas vagas foram chamados Sergey Petrov e Pavel Mogilevets. Artem Dzyuba, que por estar machucado ficou fora do jogo do Zenit contra o Zenit pela Liga Europa, foi convocado. Porém, não viajará para Alemanha. Alan Dzagoev deverá participar do amistoso com o titular sendo preservado para participar do confronto com a Suécia, que está agendado para 20 de novembro.

Provavelmente não será a única baixa para a partida em Leipzig. O defensor Sergey Petrov e o meia Roman Zobnin, em recuperação de lesão muscular, deverão passar por novos exames, assim como Ilzat Akhmetov. Esse último está em situação mais difícil e deverá ser vetado. Os dois primeiros até podem ser liberados para atuar.

Com sete pontos (duas vitórias e um empate), os russos lideram o grupo 2 da League B. Podem até chegar classificados para partida final dependendo do resultado do jogo entre Turquia e Suécia, em solo turco, agendada para 17 de novembro. Porém, na pior das hipóteses precisarão apenas do empate para garantir o acesso à League A. Para os confrontos, os jogadores disponíveis são:

Goleiros: Guilherme Marinato (Lokomotiv Moscou), Andrei Lunev (Zenit São Petersburg) e Anton Shunin (Dínamo Moscou);

Defensores: George Dzhikia (Spartak Moscou), Fyodor Kudryashov e Yegor Sorokin (ambos do Rubin Kazan), Roman Neustedter (Fenerbahce, Turquia), Konstantin Rausch (Dínamo Moscou), Andrei Semenov (Akhmat Grozny) e Kirill Nababkin, (CSKA Moscou);

Meio-campistas: Ilzat Akhmetov (CSKA Moscou), Yuri Gazinsky (Krasnodar), Alexander Golovin (Monaco, França), Roman Zobnin (Spartak Moscou), Alexander Erokhin e Daler Kuzyaev (ambos do Zenit São Petersburg) , Alexey Ionov (FC Rostov), Ruslan Kambolov (Rubin Kazan), e Alex Miranchuk e Anton Miranchuk (ambos do Lokomotiv Moscou);

Atacantes: Artem Dzyuba e Anton Zabolotny (ambos do Zenit São Petersburg), Dmitry Poloz (Rubin Kazan), Fyodor Chalov (CSKA Moscou) e Ari (Krasnodar).

Histórico dos confrontos entre Alemanha x Rússia

Foram somente cinco as partidas entre as seleções e a Alemanha jamais foi derrotada. Venceu quatro delas e empatou uma vez. Os mais recentes encontros aconteceram nas eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul, que foi disputada em 2010. Os alemães marcaram 2 a 1 (casa) e 1 a 0 (fora).

Prognóstico final para Alemanha x Rússia

Invictos há seis jogos (três vitórias e três empates) e com a vaga na League A praticamente garantida, os russos estão tratando o amistoso como mera partida de preparação para encarar a Suécia na Liga das Nações da Europa. Com o emprego em jogo, Joachim Low não pode se dar a esse luxo. Dessa maneira, o prognóstico na vitória da Alemanha acaba sendo a melhor opção para o confronto.

Prognóstico para Alemanha x Rússia – vitória da Alemanha – cotação de 1,33 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Rússia x Turquia – Prognóstico 14/10/2018 – Liga das Nações da Europa
Prognósticos de apostas

Prognóstico para Rússia x Turquia

*Cotações para este jogo

1 X 2
2,05 3,10 3,60

Nosso palpite para Rússia x Turquia: vitória da Rússia

*As cotações estavam disponíveis às 7h49 de 12/10/2018 na plataforma de apostas esportivas de Betmotion


Aposte agora com Betmotion!

As informações e o palpite para Rússia x Turquia

O duelo envolvendo russos e turcos abre neste domingo, 14 de outubro, o segundo turno do grupo 2 da League B da Liga das Nações da Europa. O confronto será disputado no Fisht Olympic Stadium, em Socchi, que serviu como sede da Copa do Mundo de 2018 e também dos Jogos Olímpicos de Inverno. O pontapé inicial foi agendado para 13h (horário de Brasília).

A disputa segue aberta. A Rússia lidera a tabela de classificação com quatro pontos ganhos. A Turquia vem a seguir com três e a Suécia está na lanterna com um. Quem terminar a disputa na primeira posição vai ganhar o direito de subir para a League A. O último colocado será rebaixado para a League C.

O desempenho recente da Rússia

Depois de conseguir uma excelente vitória na estreia por 2 a 1, na Turquia, os russos ‘queimaram’ a gordura acumulada ao ficarem no empate sem gols, em casa, diante da Turquia na quinta-feira, 11 de outubro.

Não foi somente o resultado que decepcionou. A atuação da Rússia também. O time teve 50% de posse de bola, mas mesmo assim não conseguiu criar mais do que 12 oportunidades de tentar a finalização. Além das poucas chances, o aproveitamento foi baixíssimo. Seis das tentativas foram para fora, cinco acabaram bloqueadas pelos defensores da Suécia e somente uma foi na direção certa. Acabo sendo defendida pelo arqueiro Olsen.

Boa parte da culpa desses números pode ser depositada na conta do técnico Stanislav Cherchesov. Ele montou seu time de maneira extremamente defensiva. Temendo o forte contra-ataque sueco, formou uma linha defensiva de quatro homens que foi protegida por dois volantes de contenção.
Fez ainda uma segunda linha com três meio-campistas. A princípio, eles deveriam se encarregar da ligação com Dzyuba. Porém, acabaram se preocupando mais em ajudar na marcação povoando o meio campo e deixaram o centroavante isolado entre os defensores suecos que não tiveram grandes dificuldades em anulá-lo durante a partida.

Isso impediu que a Rússia tivesse a chance de definir sua classificação já neste domingo. Tivesse a seleção vencido a Suécia, uma novo sucesso diante dos turcos permitiria ao time ‘descartar’ a partida final, que será em solo sueco.

A forma atual da Turquia

Para os turcos, o empate pode ser considerado um bom resultado. Porém, para que não dependam do duelo entre Suécia e Rússia que está agendado para última rodada do segundo turno, só há uma saída: vencer os dois próximos jogos.

O teste que realizaram na quinta-feira, 11 de outubro, como preparação não foi dos mais animadores. Receberam a Bósnia e Hezergovina para amistoso, controlaram a partida (56% de posse de bola), buscaram as finalizações (17 tentativas), mas tiveram aproveitamento bastante similar ao dos russos: apenas dois tiros acertaram o alvo. Dez chutes foram para fora e cinco acabaram sendo bloqueados pelos bósnios.

Houve um aspecto ainda mais negativo. Embora a seleção da Bósnia Hezergovina tivesse menor tempo de posse de bola (44%) e tentasse menos finalizações (12) acabou ameaçando o arco turco mais vezes. Acertou três tiros. Os turcos montaram um esquema tático espelhando o da Rússia: 4-2-3-1. Claramente não funcionou nem em sua finalidade ofensiva nem na defensiva.

Histórico dos confrontos entre Rússia e Turquia

Dos cinco jogos disputados entre as seleções, os russos venceram três e houve duas igualdades. O encontro mais recente foi o do primeiro turno da Liga das Nações da Europa. O duelo foi vencido pela Rússia por 2 a 1.

Prognóstico final para Rússia x Turquia

A atuação russa traz suspeitas em relação à equipe, mas pode ser encarada como uma exceção em meio a bons jogos feitas pela seleção. No caso da Turquia, o jogo está bem próximo do padrão de atuações da seleção. Por isso, o prognóstico na vitória dos donos da casa parece ser o mais adequado para o confronto deste domingo.

Prognóstico para Rússia x Turquia – vitória da Rússia – cotação de 2,05 na plataforma de apostas esportivas de Betmotion.

football line
Palpite: Rússia x Suécia – Prognóstico 11/10/2018 – Liga das Nações da Europa
Prognósticos de apostas

Prognóstico Rússia x Suécia

*Cotações para este jogo

1 X 2
2,10 3,30 4,00

Nosso palpite para Rússia x Suécia: Rússia

*As cotações estavam disponíveis às 14h58 de 9/10/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365


Aposte agora com Bet365!

As informações e o palpite para Rússia x Suécia

A seleção da Rússia tem nesta quinta-feira, 11 de outubro, a oportunidade de assumir a liderança isolada do grupo 2 da League B da Liga das Nações da Europa. Vai receber no estádio Kaliningrad, em Kaliningrado, a equipe da Suécia. O confronto encerra o primeiro turno do torneio, que tem sua edição de abertura. O pontapé inicial está agendado para 16h45 (horário de Brasília).

Os russos dividem a ponta da chave com os turcos. Ambos têm três pontos ganhos. Os suecos ainda não pontuaram. Quem terminar a disputa na primeira colocação terá o direito de subir para a League A, a Primeira Divisão da competição. A seleção que completar as quatro partidas na terceira posição será rebaixada para a League C.

O desempenho recente da Rússia


Os russos ainda não perderam o embalo conseguido com o desempenho muito acima do que se poderia esperar no Mundial. Fizeram sua estreia na Liga das Nações da Uefa com uma vitória surpreendente diante da Turquia, por 2 a 1, na casa do rival.

Saíram na frente logo aos 13 minutos da etapa inicial com Cheryshev. Sofreram o empate ainda no primeiro com Azia aos 41 minutos. Na etapa derradeira, repetiram a dose. Aos quatro minutos, Dzyuba colocou os visitantes na frente. Dessa vez, a Rússia conseguiu segurar a vantagem.

Após o excelente resultado fora de seus domínios, a equipe ainda conseguiu outro placar expressivo no primeiro jogo caseiro depois da Copa do Mundo. Goleou, em amistoso, a República Checa por 5 a 1.

Agora, os russos terão até mesmo a oportunidade de garantir seu acesso com confrontos em casa. Depois de encarar os suecos, terão os turcos pela frente em confronto que está marcado para o domingo, 14 de outubro, em Sochi.

A forma atual da Suécia


A seleção da Suécia parece ter chegado ao seu limite na Copa do Mundo da Rússia. Não foi pouco. O time sequer era considerado um candidato para disputar o torneio. Foi sorteado no grupo de França e Holanda nas eliminatórias. Deixou os holandeses pelo caminho. Na repescagem, caiu no emparelhamento contra a Itália. Sobreviveu ao duelo contra os tetracampeões do mundo.

No Mundial, o sorteio colocou os suecos no grupo dos alemães, que também contam com quatro títulos no currículo e, de quebra, chegaram para a disputa defendendo a taça conquistada em 2014. A Suécia avançou mesmo assim. Chegou até as quartas de final quando foi batida, por 2 a 0, para a Inglaterra.

O choque de realidade veio nos dois primeiros jogos após o Mundial. No amistoso contra a Áustria, os suecos perderam por 2 a 0. A derrota não foi levada em consideração, uma vez que alguns titulares importantes foram preservados.

No entanto, a derrota em casa para a Turquia, por 3 a 2, começou a levantar suspeitas sobre o fim do conto de fadas. Não apenas pelo resultado, mas pela forma como a derrota aconteceu. Os suecos chegaram a estabelecer vantagem de 2 a 0. Ou seja, tiveram a oportunidade de atuar da maneira como mais gostam: usando o contra-ataque. Porém, acabaram levando a virada e sofrendo a derrota com o terceiro tento sendo assinalado nos acréscimos do segundo tempo.

Histórico dos confrontos entre Rússia e Suécia

Três vitórias suecas, três empates e dois sucessos russos compõem o histórico de encontros envolvendo as seleções. Os dois mais recentes aconteceram nas eliminatórias para a Euro 2016. Em casa, a Suécia ficou no empate por 1 a 1. No returno, os russos venceram por 1 a 0. Ambos conseguiram avançar para a fase final.

Prognóstico final para Rússia x Suécia

As duas equipes tiveram desempenho surpreendente no Mundial. A Rússia apenas durante o Mundial, mas parece ter estendido a performance para após a disputa. A Suécia começou a surpreender mais cedo, mas dá sinais de esgotamento. Por isso o prognóstico na vitória dos russos parece ser o mais adequado para o encontro desta quinta-feira.

Prognóstico para Rússia x Suécia – vitória da Rússia – cotação de 2,10 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Turquia x Rússia – Prognóstico 7/9/2018 – Liga das Nações
Prognósticos de apostas

Jogo: Turquia x Rússia

Data: 7/9/2018 – 15h45 (horário de Brasília)

Palpite: Turquia

Cotação*: 2,25 (em 4/9/2018 às 14h22)

Casa de apostas: Bet365


Aposte agora com Bet365!

As cotações * e o palpite para Turquia x Rússia

Vitória da Turquia – 2,25

Empate – 3,00

Vitória da Rússia – 3,50

As cotações estavam disponíveis às 14h22 de 4/9/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

Como parte da programação da primeira rodada da estreante Liga das Nações da Europa, a Turquia vai enfrentar a Rússia nesta sexta-feira, 7 de setembro. Com início marcado par 15h45 (horário de Brasília), o confronto será realizado no estádio Senol Gunes, em Trabzon, na Turquia.

As seleções estão na League B, a segunda divisão do torneio. Dividem com a Suécia o grupo 2. Vão jogar em turno e returno. Ao final de quatro partidas, quem acumular o maior número de pontos conseguirá subir para a League A. A seleção que finar na lanterna da chave será rebaixada para a League C.

O desempenho recente da Turquia

O técnico Mircea Lucescu espera colher na Liga das Nações da Europa os primeiros frutos do processo de transição iniciado depois que a Turquia não conseguiu a vaga na Copa do Mundo da Rússia. Desde então, a equipe realizou sete amistosos. Começou com derrotas para Romênia (2 a 0) e Albânia (3 a 2) para depois listar uma série invicta.

A invencibilidade, contudo, não é espetacular. Os empates foram em maior número que as vitórias. Aconteceram diante de Tunísia (2 a 2), Montenegro (2 a 2) e da Rússia (1 a 1), em jogo realizado pouco antes do Mundial. Os sucessos foram contra Irã (2 a 1) e Irlanda (1 a 0).

Para encarar os russos nesta sexta-feira e, em 10 de setembro, a Suécia, na casa do rival, Lucescu chamou os seguintes atletas:

Goleiros: Gökhan Akkan (Çaykur Rizespor A.Ş.), Serkan Kırıntılı (Atiker Konyaspor) e Sinan Bolat (Royal Antwerp FC, Bélgica);

Defensores: Mehmet Zeki Çelik (LOSC Lille, França), Şener Özbayraklı (Fenerbahçe A.Ş.), Çağlar Söyüncü (Leicester City FC, Inglaterra), Ertuğrul Ersoy (Bursaspor), Kaan Ayhan (Fortuna Düsseldorf, Alemanha), Mert Müldür (SK Rapid Wien, Áustria), Serdar Aziz (Galatasaray A.Ş.), Hasan Ali Kaldırım (Fenerbahçe A.Ş.) e Ömer Bayram (Galatasaray A.Ş.);

Meias: Cengiz Ünder (AS Roma, Itália), Yusuf Yazıcı (Trabzonspor A.Ş.), Serdar Gürler (SD Huesca, Espanha), Emre Akbaba (Galatasaray A.Ş.), Oğuzhan Özyakup (Beşiktaş A.Ş.), Mahmut Tekdemir (Medipol Başakşehir FK), Mehmet Topal (Fenerbahçe A.Ş.), Okay Yokuşlu (RC Celta de Vigo, Espanha), Tarkan Serbest (Kasımpaşa A.Ş.), Berkay Özcan (VfB Stuttgart, Espanha), Hakan Çalhanoğlu (AC Milan, Itália) e Yunus Mallı (VfL Wolfsburg, Aleamanha);

Atacantes: Cenk Tosun (Everton FC, Inglaterra) e Enes Ünal (Real Valladolid CF, Espanha).

A forma atual da Rússia

Depois de quatro anos debaixo de pesadas críticas, os russos surpreenderam no mundial que sediaram. Conseguiram avançar até a fase de quartas de final. Só caíram diante da Croácia na decisão por pênaltis.

O resultado mudou o desempenho em uma seleção que teve crise atrás de crise no período preparatório. Isso pode ser visto claramente na preparação para o encontro com a Turquia quando todos os jogadores entraram para o treinamento com bigodes postiços. Uma homenagem ao aniversário do técnico Stanislav Cherchesov, que completou 55 anos.

O treinador manteve para a estreia na Liga das Nações da Europa a seleção que convocou para o Mundial. Do grupo da Copa do Mundo, deixou de for a apenas o goleiro Igor Akinfeev, o atacante Fyodor Smolov e o defensor Sergei Ignashevich.

Akinfeev foi titular absoluto no Mundial e ficou de fora porque terá que passar por cirurgia no joelho. Smolov, que se transferiu para o Lokomotiv, ganhou mais tempo para se adaptar ao novo clube, mas continua nos planos de acordo com o treinador.

Ignashevich sofreu uma grave contusão no jogo contra a Croácia e ainda não se recuperou. Para sua vaga, foi chamado Georgy Dzhikia, que estava nos planos para a Copa do Mundo, mas acabou não se recuperando em tempo de uma problema no joelho.

Os jogadores convocados foram:

Goleiros: Marinato Guilherme (Lokomotiv Moscou, Andrey Lunev (Zenit St Petersburg), Anton Shunin (Dynamo Moscou);

Defensores: Georgy Dzhikia, Ilya Kutepov (Spartak Moscou), Fyodor Kudryashov (Rubin Kazan), Elmir Nabiullin e Igor Smolnikov (Zenit St Petersburg), Roman Neustadter (Fenerbahce, Turquia), Konstantin Rausch (Dynamo Moscou), Andrei Semyonov (Akhmat Grozny), Mario Fernandes (CSKA Moscou)

Meias: Yury Gazinsky e Dmitry Stotsky (Krasnodar), Roman Zobnin (Spartak Moscou), Alexander Erokhin, Daler Kuzyaev (Zenit St Petersburg), Alexei Ionov (Rostov), Ruslan Kambolov e Pavel Mogilevets (Rubin Kazan), Denis Cheryshev (Valencia, Espanha), Anton Shvets (Akhmat Grozny)

Atacantes: Artem Dzyuba e Anton Zabolotny (Zenit St Petersburg), Dmitry Poloz (Rostov).

Histórico dos confrontos entre Turquia e Rússia

A Rússia nunca foi derrotada pela seleção da Turquia. Em quatro partidas, ganhou duas e empatou duas. O encontro mais recente aconteceu em junho, como preparação para a Copa do Mundo de 2018. Houve igualdade por 1 a 1.

Prognóstico final para Turquia x Rússia

Foi surpreendente o desempenho dos russos na Copa do Mundo. O fator casa certamente foi decisivo para a transformação sofrida pela equipe. Sem poder contar com essa vantagem, o prognóstico na vitória da Turquia parece ser o mais apropriado para o confronto desta sexta-feira.

Vitória da Turquia – 2,25 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Rússia x Croácia – Prognóstico sobre quem ganha o jogo pela Copa do Mundo 2018
Rússia x Croácia Copa do Mundo 2018

Jogo: Rússia x Croácia
Data: 7/7/2018 – 15h (horário de Brasília)

Palpite: Croácia

Cotação*: 2,25 (em 2/7/2018 às 14h42)

Casa de apostas: Bet365

Após eliminar a favorita Espanha nas oitavas de final e embalada por sua torcida, a Rússia encara a Croácia neste sábado, 7 de julho, em jogo pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. O jogo será realizado no Fisht Olympic Stadium, em Sochi.

Só o vencedor sobreviverá na disputa pelo título. Empate forçará realização de prorrogação de 30 minutos. Caso ninguém consiga vantagem no marcador, a decisão de quem avançará para as semifinais será realizada em cobranças de pênaltis.

Aposte agora com Bet365!

O desempenho recente da Rússia

Foi justamente dessa maneira que os russos eliminaram a seleção da Espanha, que era considerada uma das maiores favoritas ao título, nas casas de apostas. Depois de empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, em que os dois gols foram marcados pela Rússia – um foi contra, e nova igualdade sem gols no período extra, o goleiro Igor Akinfeev, que atua no CSKA, de Moscou, garantiu a classificação ao defender cobrança de Koke.

Foi a segunda partida em que os jogadores da equipe anfitriã assinalaram um gol contra. Antes de o defensor Sergei Ignashevich mandar a bola contra sua própria rede na partida diante dos espanhóis, Denis Cheryshev, que é o artilheiro da equipe com três tentos a favor, marcou um contra na derrota por 3 a 0 para o Uruguai.

Para o confronto deste sábado, o técnico Stanislav Cherchesov poderá contar com o retorno do defensor Igor Smolnikov, do Zenit São Petersburg. Ele foi expulso na partida contra o Uruguai, cumpriu a suspensão automática no encontro com os espanhóis e voltou a ter condições de atuar.

Os atletas chamados pela Rússia para o Mundial foram:

Goleiros: Akinfeev (CSKA Moscou-RUS), Vladimir Gabulov (Brugge-BEL) e Lunev (Zenit-RUS);

Defensores: Granat (Rubin Kazan-RUS), Kudryashov (Rubin Kazan-RUS), Kutepov (Spartak Moscou-RUS), Semenov (Terek Grozny-RUS), Smolnikov (Zenit-RUS), Mário Fernandes (CSKA Moscou-RUS) e Sergey Ignashevich (CSKA Moscou-RUS);

Meias: Gazinsky (Kuban Krasnodar-RUS), Golovin (CSKA Moscou-RUS), Dzagoev (CSKA Moscou-RUS), Erokhin (Zenit-RUS), Zhirkov (Zenit-RUS), Kuziyev (Zenit-RUS), Zobnin (Spartak Moscou-RUS), Samedov (Spartak Moscou-RUS), Cheryshev (Villarreal-ESP) e Anton Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS);

Atacantes: Dzyuba (Arsenal Tula-RUS), Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS) e Smolov (Kuban Krasnodar-RUS).

A forma atual da Croácia

Os croatas também precisaram da decisão por pênaltis para conseguir chegar na fase de quartas de final. Sua partida, contra a Dinamarca, terminou empatada por 1 a 1. Na prorrogação, o principal astro da Croácia, o meia Luka Modric, do Real Madrid, desperdiçou um pênalti nos minutos finais do segundo tempo.

Porém, Modric conseguiu converter sua cobrança na decisão por pênaltis e as defesas de Danijel Subasic, do Monaco, levaram a equipe para as quartas de final pela primeira vez desde a Copa do Mundo da França, em 1998, quando em sua melhor campanha em um mundial a equipe atingiu as semifinais.

O elenco da Croácia para a Copa do Mundo de 2018 foi definido com:

Goleiros: Danijel Subasic (Monaco-FRA), Lovre Kalinic (Ghent-BEL) e Dominik Livakovic (Dínamo de Zagreb-CRO);

Defesas: Vedran Corluka (Lokomotiv de Moscou-RUS), Domagoj Vida (Besiktas-TUR), Ivan Strinic (Sampdoria-ITA), Dejan Lovren (Liverpool-ING), Sime Vrsaljko (Atlético de Madri-ESP), Josip Pivaric (Dynamo de Kiev-UCR), Tin Jedvaj (Bayer Leverkusen-ALE), e Duje Caleta-Car (Red Bull Salzburg-AUT);

Meias: Luka Modric (Real Madrid-ESP), Ivan Rakitic (Barcelona-ESP), Mateo Kovacic (Real Madrid-ESP), Milan Badelj (Fiorentina-ITA), Marcelo Brozovic (Internazionale-ITA) e Filip Bradaric (Rijeka-CRO);

Atacantes: Mario Mandzukic (Juventus-ITA), Ivan Perisic (Internazionale-ITA), Nikola Kalinic (Milan-ITA), Andrej Kramaric (Hoffenheim-ALE), Marko Pjaca (Schalke 04-ALE) e Ante Rebic (Eintracht Frankfurt-ALE).

Histórico dos confrontos entre Rússia e Croácia

Os russos nunca conseguiram derrotar os croatas. Os encontros foram apenas três. O mais recente foi um amistoso disputado em novembro de 2015. A Croácia marcou 3 a  1. As duas partidas anteriores ficaram no 0 a 0. Valeram pela eliminação da Euro 2008.

As cotações * e o palpite para Rússia x Croácia

Os croatas mostraram frieza contra a Dinamarca em dois momentos cruciais. O primeiro foi logo no começo do jogo quando os rivais saíram na frente. Menos de três minutos depois, a Croácia chegou ao empate. Depois, na recuperação psicológica de seus atletas após o pênalti desperdiçado por Modric na prorrogação. Isso permite imaginar que a torcida da Rússia não terá tanta influência em seu comportamento. Se não forem afetados pela pressão do público, os croatas, com maior capacidade técnica, devem ser considerados a melhor opção para palpites na hora das apostas.

Vitória do Rússia – 3,90

Empate – 3,10

Vitória da Croácia – 2,25

As cotações estavam disponíveis às 14h42 de 2/7/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Palpite: Espanha x Rússia – Prognóstico sobre quem ganha o jogo pela Copa do Mundo 2018
Espanha x Rússia Copa do Mundo 2018

Jogo: Espanha x Rússia
Data: 1/7/2018 – 11h (horário de Brasília)

Palpite: Espanha

Cotação*: 1,61 (em 28/6/2018 às 11h)

Casa de apostas: Bet365

A seleção dona da casa é a rival da Espanha neste domingo, 1º de julho, em confronto pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia de 2018. Com início marcado para 11h (horário de Brasília) o jogo será realizado na Luzhniki Arena, em Moscou.

A partida tem caráter eliminatório. Se não houver vencedor no tempo regulamentar será realizada prorrogação de 30 minutos. Se a igualdade persistir no marcador, a definição de quem sobrevive na luta pela taça será feita através de cobrança de pênaltis. O ganhador vai enfrentar nas quartas de final quem se sair melhor no duelo entre Dinamarca e Croácia.

Aposte agora com Bet365!

O desempenho recente da Espanha

Depois de perder o técnico Julen Lopetegui 48 horas antes da estreia contra Portugal, os espanhóis também apresentaram queda de desempenho. Fizeram um bom jogo no empate, por 3 a 3, com os portugueses na primeira rodada do grupo B. Porém, não conseguiram repetir a atuação na vitória contra o Irã, por 1 a 0, e principalmente no empate, por 2 a 2, com Marrocos na terceira jornada.

Nesse jogo, por muito pouco a Fúria não sofreu a derrota que a deixaria em segundo lugar no grupo e forçaria um confronto de campeões do mundo com o Uruguai nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia de 2018.

Apesar desses percalços, a equipe manteve não apenas a invencibilidade como também o status de favorita ao título do Mundial. A Espanha aparece ao lado do Brasil como maior candidata a levar o troféu na Rússia. A série invicta, que foi iniciada quando Lopetegui, que agora é treinador do Real Madrid, assumiu o comando da equipe e agosto de 2016, atingiu 23 partidas (15 vitórias e oito empates).

Os convocados da seleção da Espanha para a Copa do Mundo da Rússia de 2018:

Goleiros: David De Gea (Manchester United-ING), Pepe Reina (Napoli-ITA) e Kepa Arrizabalaga (Athletic Bilbao-ESP);

Defensores: Dani Carvajal (Real Madrid-ESP), Álvaro Odriozola (Real Sociedad-ESP), Gerard Piqué (Barcelona-ESP), Sergio Ramos (Real Madrid-ESP), Nacho Fernández (Real Madrid-ESP), César Azpilicueta (Chelsea-ING), Jordi Alba (Barcelona-ESP) e Nacho Monreal (Arsenal-ING);

Meio-campistas: Sergio Busquets (Barcelona-ESP), Saúl (Atlético de Madri-ESP), Koke (Atlético de Madri-ESP), Thiago Alcântara (Bayern de Munique-ALE), Andrés Iniesta (Barcelona-ESP) e David Silva (Manchester City-ING);

Atacantes: Diego Costa (Atlético de Madri-ESP), Rodrigo (Valencia-ESP), Iago Aspas (Celta-ESP), Lucas Vázquez (Real Madrid-ESP), Marco Asensio (Real Madrid-ESP) e Isco (Real Madrid-ESP).

A forma atual da Rússia

Os russos cumpriram o que deles se esperava. Entraram no Mundial sem ter conseguido uma vitória nas sete partidas anteriores. Mas, quando a bola rolou, produziram os resultados necessários para assegurar a passagem para as oitavas de final. Na estreia, golearam a Arábia Saudita por 5 a 0. Depois, garantiram a classificação com uma jornada de antecipação ao fazer 3 a 1 no Egito.

Na partida contra o Uruguai, a seleção russa em nenhum momento conseguiu mostrar qualidade técnica para ao menos equilibrar a partida contra os sul-americanos. Perdeu por 3 a 0 e ainda teve um atleta expulso. O defensor Igor Smolnikov recebeu cartão vermelho ainda no primeiro tempo. Terá que cumprir suspensão automática e não estará disponível para a partida contra os espanhóis neste domingo.

Os atletas chamados pela Rússia para o Mundial foram:

Goleiros: Akinfeev (CSKA Moscou-RUS), Vladimir Gabulov (Brugge-BEL) e Lunev (Zenit-RUS);

Defensores: Granat (Rubin Kazan-RUS), Kudryashov (Rubin Kazan-RUS), Kutepov (Spartak Moscou-RUS), Semenov (Terek Grozny-RUS), Smolnikov (Zenit-RUS), Mário Fernandes (CSKA Moscou-RUS) e Sergey Ignashevich (CSKA Moscou-RUS);

Meias: Gazinsky (Kuban Krasnodar-RUS), Golovin (CSKA Moscou-RUS), Dzagoev (CSKA Moscou-RUS), Erokhin (Zenit-RUS), Zhirkov (Zenit-RUS), Kuziyev (Zenit-RUS), Zobnin (Spartak Moscou-RUS), Samedov (Spartak Moscou-RUS), Cheryshev (Villarreal-ESP) e Anton Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS);

Atacantes: Dzyuba (Arsenal Tula-RUS), Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS) e Smolov (Kuban Krasnodar-RUS).

Histórico dos confrontos entre Espanha e Rússia

Foi recente a última partida entre espanhóis e russos. As seleções fizeram em novembro de 2017 um amistoso preparatório para a Copa do Mundo de 2018. Na Rússia, o amistoso terminou empatado por 3 a 3.

O resultado manteve o tabu Espanhol, que nunca perdeu para o rival desde o esfacelamento da União Soviética. Em seis confrontos, ganhou quatro e empatou duas vezes. Três desses jogos foram oficiais. Todos pela Eurocopa.

O primeiro já na fase final do torneio de 2004. Os espanhóis marcaram 1 a 0. Depois, as equipes se cruzaram duas vezes na edição 2008 da Eurocopa. Na primeira fase, a Espanha goleou por 4 a 1. No estágio eliminatório, nova vitória, dessa vez por 3 a 0.

As cotações * e o palpite para Espanha x Rússia

Os russos tiveram um choque de realidade contra o Uruguai. Perceberam que a classificação para as oitavas de final era o máximo que poderiam fazer. Evitaram, assim, repetir o vexame da África do Sul, que na copa do Mundo de 2018 se tornou o primeiro país sede a não conseguir superar a fase de grupos.

Assim, os donos da casa poderão atuar tranquilamente como franco atiradores diante dos espanhóis, que carregam nas costas o peso do favoritismo. Ainda que confronto recente entre as seleções tenha terminado em igualdade, a superioridade técnica da Espanha faz com que a seleção deva ser indicada como melhor opção de palpite para o confronto.

Vitória da Espanha -1,61

Empate – 3,90

Vitória da Rússia – 6,50

As cotações estavam disponíveis às 11h de 28/6/2018 na plataforma de apostas esportivas de Bet365.

football line
Nesta sexta, jogos da Série B contam com seguro grátis em Betboo
Betboo

Três partidas serão realizadas nesta sexta-feira, 29 de junho, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Os confrontos CSA x Coritiba (18h, horário de Brasília), Atlético-GO x Brasil de Pelotas (19h15) e Guarani x Boa Esporte (21h30) vão contar com um seguro grátis contra zero a zero através da plataforma de apostas esportivas de Betboo. O benefício é oferecido através da promoção “Placar em Branco”. Com ela, o primeiro bilhete que não der certo em qualquer jogo que não saia do 0 a 0 terá o investimento reembolsado em 50%.

Aposte agora com Betboo!

Como funciona a promoção

A devolução é feita como bônus tem limitação de R$ 150 por jogo. Para poder contar com o benefício, antes de criar o bilhete é necessário acessar a página da oferta. Ela está disponível no site de Betboo. Basta clicar no botão “participar”.

A realização do cadastro significa a aceitação dos termos e condições da oferta. Elas estabelecem que só serão levados em consideração tíquetes simples, realizados antes do início dos confrontos, com cotação igual ou maior que 1,50.

O pagamento do bônus é feito automaticamente. O valor não pode ser sacado imediatamente. Antes de o cliente pedir o resgate do dinheiro, o montante precisa ser reapostado ao menos cinco vezes no setor de esportes em bilhetes com cotação mínima de 1,5 ou 40 vezes nas áreas de pôquer, cassino ou games ou ainda 200 vezes na parte de bingo. Isso deve acontecer em um período máximo de 30 dias.

football line
Palpite: Uruguai x Rússia – Prognóstico sobrem quem ganha o jogo pela Copa do Mundo 2018
Uruguai x Rússia Copa do Mundo 2018

Jogo: Uruguai x Rússia
Data: 25/6/2018 – 11h (horário de Brasília)

Palpite: Uruguai

Cotação*: 2,60 (em 23/6/2018 às 13h58)

Casa de apostas: Bet365

A partida entre Uruguai e Rússia agendada para segunda-feira, 25 de junho, coloca em jogo o primeiro lugar do Grupo A da Copa do Mundo da Rússia de 2018. O confronto, que faz parte da terceira rodada da primeira fase da competição, será realizado na Cosmos Arena, em Samara, a partir das 11h (horário de Brasília).

As duas seleções apresentam aproveitamento de 100%. Porém, apesar de igualadas na pontuação, os donos da casa levam vantagem no saldo de gols. Dessa maneira, precisam apenas do empate para terminar na liderança do grupo A, o que faria com que enfrentassem o segundo colocado da Chave B, que tem Portugal, Espanha e Irã na disputa pelas vagas, na próxima fase. O vice-líder da chave A vai enfrentar o vencedor do grupo B.

Aposte agora com Bet365!

O desempenho recente do Uruguai

Os uruguaios ainda não mostraram o futebol esperado na Copa do Mundo da Rússia. Nas duas primeiras partidas, tiveram atuações apagadas. A qualidade do jogo apresentado foi suficiente apenas para confirmar o favoritismo diante de Egito e Arábia Saudita com vitórias pelo placar mínimo.

O técnico Oscar Tabarez se mostra indeciso na hora de escalar o meio-campo. No primeiro jogo, optou por atletas mais novos. Mas como não tiveram boa atuação, os substituiu pelos veteranos.

Na segunda partida, fez o contrário. Escalou os mais experientes e colocou os novatos no final. Nenhuma das duas fórmulas apresentou resultados satisfatórios. Assim, não se sabe exatamente o que esperar em relação à da seleção sul-americana para a partida desta segunda-feira.

Os jogadores do Uruguai convocados para a Copa da Rússia foram:

Goleiros: Fernando Muslera (Galatasaray-TUR), Martín Silva (Vasco da Gama-BRA) e Martín Campaña (Independiente-ARG) ;

Defensores: Diego Godín (Atlético de Madri-ESP), Sebastián Coates (Sporting-POR), José María Giménez (Atlético de Madri-ESP), Maxi Pereira (Porto-POR), Gastón Silva (Independiente-ARG), Martín Cáceres (Lazio-ITA) e Guillermo Varela (Peñarol-URU);

Meias: Nahitan Nández (Peñarol-URU), Lucas Torreira (Sampdoria-ITA), Matías Vecino (Internazionale-ITA, Rodrigo Bentancur (Juventus-ITA), Carlos Sanchez (Monterrey-MEX), Giorgian De Arrascaeta (Cruzeiro-BRA), Diego Laxalt (Genoa-ITA) e Cristian Rodríguez (Peñarol-URU) ;

Atacantes: Jonathan Urretaviscaya (Monterrey-MEX), Cristhian Stuani (Girona-ESP), Maxi Gómez (Celta-ESP), Edinson Cavani (Paris Saint-Germain-FRA) e Luis Suárez (Barcelona-ESP).

A seleção uruguaia nas eliminatórias

Em uma campanha sem qualquer susto, o Uruguai alcançou a segunda posição nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia. Somou 31 pontos (nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas). Foram dez a menos que a seleção brasileira, líder da disputa.

A variação entre o desempenho caseiro e como visitante, contudo, foi imensa. Em seus domínios, os uruguaios acumularam 22 pontos. Também ficaram em segundo lugar nesse quesito, mas somente três pontos atrás do Brasil.

Fora de casa, contudo, tiveram a sexta melhor campanha. Dependessem apenas desses resultados, não conseguiriam vaga no Mundial. Foram nove pontos acumulados dos 27 disputados.

A forma atual da Rússia

Os russos começaram sua participação em completo descrédito. Não sem razão. Afinal, não conseguiram uma vitória sequer nos sete últimos amistosos antes da Copa do Mundo. Isso fez com que muitos palpites na possível eliminação do dono da casa ainda na primeira fase fossem disparados. Tal fenômeno ocorreu apenas uma vez, em 2010, quando a África do Sul, que sediou o Mundial, não conseguiu chegar até o estágio das oitavas de final.

Porém, a seleção da Rússia contrariou os prognósticos aplicando uma sonora goleada por 5 a 0 na Arábia Saudita logo em sua partida de estreia. O resultado até foi minimizado pela fragilidade do adversário. Mas a evolução russa acabou sendo confirmada com uma vitória sem sustos, por 3 a 1, contra o Egito, que vinha sendo cotado para ficar com o segundo lugar do grupo nos palpites dados antes do início do Mundial.

Os atletas chamados pela Rússia para o Mundial foram:

Goleiros: Akinfeev (CSKA Moscou-RUS), Vladimir Gabulov (Brugge-BEL) e Lunev (Zenit-RUS);

Defensores: Granat (Rubin Kazan-RUS), Kudryashov (Rubin Kazan-RUS), Kutepov (Spartak Moscou-RUS), Semenov (Terek Grozny-RUS), Smolnikov (Zenit-RUS), Mário Fernandes (CSKA Moscou-RUS) e Sergey Ignashevich (CSKA Moscou-RUS);

Meias: Gazinsky (Kuban Krasnodar-RUS), Golovin (CSKA Moscou-RUS), Dzagoev (CSKA Moscou-RUS), Erokhin (Zenit-RUS), Zhirkov (Zenit-RUS), Kuziyev (Zenit-RUS), Zobnin (Spartak Moscou-RUS), Samedov (Spartak Moscou-RUS), Cheryshev (Villarreal-ESP) e Anton Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS);

Atacantes: Dzyuba (Arsenal Tula-RUS), Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS) e Smolov (Kuban Krasnodar-RUS).

A seleção russa nas eliminatórias

Por ser sede da Copa do Mundo, a Rússia foi dispensada de disputar as eliminatórias europeias. Entre a Copa de 2014, no Brasil, e o Mundial em seus domínios, participou de duas competições oficiais. Foi eliminada na fase de grupos tanto da Euro 2016 quanto da Copa das Confederações, em 2017.

Histórico dos confrontos entre Uruguai e Rússia

As equipes tiveram seus caminhos cruzados apenas uma vez. Amistoso realizado em 2012 ficou no empate por 1 a 1.

As cotações * e o palpite para Uruguai x Rússia

A disposição das equipes para encarar o jogo desta segunda-feira é um fator que deve ser levado em consideração na hora de definir o palpite. Como o adversário nas oitavas de final só será conhecido mais tarde, com os jogos do grupo B a partir das 15h, pode ser que um dos técnicos ou até mesmo ambos optem por poupar atletas e promover o revezamento do elenco não dando muita importância sobre quem será o adversário.

Porém, não como descobrir isso até pouco antes da partida. Assim, o prognóstico mais indicado para o confronto e baseado apenas e tão somente no potencial técnico das seleções é a vitória do Uruguai. As cotações estavam disponíveis às 13h58 de 23/6/2018 na plataforma de apostas de Bet365.

Vitória do Uruguai – 2,60

Empate – 3,10

Vitória da Rússia  – 3,10

football line
Prognóstico: Rússia x Egito – Apostas Copa do Mundo 2018
Rússia x Egito Copa do Mundo 2018

Jogo: Rússia x Egito
Data: 19/6/2018 – 15h (horário de Brasília)

Prognóstico: Egito

Cotação*: 3,75 (em 16/6/2018 às 12h08)

Casa de apostas: Bet365

Empolgada por uma goleada na estreia, a seleção russa abre nesta segunda-feira, 19 de junho, a segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo da Rússia de 2018. Vai enfrentar, a partir das 15h (horário de Brasília), a equipe do Egito. O jogo será disputado no Saint-Petersburg Stadium, em São Petersburgo.

As seleções estão no grupo A, que tem a liderança dividida entre Rússia e Uruguai. Os donos da casa, no entanto, que aplicaram 5 a 0 na Arábia Saudita na partida de estreia, levam vantagem no saldo de gols. Os uruguaios fizeram ‘apenas’ 1 a 0 no Egito. Egípcios e árabes ainda não pontuaram.

Aposte agora com Bet365!

O desempenho recente da Rússia

O sucesso dos anfitriões no jogo inaugural da Copa do Mundo da Rússia conseguiu fazer com que a torcida se empolgasse. Uma análise um pouco mais aprofundada do encontro com a Arábia Saudita, no entanto, mostra que a vitória se deveu muito mais à fragilidade dos rivais do que de uma melhora de desempenho russo.

Os donos da casa, que não venciam há sete jogos (três empates e quatro derrotas) mostraram alguma qualidade, obviamente. Não se goleia uma equipe por 5 a 0 sem ter alguns méritos. Porém, fizeram isso explorando as imensas limitações técnicas da seleção da Arábia Saudita.

Isso pode ser percebido pela posse de bola na partida. Os visitantes tiveram o domínio da pelota por 61%. Os russos simplesmente não faziam a menor questão de trocar passes. Quando retomavam a pelota, disparavam chutões para frente deixando a bola nos pés dos rivais e pressionando a marcação à espera de erros. E eles aconteceram em grande quantidade. Abriram chance para 14 tentativas de finalização. Sete foram no alvo e cinco acabara na rede.

Contra os egípcios, os russos muito provavelmente não terão essa facilidade. No entanto, terão a oportunidade atuar de forma mais conservadora uma vez que o empate é um resultado aceitável. Isso até permitiria ao Egito igualar-se em pontuação na rodada final, mas os anfitriões levam larga vantagem no saldo de gols.

Os atletas chamados pela Rússia para o Mundial foram:

Goleiros: Akinfeev (CSKA Moscou-RUS), Vladimir Gabulov (Brugge-BEL) e Lunev (Zenit-RUS);

Defensores: Granat (Rubin Kazan-RUS), Kudryashov (Rubin Kazan-RUS), Kutepov (Spartak Moscou-RUS), Semenov (Terek Grozny-RUS), Smolnikov (Zenit-RUS), Mário Fernandes (CSKA Moscou-RUS) e Sergey Ignashevich (CSKA Moscou-RUS);

Meias: Gazinsky (Kuban Krasnodar-RUS), Golovin (CSKA Moscou-RUS), Dzagoev (CSKA Moscou-RUS), Erokhin (Zenit-RUS), Zhirkov (Zenit-RUS), Kuziyev (Zenit-RUS), Zobnin (Spartak Moscou-RUS), Samedov (Spartak Moscou-RUS), Cheryshev (Villarreal-ESP) e Anton Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS);

Atacantes: Dzyuba (Arsenal Tula-RUS), Miranchuk (Lokomotiv Moscou-RUS) e Smolov (Kuban Krasnodar-RUS).

A seleção russa nas eliminatórias

Por ser sede da Copa do Mundo, a Rússia foi dispensada de disputar as eliminatórias europeias. Entre a Copa de 2014, no Brasil, e o Mundial em seus domínios, participou de duas competições oficiais. Foi eliminada na fase de grupos tanto da Euro 2016 quanto da Copa das Confederações, em 2017.

A forma atual do Egito

Diante da equipe favorita a terminar o grupo A na liderança, o Egito conseguiu fazer uma boa partida. Especialmente quando se leva em consideração que não pode contar com seu maior jogador. O atacante Mohamed Salah, em fase de recuperação de lesão no ombro, foi colocado no banco de reservas, mas não acionado na derrota, por 1 a 0, na sexta-feira, 15 de junho, para o Uruguai.

Por muito pouco os egípcios não conseguiram somar um ponto. O jogo estava empatado até os 44 minutos da etapa final quando um cruzamento encontrou a cabeça do defensor uruguaio Gimenez, que mandou a pelota para rede.

O resultado até espelhou o que houve na partida. O Uruguai teve mais posse de bola (57% a 43%), tentou mais finalizações (14 a oito), mas não reproduziu essa diferença nos tiros com direção certa (quatro a três).

O caráter decisivo do confronto desta terça-feira deve fazer com que Mohamed Salah seja escalado como titular, ainda que certamente vá apresentar restrições físicas para alcançar seu melhor desempenho. Mesmo em condições longe das ideais, ele não apenas tem condições de ser um canal para os contra-ataques como também centralizar as atenções dos defensores russos, o que pode acabar facilitando a vida de seus companheiros.

Os jogadores convocados pelo Egito para disputa da Copa do Mundo foram:

Goleiros: Essam El Hadary (Al Taawoun-SAU), Mohamed El-Shennawy (Al Ahly-EGI) e Sherif Ekramy (Al Ahly-EGI);

Defensores: Ahmed Fathi (Al Ahly-EGI), Saad Samir (Al Ahly-EGI), Ayman Ashraf (Al Ahly-EGI), Mahmoud Hamdy (Zamalek-EGI), Mohamed Abdel-Shafy (Al Fateh-SAU), Ahmed Hegazi (West Bromwich-ING), Ali Gabr (West Bromwich-ING), Ahmed Elmohamady (Aston Villa-ING) e Omar Gaber (Los Angeles FC-EUA);

Meias: Tarek Hamed (Zamalek-EGI), Mahmoud Shikabala (Al Raed-SAU), Abdallah Said (KuPS-FIN), Sam Morsy (Wigan-ING), Mohamed Elneny (Arsenal-ING), Mahmoud Kahraba (Al Ittihad-SAU), Ramadan Sobhi (Stoke City-ING), Trezeguet (Kasimpasa-TUR) e Amr Warda (Atromitos-GRE);

Atacantes: Marwan Mohsen (Al Ahly-EGI) e Mohamed Salah (Liverpool-ING).

A seleção egípcia nas eliminatórias

O Egito abriu sua participação nas eliminatórias africanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018 com um susto. Perdeu para a inexpressiva equipe de Chad por 1 a 0. Porém, no jogo de volta da segunda fase, goleou por 4 a 0 e conseguiu a vaga no estágio de grupos.

Histórico dos confrontos entre Rússia e Egito

Esta será a primeira partida envolvendo as seleções.

As cotações * para Rússia x Egito

As seleções tiveram rivais muito diferentes tecnicamente na partida de estreia. Isso faz com que a análise antes de fazer um prognóstico para o encontro desta terça-feira tenha que levar em consideração critérios subjetivos. Por isso, mesmo perdendo o Egito mostrou potencial maior de crescimento e, por isso, pode ser indicado como bom palpite para o confronto. As cotações estavam disponíveis às 12h08 de 16/6/2018 na plataforma de apostas de Bet365.

Vitória da Rússia – 2,25

Empate – 3,20

Vitória do Egito – 3,75

football line
Na Copa do Mundo da Rússia, até apostas perdidas colocam dinheiro na conta em Sportingbet
Sportingbet

Apostas realizadas a partir desta quinta-feira, 14 de junho, e 31 de julho na plataforma de Sportingbet vão contar com a certeza de que algum dinheiro vai voltar para a conta.  O benefício é apresentado pela promoção “Abra seu cofre”, que embora tenha como alvo principal a Copa do Mundo da Rússia de 2018, vale para todos os eventos esportivos de qualquer modalidade que forem realizados no período.

Como funciona a promoção

Antes de mais nada, para poder aproveitar a vantagem concedida pela casa de apostas esportivas é preciso acessar a página da promoção, que está disponível no site de Sportingbet, e clicar no botão “confirme sua participação”.

Tomada essa medida, todas as apostas simples (antes dos eventos ou ao vivo) com cotação igual ou superior a 1,80 ou bilhetes acumulados em que cada uma das seleções tenha cotação de 1,50 ou mais serão contabilizadas pelo site de jogos online.

Ao final de cada dia, Sportingbet fará um balanço sobre as apostas de cada um de seus clientes e colocará no cofre 10% das apostas simples perdidas que atenderem aos critérios dos termos e condições da oferta. As apostas duplas que não tiverem seu prognóstico confirmado terão 15% de seu valor devolvido. Os bilhetes com três ou mais seleções que não tiverem sucesso contarão com retorno de 20% do investimento.

Esses valores serão somados no “cofre” dos apostadores que poderão receber abri-lo a qualquer momento. No entanto, a data dessa operação definirá o percentual que poderá ser recuperado.

O apostador de Sportingbet que decidir abrir seu cofre entre 14 de junho e 28 de junho receberá 25% do valor acumulado de volta. Quem optar por fazer esse pedido entre 29 de junho e 31 de julho receberá 50% do montante. O retorno será integral para quem solicitar a abertura do cofre a partir de 1º de agosto.

A casa estabeleceu em R$ 500 o limite para a devolução, que será feita em forma de bônus. Antes de o valor ficar liberado para saque precisará ser usado ao menos cinco vezes em apostas esportivas com cotação mínima de 1,50. Essa regra deverá ser cumprida no prazo máximo de 30 dias após o crédito em conta.

football line

sites-de-apostas.net valoriza e compara continuamente todos os sites de apostas no Brasil.
Site de apostas | Casas de apostas online | Apostas esportivas | Apostas de futebol | Apostas ao vivo | Apostas online | Sites de apostas
18+, Jogue com responsabilidade! | Jogo responsável | Aviso legal